Influência das atividades antiinflamatórias da arnica (Lychnophora ericoides) no tratamento de lesões musculares através do uso da fonoforese

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAzevedo, Ricardo Bentes de-
Autor(es): dc.creatorFontoura, Humberto de Sousa-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:43:29Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:43:29Z-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2007-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5295-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/638467-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.-
Descrição: dc.descriptionA proposta deste estudo é avaliar as propriedades antiinflamatórias da arnica (Lychnophora ericoides), associada ao uso da fonoforese em ratos Wistar no tratamento de lesões musculares. Foram formados 3 grupos de tratamento. Um grupo recebeu sonificação com gel comercial à base de água. Outro grupo recebeu sonificação com gel à base de arnica. E um terceiro grupo apenas tratamento tópico com gel à base de arnica. Cada grupo tratado continha um controle interno, composto pela pata esquerda lesada e não tratada do mesmo animal. Um quarto grupo foi composto por animais que sofreram a lesão muscular, mas não receberam nenhum tratamento, tendo se formado, assim, o controle externo. As sessões de tratamento foram realizadas 24h, 48h, 72h e 96h após a lesão. Os grupos tratados com ultra-som receberam as ondas numa freqüência de 1Mhz, intensidade de 0,5W/cm2, no modo pulsátil, por 9 minutos. Após o final de cada sessão, partes lesadas dos músculos foram obtidas e preparadas histologicamente para análise morfológica através de microscopia de luz e morfometria. Os resultados mostraram que houve redução gradual do processo inflamatório no grupo tratado com ultra-som e gel comercial e no grupo que recebeu aplicação de ultra-som e gel a base de arnica, quando comparados com seus respectivos controles internos e com o controle externo. Não foi observada no grupo tratado apenas com aplicação tópica de arnica, diminuição no processo inflamatório. Os controles internos dos grupos tratados com ultrasom e gel comercial e com ultra-som e gel de arnica tiveram um decréscimo no processo inflamatório quando comparados com o controle externo, o que confirma a atuação, no sistema imunológico, das ondas ultra-sônicas. O grupo tratado com ultra-som e gel de arnica apresentou significativa melhora na redução do edema, o que não foi observado nos outros grupos. Estes resultados permitem concluir que o ultra-som é um método efetivo na diminuição do processo inflamatório do tecido muscular pós-trauma agudo e que as propriedades antiinflamatórias da arnica agem de modo eficiente na diminuição do edema. Outra conclusão possível é que o ultra-som terapêutico possui uma provável ação no sistema imunológico podendo gerar resultados na diminuição do processo inflamatório em regiões distantes de sua aplicação e também que a fonoforese é um meio efetivo de entrega de fármacos nos tecidos subcutâneos, visto que apenas a aplicação tópica de gel de arnica não mostrou resultados semelhantes à aplicação do ultra-som terapêutico com gel de arnica, sobretudo, na diminuição do edema. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe proposal of this study is to evaluate the anti-inflammatory properties of the arnica (Lychnophora ericoides), associated to the use of the phonophoresis in rats Wistar in the treatment of muscular lesions. Tree treatment groups were formed. A group received sonic application with commercial gel to the base of water. Another group received sonic application with gel to the arnica base. And a third group just topical treatment with gel to the arnica base. Each group treaty contained an internal control, composed by the harmed left paw and no treated of the same animal. A fourth group was composed by animals that suffered the muscular lesion, but they didn't receive any treatment, tends if formed, like this, the external control. The treatment sessions were accomplished 24, 48, 72 and 96 hours after the lesion. The groups treated with ultrasound received the waves in a frequency of 1Mhz, 0,5W/cm2 intensity, in the pressed way, for 9 minutes. After the end of each session, harmed parts of the muscles were obtained and prepared histological methods for morphologic analysis through light microscopy and morfometry. The results showed that there was gradual reduction of the inflammatory process in the group treaty with ultrasound and commercial gel and in the group that received ultrasound application and gel the arnica base, when compared with their respective internal controls and with the external control. It was not observed in the group treated just with topical application of arnica, decrease in the inflammatory process. The internal controls of the groups treated with ultrasound and commercial gel and with ultrasound and arnica gel they had a decrease in the inflammatory process when compared with the external control, what confirms the performance, in the immunological system, of the ultrasonic waves. The group treaty with ultrasound and arnica gel presented significant it gets better in the reduction of the edema, what was not observed in the other groups. These results allow to conclude that the ultrasound is an effective method in the decrease of the inflammatory process of the muscle tissue after acute trauma and that the anti-inflammatory properties of the arnica act in an efficient way in the decrease of the edema. Another possible conclusion is that the therapeutic ultrasound possesses a probable action in the immunological system could generate results in the decrease of the inflammatory process in distant areas of his application and also that the phonophoresis is an effective middle of pharmaceuticals delivery in the subcutaneous tissue, because just the topical application of arnica gel didn't show results similar to the application of the therapeutic ultrasound with arnica gel, above all, in the decrease of the edema.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectEdema-
Palavras-chave: dc.subjectErvas - uso terapêutico-
Palavras-chave: dc.subjectPlantas medicinais-
Palavras-chave: dc.subjectMúsculos - inflamação-
Título: dc.titleInfluência das atividades antiinflamatórias da arnica (Lychnophora ericoides) no tratamento de lesões musculares através do uso da fonoforese-
Título: dc.titleInfluence of the anti-inflammatory properties of the arnica (Lychnophora ericoides) in the treatment of muscular lesions associate to the use of the phonophoresis-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.