Política, a arte de lembrar e esquecer : os projetos políticos paulistas (1933-1934)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMuniz, Diva do Couto Gontijo-
Autor(es): dc.creatorSousa, Carolina Soares-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:43:14Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:43:14Z-
Data de envio: dc.date.issued2012-06-19-
Data de envio: dc.date.issued2012-06-19-
Data de envio: dc.date.issued2012-06-19-
Data de envio: dc.date.issued2012-03-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/10748-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/638360-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em História, 2012.-
Descrição: dc.descriptionA Revolução de 1932 exigiu das forças em disputa a busca de uma base deConsenso. Visando o desarme dos paulistas, Getúlio Vargas indicou, em agosto de1933, Armando de Salles Oliveira para o cargo de interventor. Tal indicaçãoProvocou o Partido Republicano Paulista, que se encontrava como oposição,Ansioso por retomar o poder. Em 1934 uma nova constituição parecia indicar aRedefinição das alianças políticas que permitiriam, finalmente, a retomada dosProjetos políticos paulistas para o Brasil com as necessárias adaptações daRevolução de 1930. O que significou a Revolução de 1930? E o percurso entre 1932E 1934? Repensar estas questões implica retomar o diálogo e conflitos ocorridos noInterior das elites políticas paulistas e analisar o jogo político por elas praticado emTal contexto. Nesse jogo político, a imprensa oficial dos principais partidos políticosPaulistas cumprirá papel pedagógico, fazendo uso da memória das revoluções de1930 e 1932 com o intuito de formar a opinião pública. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe Constitutionalist Revolution of 1932 demanded from the forces in dispute thesearch of a new base of agreement. Aiming the Paulistan disarmament, GetúlioVargas indicated, in August 1933, Armando de Salles Oliveira as Federal Intervenor.This indication generated discomfort to the Paulistan Republican Party, which was attime an opposition party, yearning to retake its place in the power. In 1934 a newConstitution seemed to indicate redefinition for political alligiances that could finallypromote the return of Paulistan political projects for Brazilian development, with thenecessary adaptation from 1930’s Revolution. With this in mind, what is the meaningof Brazilian Revolution of 1930? What about the course between 1932 and 1934? Torethink these questions we have the necessity of restore the dialogues and conflictsoccurred in the core of Paulistan élites and analyse the political game which theyhave practiced during this context. Inside this political game, the official mediaticvehicles of each party fulfilled their pedagogical rôle by utilizing the revolutionarymemories of 1930 and 1932 to constrain the pubblic opinion according to their bestinterests.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectBrasil - política e governo - 1930-1934-
Palavras-chave: dc.subjectPlanejamento político-
Palavras-chave: dc.subjectBrasil - história - revolução-
Palavras-chave: dc.subjectBrasil - história - Revolução Constitucionalista, 1932-
Título: dc.titlePolítica, a arte de lembrar e esquecer : os projetos políticos paulistas (1933-1934)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.