Desenvolvimento de um sistema de controle de fluxo esofagiano para o tratamento da obesidade

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorRocha, Adson Ferreira da-
Autor(es): dc.contributorCarvalho, José da Conceição-
Autor(es): dc.creatorRosa, Suélia de Siqueira Rodrigues Fleury-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:43:52Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:43:52Z-
Data de envio: dc.date.issued2009-08-05-
Data de envio: dc.date.issued2009-08-05-
Data de envio: dc.date.issued2008-11-
Data de envio: dc.date.issued2008-11-
Data de envio: dc.date.issued2008-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/1559-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/638614-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2008.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi o desenvolvimento de um dispositivo para auxílio ao tratamento da obesidade, embasado no controle do fluxo de substâncias no esôfago. No método proposto, um dispositivo colocado no esôfago diminui o raio efetivo deste, reduzindo, por conseqüência, a velocidade e o fluxo com que o alimento pode ser consumido. A base do método é um módulo de látex com formato aproximadamente cilíndrico, que é aplicado no esôfago. Este módulo contém um lúmen central, com diâmetro consideravelmente menor que o diâmetro do esôfago, que limita a taxa de passagem de alimento pelo órgão. Portanto, no seu desenvolvimento, buscou-se realizar o controle de fluxo alimentar através do esôfago, sem causar agressões ao tecido, e sem comprometer a digestão e absorção dos alimentos. Desenvolvido a partir do látex natural, extraído da seringueira Hevea brasiliensis, tal módulo de látex foi avaliado quanto às características construtivas, mecânicas, aplicabilidade, remoção, biocompatibilidade, eficácia na redução de fluxo, peso e danos ao esôfago. No experimento, realizados em cães, posicionou-se o módulo no esôfago dos animais por meio de vídeo-endoscopia, de maneira que o prosseguimento da pós-aplicação foi realizado em um período entre sete e quinze dias, e a apreciação dos resultados foi feita segundo as avaliações clínicas, complicações, radiografias sucessivas e vídeo-endoscopia. Sobretudo, evidencia-se que os experimentos mostram que não ocorreram alterações nem danos ao esôfago, ao estado comportamental do animal, e que, ainda, a perda de peso observada manteve os indicadores clínicos em bom estado, constatando-se perdas em média de 8% e ±0,5 desvio-padrão. Os resultados apresentados neste trabalho demonstram que o método proposto é uma nova possibilidade de tratamento da obesidade animais humanos e não-humanos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThis work introduces a device to aid the treatment of obesity by controlling the flow of substances in the esophagus. In the proposed method, a device placed in the esophagus reduces its effective radius, thus reducing the flow and speed with which the food can be consumed. The basis of the method is a roughly cylindrical latex module, which is applied in the esophagus. The module’s central lumen’s diameter is considerably smaller than the diameter of the esophagus. This limits the rate of passage of food through the body. The device was designed such that it could control the flow of food through the esophagus without causing aggression to its internal tissue and without compromising the digestion and absorption of food. The device was built using natural latex from the rubber tree Hevea brasiliensis, and was evaluated based on its construction, mechanical, applicability, removal, and bio-compatibility characteristics, and effectiveness in reducing the flow, weight and damage to the esophagus. The proposed method was evaluated on animal models. Sixteen dogs were divided into seven groups: four groups of two animals, two groups of three animals, and one group of two animals. The module was paced in the esophagus using video-endoscopy. The post-application evaluation was performed seven to fifteen days after the procedure. The assessment of the results was made according to clinical evaluation, complications, successive radiographs, and video-endoscopy. The experiments show that there was no damage to the esophagus or changes to the animals’ behavior. Clinical indicators remained in good condition, and an average 8% and ± 0,5 weight loss was observed. The results presented in this paper show that the proposed method is a new possibility for the treatment of obesity in humans and animals.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectObesidade-
Palavras-chave: dc.subjectBioengenharia-
Palavras-chave: dc.subjectDigestão - esôfago-
Título: dc.titleDesenvolvimento de um sistema de controle de fluxo esofagiano para o tratamento da obesidade-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.