Caracterização histomorfométrica de testículos de quatro espécies de morcego frequentes na região de Cerrado do Distrito Federal nas estações seca e chuvosa

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorLucci, Carolina Madeira-
Autor(es): dc.creatorBrito, Juliana Lis Mendes de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:25:25Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:25:25Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-08-17-
Data de envio: dc.date.issued2015-08-17-
Data de envio: dc.date.issued2015-08-17-
Data de envio: dc.date.issued2014-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/18513-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/631294-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2014.-
Descrição: dc.descriptionA caracterização histomorfométrica dos testículos de morcegos de quatro diferentes espécies comumente encontradas na região de Cerrado, do Distrito Federal foi realizada durante as estações de seca e chuva, visando um maior conhecimento sobre os padrões reprodutivos sazonais destes animais. Machos das espécies Artibeus lituratus, Platyrrhinus lineatus, Sturnira lilium e Carollia perspicillata foram coletados, eutanasiados e pesados. Os testículos e epidídimos foram retirados, pesados e medidos. Foi realizado um lavado do epidídimo direito para a retirada dos espermatozoides, que foram então fixados e processados para a microscopia eletrônica de varredura. Os testículos e epidídimos esquerdos foram fixados e processados para histologia, cinco lâminas foram montadas e coradas para cada animal e analisadas em microscópio de luz. Foram analisados os parâmetros de área do túbulo, área da luz do túbulo, diâmetro do túbulo, diâmetro da luz do túbulo e altura do epitélio. Foi calculado também o índice Gonadossomático (IGS) e calculada a relação entre área tubular/área intersticial. Todos os dados obtidos foram expressos pela Média ± Erro Padrão da Média, foi empregada a Analise de Variância (ANOVA) e teste de Tukey, com um critério de significância mínimo de 5%. Todos os dados foram comparados tanto entre as espécies como entre as estações do ano. O peso corporal foi significativamente maior durante a estação de seca para as quatro espécies. O IGS foi significativamente diferente entre as estações para todas as espécies, maior na estação chuvosa para A. lituratus, P. lineatus e C. perspicillata, e na estação seca somente para S. lilium. O peso e o comprimento testicular foram maiores na estação chuvosa para A. lituratus e P. lineatus e na estação seca para S. lilium e C. perspicillata, mostrando diferenças significativas entre as estações para todas as espécies. A espécie A. lituratus apresentou todos os parâmetros tubulares maiores de forma significativa em comparação com as outras espécies, nas duas estações, com exceção das áreas do túbulo e da luz do túbulo na seca. Somente C. perspicillata apresentou diferença significativa entre as estações para todos os parâmetros tubulares, sendo maiores durante a seca. Já para a relação área tubular/área intersticial somente o C. perspicillata apresentou relação significativamente maior na estação de seca. Foi possível observar espermatozoides nos túbulos seminíferos e epidídimos de todos os animais coletados, tanto na seca quanto na chuva. Os espermatozoides da espécie A. lituratus apresentou uma cabeça em forma de seta, enquanto os das outras três espécies possuem a cabeça com formatos arredondados. Os espermatozoides de P. lineatus foram os maiores dentre os estudados. Concluindo, os espermatozoides das quatro espécies são semelhantes em formato da cabeça com a exceção da espécie A. lituratus. Existem diferenças significativas entre as quatro espécies estudadas em relação ao peso corporal, peso e comprimento testicular e parâmetros tubulares. No entanto não foi possível observar sazonalidade reprodutiva nos machos das quatro espécies estudadas nas condições de Cerrado do Distrito Federal. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe histomorphometric characterization of testicles from four species of bats commonly found in the savanna area of Distrito Federal (Brazil) was performed during the dry and wet seasons. Male bats from Artibeus lituratus, Platyrrhinus lineatus, Sturnira lilium and Carollia perspicillata species were collected, killed and weighted. Testicles and epididymides were removed, weighted and measured. The right epididymides were washed to collect spermatozoa, which were fixed and processed for scanning electron microscopy. Left testicles and epididymides were fixed and processed for histology, five sections were mounted and stained with hematoxylin and eosin and analyzed under a light microscope. The analyzed parameters were: tubular area and diameter, luminal area and diameter, and height of seminiferous epithelium. The gonadossomatic index (GSI) and the relation tubular area/interstitial tissue area were calculated. Data are presented as Mean ± SEM, and compared between seasons and species using ANOVA and Tukey’s test. Body weight was significantly higher on the dry season for the four species. GSI was significantly different between seasons for all four species, being higher on the wet season for A. lituratus, P. lineatus and C. perspicillata, and on the dry season for S. lilium. Testicular weight and length were higher on the wet season for A. lituratus, P. lineatus and on the dry season for S. lilium and C. perspicillata.The tubular parameters studied were significantly greater in A. lituratus than in the other three species, on both seasons, except for tubular and luminal areas on the dry season. All analyzed parameters differed between season only for C. perspicillata, being greater on the dry season. C. perspicillata also showed a higher relation tubular area/interstitial tissue area on the dry season. Spermatozoa were visible on seminiferous tubules and epididymides of all collected animals, in both seasons. Spermatozoa from A. lituratus presented an arrow-shaped head, while the head was round-shaped on the other three species. Spermatozoa from P. lineatus were bigger than the other studied sperm cells. In conclusion, the spermatozoa from the four studied species are similar, except for the shape of the head for A. lituratus. There are significant differences among species concerning body weight, testicle weight and length and tubular parameters. However, no reproductive seasonality could be observed on males from the four studied species on the savanna area of Distrito Federal, Brazil.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectMorfologia (Animais)-
Palavras-chave: dc.subjectMorfometria testicular-
Palavras-chave: dc.subjectEspermatozóides-
Palavras-chave: dc.subjectMorcegos - Cerrados-
Título: dc.titleCaracterização histomorfométrica de testículos de quatro espécies de morcego frequentes na região de Cerrado do Distrito Federal nas estações seca e chuvosa-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.