Novos biótipos pentaplóides do grupo Dilatata de Paspalum L. (Gramineae) no Sul do Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorMachado, Ana Caroline de Carvalho-
Autor(es): dc.creatorValls, José Francisco Montenegro-
Autor(es): dc.creatorPeñaloza, Andréa del Pilar de Souza-
Autor(es): dc.creatorSantos, Sileuza dos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:40:46Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:40:46Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2005-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/26460-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782005000100009-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/637390-
Descrição: dc.descriptionPaspalum dilatatum é uma gramínea nativa da América do Sul subtropical, com bom valor forrageiro e ampla variabilidade intraespecífica. Distintos tipos morfológicos, citológicos e reprodutivos têm sido citados para esta espécie. Paspalum dilatatum "Comum" é o biótipo de maior interesse agronômico. A constatação da importância da espécie como componente da produção de forragem de boa qualidade em campos naturais vem resultando em contínuo interesse pela possibilidade de seu melhor aproveitamento em cultivo. Entre o material do grupo Dilatata submetido à análise, seis acessos de classificação taxonômica não definida apresentaram morfologia distinta dos demais. Acredita-se que sejam resultantes de processos de hibridação natural em combinações antes desconhecidas. A análise mitótica evidenciou que todos possuem 2n=50 cromossomos. Três destes acessos mostraram características morfológicas intermediárias entre os biótipos "Virasoro" (4x, sexual) e "Uruguaiana" (6x, apomítico). A confirmação de ocorrência geográfica próxima reforça a hipótese de hibridação e evidencia uma ampliação da área de ocorrência do biótipo sexual envolvido neste cruzamento. Os outros acessos são, provavelmente, híbridos naturais entre P. dilatatum "Torres" e P. urvillei. Tais acessos mostram a inflorescência com eixo mais longo e com mais ramos que as plantas típicas do biótipo "Torres". A caracterização morfológica e citológica do material discrepante poderá levar ao estabelecimento de parâmetros seguros para sua diferenciação, que permitam sua inclusão em categorias taxonômicas adequadas. Sugere-se a origem destes novos biótipos pentaplóides distintos do "Comum", a partir de cruzamentos ocorridos no Sul do Brasil entre outros dois biótipos e espécies do grupo.-
Descrição: dc.descriptionPaspalum dilatatum is a native grass in subtropical South America, with good forage value and broad intraspecific variability. Distinct morphological, cytological and reproductive types have been cited for the species. "Common" P. dilatatum is the biotype of greatest agronomic interest. The assessment of the species importance as a component of good quality forage production in natural pastures has resulted in continuous interest for the possibility of its enhanced use in cultivation. Among materials of the Dilatata group analyzed here, six accessions of uncertain taxonomic classification showed a distinct morphology. We believe they result from natural hybridization processes in yet unknown combinations. Mitotic analysis showed they all have 2n=50 chromosomes. Three of these accessions showed intermediate morphological features between "Virasoro" (4x, sexual) and "Uruguaiana" (6x, apomitic) biotypes. Confirmation of close geographic occurrence stresses the hybridization hypothesis, and broadens the known area of occurrence of the sexual biotype involved in this cross. The other accessions are, most probably, natural hybrids between the "Torres" biotype of P. dilatatum and P. urvillei. Such accessions have inflorescences with a larger axis and more branches than typical plants of "Torres" biotype. Morphological and cytological characterization of this different materials may lead to the establishment of reliable parameters for their differentiation and possible assignment to an adequate taxonomic category. We suggest that these new pentaploid biotypes, distinct from the "Common" biotype, derived from crosses that occurred in Southern Brazil between other biotypes and species of the group.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Federal de Santa Maria-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectPaspalum dilatatum-
Palavras-chave: dc.subjectbiótipo-
Palavras-chave: dc.subjectpentaplóide-
Palavras-chave: dc.subjecthibridação-
Palavras-chave: dc.subjectPaspalum dilatatum-
Palavras-chave: dc.subjectbiotype-
Palavras-chave: dc.subjectpentaploid-
Palavras-chave: dc.subjecthybridization-
Título: dc.titleNovos biótipos pentaplóides do grupo Dilatata de Paspalum L. (Gramineae) no Sul do Brasil-
Título: dc.titleNew pentaploid biotypes of the Dilatata group of Paspalum L. (Gramineae) from Southern Brazil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.