Desenvolvimento e avaliação de uma intervenção para promoção do perdão

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMurta, Sheila Giardini-
Autor(es): dc.contributorRique Neto, Julio-
Autor(es): dc.contributordaluz@unb.br-
Autor(es): dc.creatorLuz, José Marcelo Oliveira da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:30:17Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:30:17Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-09-24-
Data de envio: dc.date.issued2020-09-24-
Data de envio: dc.date.issued2020-09-24-
Data de envio: dc.date.issued2020-07-07-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/39465-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/633273-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2020.-
Descrição: dc.descriptionDiante de experiências ofensivas, as pessoas magoadas podem vivenciar variadas emoções negativas e responder incialmente às ofensas com outras formas de comportamento negativo que, embora possam ser consideradas normais, podem ter consequências negativas para si, para as suas relações e mesmo para a sociedade como um todo. O perdão é uma resposta possível a essa situação, ao atuar diretamente no processo de regulação das emoções, com redução ou eliminação de emoções negativas e desejo de retaliação A literatura especializada na área indica, no cenário nacional, uma escassez de intervenções para promoção de perdão em contextos de promoção da saúde, sistematicamente desenvolvidas. Assim, a presente tese teve como objetivo preencher essa lacuna ao propor o desenvolvimento e avaliação de uma intervenção para promoção do perdão no contexto de promoção da saúde e prevenção, orientada por uma avaliação de necessidades prévia. No manuscrito 1 é apresentada uma revisão de escopo (scoping review) sobre os achados de revisões sistemáticas e metanálises no que se refere à eficácia deste tipo de intervenção. Os resultados dos estudos lançam luz sobre os preditores de eficácia de intervenções para promoção do perdão, sugerindo que os melhores resultados estão associados a intervenções que tiveram como base os modelos teóricos de Enright e REACH, àquelas dirigidas coma ofensas mais severas e específicas, entregues individualmente ou em grupos homogêneos e em ao menos 6 encontros. O manuscrito 2 aborda estudos de avaliação de necessidades, realizado por meio de entrevistas com profissionais de saúde e especialistas da área, cujos resultados sugerem que intervenções dessa natureza são vistas como socialmente válidas e que podem ser consideradas viáveis, efetivas e sustentáveis se apresentarem caraterísticas como: (a) equipe de facilitadores capacitada, (b) planejamento feito em equipe multidisciplinar, (c) objetivos alinhados aos valores da organização, (d) procedimentos teoricamente embasados e (e) mecanismos múltiplos de avaliação. O manuscrito 3 descreve o processo de desenvolvimento de uma intervenção para promoção do perdão, orientado por avaliação de necessidades que abrangeu quatro estudos exploratórios e qualitativos. Os objetivos dos estudos de avaliação de necessidades foram: (1) sumarizar os preditores de eficácia de intervenções para promoção do perdão, a partir de um mapeamento das revisões sistemáticas de literatura sobre intervenções dessa natureza; (2) averiguar a percepção de relevância social desse tipo de intervenção, baseados em entrevistas com profissionais inseridos em serviços de atenção à saúde mental; (3) investigar potenciais facilitadores e barreiras para o alcance, eficácia/efetividade, adoção, implementação e manutenção desse tipo de intervenções, na visão de especialistas da área e (4) descrever os elementos que facilitaram ou dificultaram a vivência de experiências bem- sucedidas ou malsucedidas de perdão, por potenciais usuários. Com base nos resultados da avaliação de necessidades foi desenvolvido uma proposta de intervenção, desenhada para uma população adulta que tenha vivenciado ao menos uma situação de ofensa de natureza e grau de severidade diversos. O manuscrito 4 teve como objetivo avaliar a aceitabilidade de uma intervenção para promoção do perdão e os efeitos a ela associados, em metas de curto prazo. Participaram do estudo 10 indivíduos, distribuídos em dois grupos, que receberam a intervenção em sete encontros, com duração de 120 minutos cada, com periodicidade semanal. Os resultados mostraram a ocorrência de mudanças positivas e negativas entre o pré e o pós-teste, apresentam evidencias de aceitabilidade das metas, procedimentos e efeitos da intervenção. Sugere-se novos estudos descritivos que abordem os mecanismos de mudança implicados no processo de perdão. De forma complementar, podem ser conduzidos estudos com delineamento experimental, para avaliar as evidências de eficácia da intervenção, de maneira mais robusta.-
Descrição: dc.descriptionFaced with offensive experiences, hurt people can experience various negative emotions and respond initially to transgressions with other forms of negative behavior that, although they may be considered normal, can have negative consequences for themselves, their relationships and even society as a whole. whole. Forgiveness is a possible response to this situation, by acting directly in the process of regulating emotions, reducing or eliminating negative emotions and the desire for retaliation The specialized literature in the area indicates, in the national scenario, a lack of interventions to promote forgiveness in health promotion contexts, systematically developed. Thus, the present thesis aimed to fill this gap by proposing the development and evaluation of an intervention to promote forgiveness in the context of health promotion and prevention, guided by a prior needs assessment. In manuscript 1, a scoping review is presented on the findings of systematic reviews and meta-analyzes regarding the effectiveness of this type of intervention. The results of the studies shed light on the predictors of the effectiveness of interventions to promote forgiveness, suggesting that the best results are associated with interventions that were based on the theoretical models of Enright and REACH, to those addressed with more severe and specific offenses, delivered individually or in homogeneous groups and in at least 6 meetings. Manuscript 2 addresses a needs assessment studies, conducted through interviews with health professionals and specialists in the area, whose results suggest that interventions of this nature are seen as socially valid and that they can be considered viable, effective and sustainable if they present characteristics such as : (a) trained facilitators team, (b) multidisciplinary team planning, (c) objectives aligned with the organization's values, (d) theoretically based procedures and (e) multiple assessment mechanisms. Manuscript 3 describes the process of developing an intervention to promote forgiveness, guided by a needs assessment that covered four exploratory and qualitative studies. The objectives of the needs assessment studies were: (1) to summarize the predictors of the effectiveness of interventions to promote forgiveness, based on a mapping of systematic literature reviews on interventions of this nature; (2) to investigate the perception of social relevance of this type of intervention, based on interviews with professionals working in mental health care services; (3) to investigate potential facilitators and barriers to reach, efficacy / effectiveness, adoption, implementation and maintenance of this type of interventions, in the view of specialists in the area and (4) describe the elements that facilitated or hindered the experience of successful experiences or unsuccessful forgiveness by potential users. Based on the results of the needs assessment, an intervention proposal was developed, designed for an adult population that has experienced at least one offense of different nature and severity. Manuscript 4 aimed to assess the acceptability of an intervention to promote forgiveness and the effects associated with it, in short-term goals. Ten individuals participated in the study, distributed in two groups, who received the intervention in seven meetings, lasting 120 minutes each, weekly. The results show the occurrence of positive and negative changes between the pre and the post-test, showing evidence of acceptability of the goals, procedures and effects of the intervention. New descriptive studies are suggested that address the mechanisms of change involved in the process of forgiveness. In a complementary way, studies with experimental design can be conducted, to evaluate the evidence of the intervention's effectiveness, in a more robust way.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectPerdão-
Palavras-chave: dc.subjectIntervenção psicológica-
Palavras-chave: dc.subjectComportamento humano-
Palavras-chave: dc.subjectPromoção da saúde-
Título: dc.titleDesenvolvimento e avaliação de uma intervenção para promoção do perdão-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.