Insegurança alimentar e nutricional e fatores associados em famílias do Núcleo Rural Agrícola Lamarão, no Distrito Federal

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorPinheiro, Anelise Rizzolo de Oliveira-
Autor(es): dc.contributorGubert, Muriel Bauermann-
Autor(es): dc.creatorBastos, Carla Madeira Marquito-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:30:37Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:30:37Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2014-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2014-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-04-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/16350-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/633403-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2014.-
Descrição: dc.descriptionSegurança alimentar e nutricional (SAN) é o direito ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente, não comprometendo outras necessidades essenciais. Este estudo analisou a prevalência de insegurança alimentar e nutricional (ISAN) e seus fatores associados, em famílias residentes em um núcleo rural agrícola, no Distrito Federal. Trata-se de estudo transversal com amostra sistemática, com intervalo zero, sendo composta por 75 domicílios. A prevalência de insegurança alimentar e nutricional nas famílias foi estimada através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA). Variáveis socioeconômicas e demográficas também foram avaliadas. O estudo encontrou 50,6% de ISAN, sendo 17,3% moderada e grave. Todas as casas são de alvenaria, com água encanada, energia elétrica e coleta de lixo. Dos domicílios com esgotamento sanitário, 12% eram contemplados com a rede de saneamento básico. A maior parte dos domicílios eram próprios (82,7%). Havia 29,3% das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. A classificação econômica familiar predominante foi a classe C (42,7%). Houve associação significativa entre os níveis de SAN e tipo de domicílio, chefe do domicílio e consumo de hortaliças, frutas, leite, cereais, refrigerantes e sucos industrializados. A prevalência de ISAN entre as famílias do Lamarão demonstra uma possível limitação dessas famílias em relação ao acesso físico e financeiro e à disponibilidade de alimentos com qualidade nutritiva. É importante um olhar aprofundado sob a garantia da SAN em comunidades rurais e necessário se considerar as associações entre os fatores socioeconômicos, demográficos e de consumo alimentar, que determinam a ocorrência dos diagnósticos de SAN na população.-
Descrição: dc.descriptionFood Security and Nutritional is the right to regular and permanent access to enough and good quality food, without compromising other essential needs. This study examined the prevalence of food insecurity and nutritional and associated factors among families in a rural settlement in Distrito Federal. This is a cross-sectional study, involving a systematic sample, with a time interval equals to zero, composed by 75 households. The prevalence of unsafe nutrition among those families was established by the “Escala Brasileira de Insegurança Alimentar”. Socioeconomic and demographic variables were also considered. The study found 50,6% food insecurity, with 17,3% classified as moderate and severe. All houses are made of bricks and equipped with piped water, electricity and waste collection; only 12% of homes have access to sewage disposal, most of it composed by residence-owned houses (82,7%). Only 29,3% of the families were in receipt of “Bolsa Família”. The prevailing economic classification involved families from class C (42,7%). There was a significant association between levels of food security and type of home, family leader and the consumption of green leafy vegetables, fruits, milk, cereals, sodas and industrialized juices. The prevalence of food insecurity among families from Lamarão demonstrates a limitation related to physical and financial access, as well as availability of nutritional food. It’s important to examine thoroughly food security among rural population and need to consider the associations between socioeconomic, demographic and food consumption factors that determine the occurrence of the diagnosis of food security in the population.-
Descrição: dc.descriptionSeguridad alimentaria y nutricional es el derecho de acceso regular y permanente la comida de calidad y en cantidad suficiente, sin comprometer otras necesidades fundamentales. Este estudio examinó la prevalencia de la inseguridad alimentaria y nutricional y sus factores asociados en las familias que viven en núcleo rural agrícola, en Distrito Federal. Es un estudio de corte transversal con muestreo sistemático, con rango cero, se compone de 75 hogares. La prevalencia de la inseguridad alimentaria y nutricional de las familias se calcula mediante la “Escala Brasileira de Insegurança Alimentar”. Variables socioeconómicas y demográficas también fueron evaluados. Estudio encontró 50,6% de inseguridad alimentaria, siendo 17,3% moderada/severa. Todas las viviendas son de mampostería, con agua corriente, electricidad y la recolección de basura. De todas las casas, el 12% están cubiertos con saneamiento. La mayoría de los hogares eran hogares propios (82,7%). Hubo 29,3% de las familias reciben el “Programa Bolsa Familia”. La clasificación económica predominante era de clase C (42,7%). Se observó una asociación significativa entre niveles de seguridad alimentaria y tipo de hogar, jefe del hogar y consumo de verduras, frutas, leche, cereales, refrescos y jugos industrializados. Prevalencia de inseguridad alimentaria entre las familias de Lamarão demuestra una posible limitación en relación con el acceso físico y financiero y la disponibilidad de alimentos de calidad nutricional. Es importante considerar la garantía de seguridad alimentaria en las poblaciones rurales y es necesario considerar las asociaciones entre factores socioeconómicos, demográficos y de consumo alimentaria, que determinan la aparición de los diagnósticos de seguridad alimentaria en la población.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectNutrição - avaliação - Distrito Federal (Brasil)-
Palavras-chave: dc.subjectPopulação rural-
Palavras-chave: dc.subjectConsumo alimentar-
Palavras-chave: dc.subjectInsegurança alimentar e nutricional-
Título: dc.titleInsegurança alimentar e nutricional e fatores associados em famílias do Núcleo Rural Agrícola Lamarão, no Distrito Federal-
Título: dc.titleFood insecurity and nutritional and associated factors among families in the Rural Settlement of Lamarão, Distrito Federal-
Título: dc.titleInseguridad alimentaria y nutrición y factores asociados en familias del Centro Rural Agrícola Lamarão, en el Distrito Federal-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.