Lipoatrofia facial associada ao HIV/AIDS : do advento aosconhecimentos atuais

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorSoares, Flávia Machado Gonçalves-
Autor(es): dc.creatorCosta, Izelda Maria Carvalho-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:25:22Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:25:22Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/28136-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000500001-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/631272-
Descrição: dc.descriptionO advento da AIDS trouxe novos desafios para a Dermatologia. A terapia antirretroviral mudou drasticamente a morbimortalidade associada à infecção pelo HIV/AIDS, mas contribuiu para o surgimento de outras novas situações que exigem abordagem adequada do dermatologista. A Síndrome Lipodistrófica Associada ao HIV/AIDS tem origem multifatorial, mas está fortemente associada ao uso dos antirretrovirais. Compreende alterações na distribuição da gordura corporal, acompanhada ou não de alterações metabólicas. A perda da gordura da face, chamada lipoatrofia facial, é dos sinais mais estigmatizantes da síndrome. Esta condição, muitas vezes reveladora da doença, trouxe de volta o estigma da AIDS. É necessário que os especialistas que atuam com pacientes com HIV/AIDS identifiquem estas alterações e busquem opções de tratamento, dentre as quais se destaca o implante com polimetilmetacrilato, que é disponibilizado para tratamento da lipoatrofia facial associada ao HIV/AIDS no Sistema Único de Saúde.-
Descrição: dc.descriptionThe advent of AIDS has brought new challenges to Dermatology. Antiretroviral therapy dramatically changed the morbidity and mortality associated with HIV / AIDS, but contributed to the emergence of other new situations that require adequate approach by the dermatologist. The HIV / AIDS Associated Lipodystrophy Syndrome is multifactorial in origin, but it is strongly associated with the use of antiretroviral drugs. It includes changes in body fat distribution, with or without metabolic changes. The loss of facial fat, called facial lipoatrophy, is one of the most stigmatizing signs of the syndrome. This condition, often revealing of the disease, brought back the stigma of AIDS. It is necessary that the specialists working with patients with HIV / AIDS identify these changes and seek treatment options, amongst which stands out the implant with polymethylmethacrylate, which is available for the treatment of HIV / AIDS facial lipoatrophy in the Brazilian Public Health System.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Idioma: dc.languagept_BR-
Idioma: dc.languageen-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira de Dermatologia-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsAnais Brasileiros de Dermatologia - This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License (CC BY NC). Fonte: https://www.scielo.br/j/abd/a/CQxCcWLmpmJmCknbVc7Hnwv/?lang=pt. Acesso em: 10 ago. 2021.-
Palavras-chave: dc.subjectHIV (Vírus)-
Palavras-chave: dc.subjectInfecções por HIV-
Palavras-chave: dc.subjectProcedimentos cirúrgicos-
Palavras-chave: dc.subjectLipodistrofia-
Palavras-chave: dc.subjectTerapêutica-
Título: dc.titleLipoatrofia facial associada ao HIV/AIDS : do advento aosconhecimentos atuais-
Título: dc.titleHIV-Associated facial lipoatrophy : from the advent to current knowledge-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.