Estratégias de forrageamento e evitação de predadores em Charadriidae e Scolopacidae na Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMacedo, Regina Helena Ferraz-
Autor(es): dc.creatorLunardi, Vitor de Oliveira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:38:58Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:38:58Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-30-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-30-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-30-
Data de envio: dc.date.issued2010-03-30-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/8087-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/636677-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, 2010.-
Descrição: dc.descriptionAves limícolas Charadriidae e Scolopacidae representam um notável componente de ecossistemas costeiros, especialmente em baías e estuários. A grande maioria destas aves é migratória, realizando longos deslocamentos entre áreas de reprodução, no Ártico e Subártico e áreas de invernagem, em regiões temperadas e tropicais. O objetivo geral desta tese foi analisar as estratégias de forrageamento e evitação de predadores em aves limícolas Charadriidae e Scolopacidae que habitam a costa oeste da Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil. Considerando o elevado requerimento energético destas aves em áreas de invernagem, investigou-se, entre dezembro de 2006 e março de 2009, a influência de fatores abióticos (e.g. movimento da maré, tipo de sedimento e proximidade da costa) e bióticos (e.g. potenciais predadores e disponibilidade de presas) no comportamento e no uso da área intermareal por aves em alimentação. Através de experimentos e observações em campo, constatou-se que o ritmo da maré influenciou diretamente a atividade de forrageamento das aves. Algumas espécies intensificaram sua atividade durante a passagem da linha da maré, enquanto outras intensificaram-na durante a maré baixa. Aves limícolas não exibiram respostas antipredatórias preditas em teoria como: evitação de áreas próximas à costa, aumento no tamanho de grupo ou fuga na presença de aves de rapina. Ainda, a atividade recreativa representou maior grau de ameaça às aves em forrageio do que a atividade humana de coleta de mariscos. Análises de associação entre densidade de aves e fatores ambientais mostraram que o uso da área intermareal para alimentação é influenciado, principalmente, pela disponibilidade de alimento e pelo tipo de sedimento escolhido para forrageio. A manutenção da diversidade e da qualidade de hábitats nesta baía é crucial para atender os requerimentos particulares de 10 espécies Charadriidae e Scolopacidae migratórias e de uma população residente de Charadrius wilsonia. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionShorebirds (Charadriidae and Scolopacidae) are a notable component of coastal ecosystems, especially of bays and estuaries. The great majority of these species is migratory, conducting long trips between Arctic and Sub-arctic breeding grounds and temperate and tropical wintering grounds. My general objective of this thesis was to analyze the foraging and predator avoidance strategies in shorebirds in Baía de Todos os Santos, Bahia, Brazil. Considering the high energetic demands of these birds in their wintering grounds, I analyzed the influence of abiotic (e.g. tidal cycle, sediment type and coastal proximity) and biotic (e.g. potential predators and prey availability) factors on the behaviour and on the use of the intertidal flats by feeding shorebirds, from December 2006 to March 2009. Experiments and observations in the field confirmed that the tidal cycle influenced the foraging behaviour of the birds. Some shorebird species intensified foraging activity during passage of the tidal line, while others did so during the low tide. Shorebirds did not exhibit antipredator behaviours predicted in theory, such as avoidance of the shoreline or flocking/flight in the presence of a raptor. Moreover, human recreation activities were more threatening to the shorebirds than shellfishing activity. Association analyses between birds’ densities and environmental factors revealed that the use of the intertidal flats by feeding shorebirds was driven, particularly, by food availability and sediment type. The maintenance of the diversity and the quality of habitats of this bay is crucial to meet the species-specific requirements of 10 migratory Charadriidae and Scolopacidae species and one resident population of Charadrius wilsonia.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectAnimais - comportamento-
Palavras-chave: dc.subjectEcologia animal - comportamento - avaliação-
Palavras-chave: dc.subjectVida comunitária-
Título: dc.titleEstratégias de forrageamento e evitação de predadores em Charadriidae e Scolopacidae na Baía de Todos os Santos, Bahia, Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.