Cooperação técnico-científica brasileira com o Japão e com a China nos âmbitos agrícola e espacial (1970-2015)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBecard, Danielly Silva Ramos-
Autor(es): dc.creatorDantas, Aline Chianca-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:44:50Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:44:50Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-04-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-04-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-04-
Data de envio: dc.date.issued2019-03-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/35507-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/639003-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2019.-
Descrição: dc.descriptionEsta tese analisa o comportamento brasileiro na cooperação técnico-científica com Japão e China, detidamente nas áreas agrícola e espacial. Neste estudo, considera-se a inserção dessas interações cooperativas dentro do ambiente interdependente e assimétrico e busca-se compreender como o Brasil age no âmbito da cooperação internacional, tendo em conta o movimento de política externa do país e seus fatores indutores. Para isso, utiliza-se da abordagem da análise de política externa, evidenciando as variáveis que pesam sobre as ações internas e externas, os atores e suas dinâmicas nos níveis individual, institucional e governamental. Promove-se uma análise da relação entre a política externa e a cooperação internacional brasileira com a Ásia e, especificamente, com os dois países já evidenciados, a fim de se verificar a conduta do Brasil. Em associação a esses aspectos, desenvolve-se um estudo comparado dos cinco acordos selecionados nas esferas agrícola e espacial, sendo três com Japão (PRODECER, EGCRS, ALOS) e dois com China (CBERS e LABEX). O objetivo é verificar os fatores condutores desses acordos e os atores envolvidos. Os dois casos considerados de sucesso da cooperação (PRODECER e CBERS) são particularmente importantes para essa pesquisa e três pontos são acentuados na investigação em torno deles: o movimento da política externa brasileira, a influência dos fatores externos e dos aspectos econômicos. Diante do exposto, evidencia-se o papel determinante dos atores de política externa na condução da cooperação internacional brasileira e o maior peso dos fatores político-diplomáticos em detrimento dos aspectos econômicos na indução cooperativa do país, apesar das inconstâncias e intensidades da política externa para a cooperação internacional. De todo modo, reforça-se que a cooperação internacional brasileira com Japão e China não é diretamente determinada pelos direcionamentos externos. Por fim, ressalta-se o desenho de mais diferença no comportamento brasileiro nas relações cooperativas com China e Japão, apontando as distintas características dos acordos e do processo cooperativo e o maior ativismo do Brasil na interação com os chineses.-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).-
Descrição: dc.descriptionThis thesis analyzes Brazilian behavior in technical-scientific cooperation with Japan and China, thoroughly in the agricultural and space areas. In this study, these cooperative interactions are inserted in the interdependent and asymmetric environment and it seeks to understand how Brazil acts in the scope of international cooperation, taking into account the country's foreign policy movement and its inductive factors. In order to do so, the foreign policy analysis approach is used, evidencing the variables that weigh on the internal and external actions, the actors and their dynamics at the individual, institutional and governmental levels. The work develops an analysis of the relationship between foreign policy and Brazilian international cooperation with Asia, and specifically the two countries already mentioned, verifying Brazilian conduct. In association with these aspects, a comparative study of the five selected agreements in the agricultural and space spheres is carried out, three with Japan (PRODECER, EGCRS, ALOS) and two with China (CBERS and LABEX). The objective is to verify the drivers of these agreements and the actors involved. The two considered success cases of cooperation (PRODECER and CBERS) are particularly important for this research and three points are accentuated around them: the Brazilian foreign policy movement, the influence of external factors and economic aspects. Based on the above considerations, the decisive role of foreign policy actors in the conduct of Brazilian international cooperation and the greater weight of politico-diplomatic factors in comparison with economic aspects in the country’s cooperative induction are evident, despite the inconsistencies and intensities of the foreign policy for international cooperation. In any case, it is emphasized that external directions do not directly determine Brazilian international cooperation with Japan and China. Finally, the most difference design in the Brazilian behavior within the cooperative relations with China and with Japan should be highlighted, pointing out the different characteristics of the agreements and the cooperative process and the greater activism of Brazil in the interaction with the Chinese.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectCooperação internacional-
Palavras-chave: dc.subjectCooperação internacional - educação-
Palavras-chave: dc.subjectPolítica externa - Brasil-
Palavras-chave: dc.subjectCooperação internacional - Japão-
Palavras-chave: dc.subjectCooperação internacional - China-
Título: dc.titleCooperação técnico-científica brasileira com o Japão e com a China nos âmbitos agrícola e espacial (1970-2015)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.