Antagonistic process of Dicyma pulvinata against Fusicladium macrosporum on rubber tree

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorMello, Sueli C.M.-
Autor(es): dc.creatorEstevanato, Carlos Eduardo-
Autor(es): dc.creatorBraúna, Leonardo M.-
Autor(es): dc.creatorCapdeville, Guy de-
Autor(es): dc.creatorQueiroz, Paulo Roberto-
Autor(es): dc.creatorLima, Luzia Helena C.-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:37:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:37:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2008-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/27404-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762008000100002-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/636266-
Descrição: dc.descriptionThe interaction between Dicyma pulvinata and Fusicladium macrosporum was studied by scanning electron microscopy. Spores of D. pulvinata germinated on the surface of F. macrosporum lesions induced on artificially infected rubber plants were fixed 8 h after inoculation. D. pulvinata germ tubes seemed to elongate toward F. macrosporum. Close contact between the antagonistic fungus and F. macrosporum spores was verified 24 h after application of D. pulvinata. At the end of the process, spores of F. macrosporum seemed to have disintegrated and to be devoid of content. The hyperparasite grew completely over the pathogen. Six to seven days after application of the antagonistic fungus, D. pulvinata conidiophores were observed emerging from F. macrosporum structures with profuse sporulation. Studies have also shown the possibility of D. pulvinata producing hydrolytic enzymes, which could be associated with the control of plant pathogens. This information may help to elucidate some of the modes of action of D. pulvinata, a potential biological control agent for South American leaf blight of Hevea rubber plant.-
Descrição: dc.descriptionEstudou-se a interação entre Dicyma pulvinata e F. macrosporum ao microscópio eletrônico de varredura. Esporos de D. pulvinata germinaram na superfície das lesões induzidas por F. macrosporum em plantas de seringueira (Hevea brasiliensis), infectadas artificialmente, fixadas 8 h após a inoculação do antagonista. Aparentemente, os tubos germinativos se alongaram em direção ao patógeno. O contato íntimo entre o hiperparasita e o patógeno foi verificado em amostras fixadas 24 h após a aplicação de D. pulvinata. Ao término do processo, os esporos de F. macrosporum aparentemente invadidos pelo antagonista mostraram-se desintegrados e esvaziados de seu conteúdo. D. pulvinata cresceu sobre as lesões, sobrepondo totalmente o patógeno. Seis dias após a aplicação, conidióforos do fungo antagonista foram observados emergindo das estruturas do patógeno, produzindo esporos em grande quantidade. Verificou-se, também, um possível envolvimento de enzimas hidrolíticas na associação antagonística entre D. pulvinata e o patógeno. Estas informações podem contribuir para elucidar o modo de ação de D. pulvinata, um potencial agente de controle biológico para o mal das folhas da seringueira.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Idioma: dc.languageen-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira de Fitopatologia-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectpathogen and antagonistic interaction-
Palavras-chave: dc.subjectSouth American Leaf Blight-
Palavras-chave: dc.subjectHevea brasiliensis-
Palavras-chave: dc.subjectbiocontrol-
Palavras-chave: dc.subjectinteração patógeno e antagonista-
Palavras-chave: dc.subjectmal-das-folhas da seringueira-
Palavras-chave: dc.subjectHevea brasiliensis-
Palavras-chave: dc.subjectbiocontrole-
Título: dc.titleAntagonistic process of Dicyma pulvinata against Fusicladium macrosporum on rubber tree-
Título: dc.titleProcesso de antagonismo de Dicyma pulvinata contra Fusicladium macrosporum em folhas de seringueira-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.