Análise das formas de expressão dos movimentos sociais no contexto do Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorShimizu, Helena Eri-
Autor(es): dc.creatorSevero, Denise Osório-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:30:39Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:30:39Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-24-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-24-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-24-
Data de envio: dc.date.issued2014-11-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2014.11.T.17980-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/633414-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014.-
Descrição: dc.descriptionNo contexto do Brasil, os movimentos sociais têm passado por mudanças notáveis desde os anos de 1970, que se traduzem em suas formas de organização, estratégias de luta e suas relações com as tecnologias. Isso tem conduzido a novas conformações que revelam diferentes formas de expressão dos movimentos sociais e parecem orientadas por diferentes razões. Trata-se de abordagem qualitativa, na modalidade de pesquisa participante, que tem como objetivo analisar as formas de expressão dos movimentos sociais com caráter nacional no contexto do Brasil, no período entre 2011 e 2013. Os instrumentos de pesquisa adotados foram constituídos por entrevistas semiestruturadas, observação participante, diário de campo, registros fotográficos, e pesquisa documental. Foram realizadas 29 entrevistas com lideranças dos seguintes grupos: 1) Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), 2) Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde (ANEPS), 3) Movimento de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (LGBT), 4) Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e Pela Vida; 5) Rede Social do PVPI e 6) Integrantes das mobilizações de junho de 2013. Os dados foram analisados a partir da aplicação da Matriz de Análise de Hoefel et al (1) e Análise de Conteúdo de Bardin (2). Os resultados indicam que as estratégias de lutas adotadas pelos movimentos traduzem diferentes tendências que compõem um mosaico de distintos paradigmas dos movimentos sociais. Ademais, os dados apontam que as formas de relação que eles estabelecem com as redes virtuais são influenciadas por diferentes conceitos que oscilam entre a tecnologia e a tecnosophie. Conclui-se que as diferentes formas de expressão dos movimentos sociais traduzem a coexistência de distintas racionalidades norteadoras que transitam entre a razão moderna e a razão sensível.-
Descrição: dc.descriptionIn the Brazil’s framework, social movements have gone through remarkable changes since the 70s, translated into their forms of organization, struggle strategies and relationship with technologies. These changes have led to new conformations that reveal different forms of expression of social movements and seem to be geared for different reasons. This is a participant research in a qualitative approach, which aims to analyze the forms of expression of social movements with national nature in the context of Brazil, in the period between 2011 and 2013. The instruments adopted for this research are participant observation, field diary, photographic records, documentary research and semi-structured interviews. Twenty-nine interviews were performed with leaders of 1) Landless Rural Workers' Movement (MST); 2) National Articulation of Social Movements and Practices of Popular Education in Health (ANEPS); 3) Lesbian, Gay, Bisexual, and Transgender/Transsexual Movement (LGBT); 4) Permanent Campaign against Pesticides and for Life; 5) PVPI Social Network and 6) members of the Mobilizations occurred in June 2013. Data were analyzed through the application of the Analysis Matrix of Hoefel et al. (1) and Content Analysis of Bardin (2). The results indicate that struggle strategies adopted by social movements reflect different trends that make up a mosaic of different paradigms of social movements. Furthermore, the data suggest that the forms of relationship the social movements establish with virtual networks are influenced by different concepts ranging from technology and tecnosophie. The research concludes that the different forms of expression of social movements reflect the coexistence of guiding rationalities transiting between modern reason and sensible reason.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectMovimentos sociais-
Palavras-chave: dc.subjectTecnologia-
Título: dc.titleAnálise das formas de expressão dos movimentos sociais no contexto do Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.