Making families : child mobility and familiar organization in Cape Verde

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorLobo, Andréa de Souza-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:41:54Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:41:54Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-09-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-09-
Data de envio: dc.date.issued2011-07-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/15796-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://dx.doi.org/10.1590/S1809-43412011000200009-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/637834-
Descrição: dc.descriptionO artigo pretende demonstrar que o universo do parentesco na sociedade crioula de Cabo Verde não é um dado pré-definido, as relações de parentesco não são irrevogáveis e sem necessidade de reiteração. As relações familiares são analisadas como construção, um projeto que é fruto de negociação constante entre os membros. O argumento central é o de que, em Cabo Verde, as relações familiares se caracterizam por um comprometimento mútuo, contatos sociais regulares e um fluxo intra e inter-doméstico de benefícios materiais e não-materiais. Tais requisitos são fundamentais para a construção do sentimento de proximidade e atuam para fortalecer laços préexistentes, de parentesco. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThis article is aimed at demonstrating that the universe of kinship in the Creole society of Cape Verde is not pre-defined, kinship relations are not irrevocable and free from the need for reiteration. Family relations are analyzed as a construction, a project which results from constant negotiations among its members. The central argument is that, in Cape Verde, family relations are characterized by mutual commitment, regular social contacts and an intra and inter-domestic flow of material and immaterial benefits. These requisites are fundamental for construction of the feeling of proximity and strengthen pre-existing kinship bonds.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Publicador: dc.publisherAssociação Brasileira de Antropologia (ABA)-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsVibrant: Virtual Brazilian Anthropology - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-43412011000200009. Acesso em: 29 maio 2014.-
Palavras-chave: dc.subjectCabo Verde (País)-
Palavras-chave: dc.subjectOrganização familiar-
Palavras-chave: dc.subjectParentesco-
Título: dc.titleMaking families : child mobility and familiar organization in Cape Verde-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.