O ofício da dança e a bailarina cega ou com baixa visão : um estudo a partir da perspectiva histórico-cultural

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSilva, Daniele Nunes Henrique-
Autor(es): dc.creatorOsandón Albarrán, Patrícia Andréa-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:46:55Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:46:55Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-05-16-
Data de envio: dc.date.issued2017-05-16-
Data de envio: dc.date.issued2017-05-16-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-17-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/23512-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/639815-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017.-
Descrição: dc.descriptionO presente trabalho, que tem como fundamento a perspectiva histórico-cultural, surge com o objetivo de ampliar as discussões sobre dança e deficiência visual, compreendendo os sentidos produzidos por bailarinas cegas ou com baixa visão acerca do ofício da dança em seu processo de desenvolvimento.O trabalho objetiva também analisar a trajetória de vida das bailarinas no processo de profissionalização, além de refletir sobre as especificidades técnicas para o exercício do ofício da dança e compreender as relações entre inclusão social, arte e desenvolvimento da pessoa cega ou com baixa visão. O percurso metodológico foi composto pela construção de narrativas realizadas por meio de entrevistas semiestruturadas. Participaram do estudo 8 (oito) bailarinas na idade de 20-35 anos cegas ou com baixa visão de uma instituição brasileira de dança clássica. A partir do material videogravado e do diário de campo, surgiram três eixos de análise: a) A dança-ofício na trajetória de vida das bailarinas cegas ou com baixa visão; b) Os processos de aprender e o domínio da técnica da dança-ofício; e c) A experiência no palco: o público e a bailarina. Os resultados do trabalho de campo indicam que a dança clássica configurou-se para as bailarinas entrevistadas nesta pesquisa como uma esfera promotora de inclusão social, ofício e desenvolvimento; uma mudança radical na trajetória de vida delas.-
Descrição: dc.descriptionThe present work, based on the historical-cultural perspective, has the objective of expanding the discussions relating to dance and visual impairment, presenting an understanding of the senses produced by blind and visually impaired ballet dancers during their performances and their development process. This thesis also aims to analyze the life trajectory of the dancers in the professionalization process, in addition to reflect about the technical specificities for the exercise of the dance profession and to understand the relationships between social inclusion, art and the development of the blind or visually impaired person. The methodological course was composed by the construction of narratives made through semi-structured interviews. Eight (8) blind or visually impaired dancers aged 20-35 years of a Brazilian classical dance institution took part in the study. From the videotaped material and the field diary, three axes of analysis emerged: a) The dance-craft in the life trajectory of the blind and visually impaired dancers; b) The processes of learning and the mastery of the technique of dance-craft; and c) The experience on stage: the audience and the dancer. The results of the fieldwork indicate that the classical dance was configured for the ballerinas interviewed in this research as a sphere that promotes social inclusion, professionalization and development; a radical change in their life trajectory.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectDeficiência visual-
Palavras-chave: dc.subjectDança-
Palavras-chave: dc.subjectInclusão social - Brasil-
Palavras-chave: dc.subjectBaixa-visão-
Título: dc.titleO ofício da dança e a bailarina cega ou com baixa visão : um estudo a partir da perspectiva histórico-cultural-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.