Ecologia comportamental de Telenomus podisi Ashamed (Hymenoptera: Scelionidae) e sua aplicação no controle biológico

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorLaumann, Raúl Alberto-
Autor(es): dc.creatorLagôa, Ana Carolina Gomes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:46:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:46:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-30-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-30-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-30-
Data de envio: dc.date.issued2021-05-31-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/41963-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/639827-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2021.-
Descrição: dc.descriptionOs parasitoides de ovos da família Scelionidae são importantes agentes de controle biológico. Uma série de estímulos produzidos direta ou indiretamente por seus hospedeiros condicionam o comportamento de forrageamento desses insetos. Esse conhecimento é relevante para uma correta interpretação do comportamento de busca e seleção de hospedeiros pelos parasitoides e sua aplicação em estratégias de controle biológico. Esta tese teve como objetivo avaliar como os estímulos químicos e físicos afetam o comportamento de busca e seleção de hospedeiros do parasitoide de ovos Telenomus podisi, visando sua manipulação em campo. Para isso, a tese foi dividida em três capítulos. No primeiro capítulo foram realizados estudos em laboratório para avaliar a relação multimodal entre estímulos químicos, vibracionais e visuais na atratividade do parasitoide. Os resultados indicam que os estímulos supracitados não atuam de forma multimodal no comportamento do parasitoide. Apesar disso, o estímulo visual se sobressai aos demais estímulos. Portanto, o parasitoide responde a vários estímulos do, mas prefere aqueles estímulos mais confiáveis e mais próximos ao hospedeiro. No Capítulo 2, foi avaliada a hierarquia entre os mesmos estímulos avaliados no Capítulo 1 e a capacidade de resposta inata ou aprendida do parasitoide aos mesmos. De modo geral, T. podisi não tem preferência inata pela maioria dos estímulos quando contrastados entre si. O aprendizado não associativo causou habituação nos parasitoides apenas para os estímulos mais confiáveis. Com isso, foi proposto um novo modelo das etapas de forrageamento de T. podisi combinando comportamentos inatos e aprendidos. No Capítulo 3, foi testado como os diferentes estímulos estudados em laboratório poderiam atrair o parasitoide e favorecer o parasitismo de ovos em campo. O experimento foi realizado em três experimentos consecutivos ao longo de dois anos. A abundância dos parasitoides não foi afetada, e geral, pelos tratamentos. No entanto, as taxas de parasitismo foram maiores nas parcelas com os voláteis de plantas e feromônio separadamente. Conclui-se que os estímulos químicos favorecem o parasitismo em campo, e que a cor do substrato apenas em curta distância favorece o forrageamento e a eficiência de T. podisi.-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).-
Descrição: dc.descriptionEgg parasitoids of the family Scelionidae are important biological control agents. A series of stimuli produced directly or indirectly by their hosts condition the foraging behavior of these insects. This knowledge is relevant for a correct interpretation of the foraging behavior of parasitoids and their application in biological control strategies. This thesis aimed to evaluate how chemical and physical stimuli and their manipulation affect the foraging behavior and host selection of the egg parasitoid Telenomus podisi, aiming its manipulation in the field. To this end, the thesis was divided into three chapters. In the first chapter, laboratory studies were conducted to evaluate the multimodal relationship between chemical, vibrational, and visual stimuli, related directly and indirectly to its host, on the attractiveness of the parasitoid. The results indicate that the stimuli mentioned above do not act in a multimodal way on the parasitoid behavior. Despite this, the visual stimulus outweighs the other stimuli. Therefore, the parasitoid responds to various stimuli from the environment and host but prefers those more reliable and closer stimuli to the host. In Chapter 2, the hierarchy between the same stimuli evaluated in Chapter 1 and the innate or learned responsiveness of the parasitoid to them was evaluated. In general, T. podisi has no innate preference for most stimuli when contrasted against each other. Non-associative learning caused habituation in the parasitoids only for the most reliable stimuli. With this, a new model of the foraging stages of T. podisi combining innate and learned behaviors was proposed. In Chapter 3, it was tested how the different stimuli studied in the laboratory could attract the parasitoid and favor egg parasitism in the field. The experiment was conducted in three consecutive fields over two years. The abundance of parasitoids was not affected, in general, by the treatments. However, the parasitism rates were higher in the plots with plant volatiles and pheromone separately. It is concluded that chemical stimuli favor parasitism in the field and that color only at short distances favors foraging and efficiency of T. podisi.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectInimigo natural-
Palavras-chave: dc.subjectControle biológico conservativo-
Palavras-chave: dc.subjectSemioquímicos-
Palavras-chave: dc.subjectEstímulos multimodais-
Palavras-chave: dc.subjectDesvio infoquímico-
Palavras-chave: dc.subjectAprendizagem não associativa-
Título: dc.titleEcologia comportamental de Telenomus podisi Ashamed (Hymenoptera: Scelionidae) e sua aplicação no controle biológico-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.