Construção e validação de uma escala de suporte à aprendizagem no trabalho em uma instituição bancária brasileira

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorCoelho Junior, Francisco Antonio-
Autor(es): dc.creatorAbbad, Gardênia da Silva-
Autor(es): dc.creatorTodeschini, Kátia Caroline de Lira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:32:43Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:32:43Z-
Data de envio: dc.date.issued2009-02-18-
Data de envio: dc.date.issued2009-02-18-
Data de envio: dc.date.issued2005-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/1282-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/634212-
Descrição: dc.descriptionA literatura na área de TD&E (treinamento, desenvolvimento e educação), bem como de aprendizagem informal nas organizações, destaca a importância de variáveis de suporte psicossocial na explicação da transferência e impacto de treinamento no trabalho. Verificam-se, entretanto, poucos estudos e medidas sobre variáveis de suporte à aprendizagem informal em organizações. Este estudo objetivou construir e validar um instrumento de avaliação de suporte à aprendizagem, definida como percepções dos empregados acerca dos fatores de apoio ou de restrição à aprendizagem natural, espontânea e informal e induzida por treinamentos no trabalho, em todas as suas fases: aquisição, retenção e transferência. Aescala foi aplicada em uma amostra de 1731 participantes de um curso a distância sobre Prevenção à Lavagem de Dinheiro, oferecido on-Iine por uma instituição bancária de âmbito nacional. Os dados foram submetidos a procedimentos de análise fatorial. Os resultados indicaram um fator único de suporte à aprendizagem, constituído por 33 itens, com cargas fatoriais oscilando entre -0,30 a 0,89 e alpha de 0,96. A escala de suporte mostrou-se confiável e válida, permitindo, portanto, a investigação de questões relacionadas às aprendizagens natural e induzida no trabalho. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionLiterature in the area of TD&E (training, development and education), such as informal learning in organizations, which highlights the importance of psycho-social support variables in explaining the phenomenon of transference and impact of training at work. However, there are few studies and measures about support variables to informallearning at work. This subject intends to construct and validate an evaluation instrument that supports learning, defined as perceptions of the employees concerning support or restriction factors for naturallearning (spontaneous and inforrnalj and induced learning (by training) at work, in all its phases: acquisition, retention and transference. The scale was applied on a sample of 1,731 participants of a distance training about Prevention of Money Laundering, which was offered online for the employees of a Brazilian banking-institution. The factorial analysis were conducted and the results have shown only one factor called support to learning, with 33 items, with factors oscillating between -0.30 and 0.89 and alpha ofO.96. The support scale is considered trustworthy and valid, allowing the study of issues related to natural and induced learning at work.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectSuporte à aprendizagem-
Palavras-chave: dc.subjectAprendizagem organizacional-
Palavras-chave: dc.subjectAvaliação de desempenho-
Palavras-chave: dc.subjectPsicologia organizacional-
Título: dc.titleConstrução e validação de uma escala de suporte à aprendizagem no trabalho em uma instituição bancária brasileira-
Título: dc.titleConstruction and validation of a support to learning measurement scale in a brazilian banking institution-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.