A divulgação científica na fronteira entre espaço escolar e campo científico : o papel do professor da escola básica

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorWatanabe, Graciella-
Autor(es): dc.contributorKöptcke, Luciana Sepúlveda-
Autor(es): dc.creatorPadrão, Maria Regina Araújo de Vasconcelos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:39:05Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:39:05Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-02-09-
Data de envio: dc.date.issued2020-02-09-
Data de envio: dc.date.issued2020-02-09-
Data de envio: dc.date.issued2019-06-13-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36865-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/636717-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2019.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo da presente pesquisa é investigar o papel do professor que atua como agente social na co-produção da Divulgação Científica. Defende-se tal prática na fronteira entre o espaço escolar e o campo científico como o lugar privilegiado para a construção coletiva do ato de educar e divulgar ciência. Para tanto, busca-se analisar as percepções dos pesquisados sobre a interação com outros sujeitos que atuam na fronteira entre esses espaços sociais como cientistas, divulgadores e educadores de instituições científicas. Visa-se, assim, compreender e contextualizar o sentido de fronteira como local de apoio às ações educativas no espaço escolar e discutir qual o contexto que leva os professores a atuarem e utilizarem, ou não, ações na fronteira como local de interação e fortalecimento do fazer educativo. A presente proposta de pesquisa se justifica pela relevância em dar subsídios à participação efetiva de professores da escola básica na interação, participação e construção de ações de Divulgação Científica aos estudantes e para sua formação continuada. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, trabalhando com grupos focais e utilizando o método da análise de conteúdo de Bardin (2010) para apuração dos resultados. Com a conclusão da pesquisa, pode-se perceber que aspectos sociais, culturais e políticos perpassam diferentes esferas de sentidos, tratando a fronteira e suas travessias como práticas educativas e de divulgação que colocam o professor como agente social atuante na produção de ações que visam aproximar a escola dos espaços de produção da ciência.-
Descrição: dc.descriptionThe objective of the present research is to investigate the role of the teacher who acts as social agent in the co-production of the Scientific Divulgation. Such practice is defended at the border between the school space and the scientific field as the privileged place for the collective construction of the act of educating and disseminating science. In order to do so, we seek to analyze the respondents' perceptions about the interaction with other subjects that act at the border between these social spaces as scientists, disseminators and educators of scientific institutions. The aim is to understand and contextualize the sense of border as a place of support for educational actions in the school space and to discuss the context that leads teachers to act and use or not, actions at the border as a place of interaction and strengthening to the make it educational. The present proposal of research is justified by the importance of giving subsidies to the effective participation of teachers of the basic school in the interaction, participation and construction of actions of Scientific Divulgation to the students and for their continued formation. For that, a qualitative research was developed, working with focus groups and using the content analysis method of Bardin (2010) to analyze the results. With the conclusion of the research, one can perceive that social, cultural and political aspects permeate different spheres of meaning, treating the border and its crossings as educational and dissemination practices that place the teacher as a social agent acting in the production of actions that aim to approximate the school of science production spaces.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectDivulgação científica-
Palavras-chave: dc.subjectProfessores e alunos-
Palavras-chave: dc.subjectEspaço escolar-
Palavras-chave: dc.subjectCampo científico-
Título: dc.titleA divulgação científica na fronteira entre espaço escolar e campo científico : o papel do professor da escola básica-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.