Análise comparativa entre dois procedimentos para estimativa da variável volume em um povoamento de Eucalyptus Urophylla, no Município de Mineiros – Goiás

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorLeite, Dryela Ribeiro-
Autor(es): dc.creatorMiguel, Eder Pereira-
Autor(es): dc.creatorSantos, Gildomar Alves dos-
Autor(es): dc.creatorImaña Encinas, José-
Autor(es): dc.creatorRezende, Alba Valéria-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:26:58Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:26:58Z-
Data de envio: dc.date.issued2012-03-30-
Data de envio: dc.date.issued2012-03-30-
Data de envio: dc.date.issued2011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/10177-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/631927-
Descrição: dc.descriptionEste trabalho objetivou ajustar e testar modelos de afilamento para descrever o perfil do fuste de Eucalyptus urophylla, visando determinar a compatibilidade entre o volume obtido com o advindo de modelos volumétricos. Mediante as técnicas de regressão, utilizando o método dos mínimos quadrados foram ajustados modelos volumétricos e de afilamento para a estimativa do volume individual e do povoamento. A seleção do melhor modelo, baseou-se nas seguintes estatísticas de ajuste e precisão por ordem de importância, análise do gráfico de dispersão dos resíduos, análise do erro padrão da estimativa (Syx e Syx %) e por fim a análise do coeficiente de determinação ajustado (R2). Os resultados apontaram que para a estimativa da variável volume, o modelo volumétrico de Schumacher e Hall (log),apresentou as melhores estatísticas. Para determinar os diferentes diâmetros ao longo do fuste e o volume total, o polinômio do 5° grau proposto por SCHÖEPFER foi o selecionado devido a superioridade de seus resultados. Não houve diferença significativa ao se comparar o volume advindo de equação de volume com o oriundo de equação de afilamento. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe aim of this work was to adjust and test taper models to describe the stem profileof Eucalyptus urophylla, in order to establish compatibility between the obtained volume and the volume from volumetric models. Using regression techniques and Ordinary Least Squares Method, were adjusted the volumetric and taper models for individual and plantation volume estimation. The best model selection was done byusing the following statistics in decreasing importance: graphical distribution ofresidues analysis, residual standard error (Syx and Syx%) and finally thedetermination coefficient (R2). The results indicated that for volume estimation through the Schumacher and Hall (log) showed the best statistics. For diameter logs along the stem determination was selected the polynomial of 5th degree proposed by SCHÖEPFER for its superiority in terms of. There was no significant difference whencomparing obtained volume from equation to the volume obtained from taper models.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Publicador: dc.publisherCentro Científico Conhecer-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsDisponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir, publicar e criar obras derivadas desde que estas façam parte da mesma licença e que o autor e licenciante seja citado. Não permite a utilização para fins comerciais.-
Palavras-chave: dc.subjectEucalipto - produtividade agrícola-
Palavras-chave: dc.subjectEngenharia florestal-
Palavras-chave: dc.subjectBiometria-
Título: dc.titleAnálise comparativa entre dois procedimentos para estimativa da variável volume em um povoamento de Eucalyptus Urophylla, no Município de Mineiros – Goiás-
Título: dc.titleComparative analysis between two estimation proceedings for the volume variable from Eucalyptus Urophylla plantation in Mineiros county – Goiás.-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.