Perspectivas para a sustentabilidade e o turismo no Rio Azuis, Tocantins

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCunha, André de Almeida-
Autor(es): dc.creatorSilva, Fernanda Gomes da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:26:14Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:26:14Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-26-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-26-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-17-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/38257-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/631622-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, Programa de Pós-Graduação em Turismo, 2019.-
Descrição: dc.descriptionO Rio Azuis, conhecido como o menor rio do Brasil, localiza-se no município de Aurora do Tocantins, estado do Tocantins, na região turística das Serras Gerais, a 494 km de distância da capital Palmas e a 491 km de Brasília, Distrito Federal. Devido à sua localização privilegiada entre o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e o Parque Estadual do Jalapão, o Rio Azuis, com suas águas cristalinas e termais, recebe uma visitação turística intensa. O turismo desempenha um papel importante especialmente na dinâmica do povoado, sendo sua principal fonte econômica. No entanto, o turismo de massa trouxe profundos impactos socioambientais para a comunidade. Por meio do associativismo, os moradores estão buscando regulamentação e alternativas sustentáveis para o uso do rio como balneário. Esta pesquisa analisou o histórico do turismo e os conflitos socioambientais gerados na comunidade do Rio Azuis e identificou as perspectivas para o desenvolvimento do turismo sustentável na região.-
Descrição: dc.descriptionAzuis River, considered the smallest river in Brazil, is in the municipality of Aurora do Tocantins, state of Tocantins, in the tourist region of Serras Gerais, 494 km away from the capital Palmas and 491 km from Brasília, Federal District. Due to its privileged location between Chapada dos Veadeiros National Park and Jalapão State Park, the Azuis River, with its crystalline and thermal waters, receives an intense tourist visit. Tourism plays an important role especially in the dynamics of the village, being its main economic source. However, mass tourism has brought profound socio-environmental impacts to the community. Through the associativism, the residents are seeking regulation and sustainable alternatives for the use of the river as a resort. This research analyzed the history of tourism and the socioenvironmental conflicts generated in the Rio Azul community and identified the perspectives for the development of sustainable tourism in the region.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectSustentabilidade-
Palavras-chave: dc.subjectEcoturismo-
Palavras-chave: dc.subjectTurismo-
Palavras-chave: dc.subjectTurismo - aspectos ambientais-
Palavras-chave: dc.subjectTurismo - aspectos sociais-
Título: dc.titlePerspectivas para a sustentabilidade e o turismo no Rio Azuis, Tocantins-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.