Complexidade, manipulação genética e biocapitalismo : compreensão das interações da engenharia genética na sociedadede risco

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorNascimento, Elimar Pinheiro do-
Autor(es): dc.creatorNinis, Alessandra Bortoni-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:34:13Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:34:13Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-14-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-14-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-14-
Data de envio: dc.date.issued2011-06-07-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/9445-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/634782-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2011.-
Descrição: dc.descriptionO avanço científico e tecnológico dos últimos dois séculos fez aflorar na sociedadecontemporânea o interesse pelas consequências do progresso técnico para o futuro dahumanidade. Nas últimas décadas tem-se intensificado a discussão em relação aosavanços das tecnociências (biotecnologia, nanotecnologia, neurociência etc.), naconformação do homem e da sociedade do futuro. Por um lado, tais técnicas geram eprometem gerar ainda mais inovação no sistema agroalimentar, na medicina, no meioambiente e no próprio homem; por outro, não apresentam segurança sobre as suasimplicações em longo prazo, principalmente no que concerne aos seus efeitosintergeracionais e sobre a biodiversidade. Diante da complexidade do tema, o estudo sobreos efeitos da rápida evolução das tecnociências para a humanidade não comporta mais oolhar fragmentário do paradigma cartesiano. Nesta perspectiva, este trabalho propõe umaabordagem diferenciada sobre a temática da manipulação genética, baseada no paradigmada complexidade, de forma a compreender as interações sistêmicas entre diferentesdimensões de análise social, entre a representação social, a ideologia científica, asociedade de risco, o biocapitalismo e as dinâmicas políticas. O trabalho tem como objetivoanalisar as interações complexas entre essas dimensões, no intuito de demonstrar comoelas se relacionam entre si, conformando-se num sistema complexo. Buscou-se traçar umaanálise transversal entre estas dimensões a fim de obter uma visão sistêmica em torno dasdiferentes percepções e efeitos das técnicas de manipulação genética, desenvolvendo umpensamento capaz de enfrentar a complexidade da questão da biotecnologia na sociedadecontemporânea e sugerindo a constituição de uma nova etapa do desenvolvimentocapitalista, onde a vida transforma-se em mercadoria. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe scientific and technological advances of recent centuries has fostered interest incontemporary society about the consequences of technical progress for the future ofhumanity. In the last decades the debate regarding the advances of technoscience(biotechnology, nanotechnology, neuroscience etc.) in the conformation of man and societyof the future has been intensified. On the one hand, these techniques promise, among othersthings, generate huge innovation in agrofood system, in medicine, in the environment and inman himself, on the other hand, have no security on its long-term implications, especiallyregarding the effects of intergenerational use and the effects over biodiversity. Given thecomplexity of the subject, the study of the effects of technosciences for humanity does notsupport anymore the fragmented look of the Cartesian paradigm. Taking this perspective,this paper proposes a different approach on the issue of genetic manipulation, based on theparadigm of complexity in order to understand the systemic interactions between differentdimensions of social analysis: the social representation, the scientific ideology, the risksociety, the economic power and the political dynamics. The work aims to analyze thecomplex interactions between these dimensions in order to demonstrate how they relate toeach other, conforming to a complex system. We tried to draw a cross-sectional analysis ofthese dimensions in order to get a systemic view about the different perceptions and effectsof genetic manipulation techniques, developing an argument able to face the complexity ofthe issue of biotechnology in contemporary society.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectBiotecnologia-
Palavras-chave: dc.subjectEngenharia genética-
Palavras-chave: dc.subjectCiência - aspectos sociais-
Palavras-chave: dc.subjectAdministração de risco-
Título: dc.titleComplexidade, manipulação genética e biocapitalismo : compreensão das interações da engenharia genética na sociedadede risco-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.