Reforma previdenciária brasileira e representações sociais de jovens aposentados

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorPorto, Maria Stela Grossi-
Autor(es): dc.creatorAlves, Amália Cardoso-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:24:03Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:24:03Z-
Data de envio: dc.date.issued2009-11-26-
Data de envio: dc.date.issued2009-11-26-
Data de envio: dc.date.issued2007-08-
Data de envio: dc.date.issued2007-08-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/2324-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/630731-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2007.-
Descrição: dc.descriptionA pesquisa tem como tema a Reforma Previdenciária Brasileira e as Representações Sociais de Jovens Aposentados e como objetivo identificar esses aposentados no contexto social da cidade de Araxá, analisando as inseguranças que os levaram a uma aposentadoria precoce. Aborda, ainda, alguns conceitos e categorias que nortearam esta pesquisa, tais como: velhice, terceira idade, trabalho, tempo, espaço e identidade. O ponto de partida foi a relação existente entre trabalho e aposentadoria, apresentando-se alguns modelos previdenciários latino-americanos, comparando-os ao modelo implantando no Brasil. Dentro desse enfoque, foi traçado o caminho percorrido pelos jovens aposentados, desde a expectativa da aposentadoria até a sua efetivação, mostrando-se que o trabalho possui uma importância fundamental na vida social dos aposentados, os quais possuíam capacidade produtiva no ato da aposentadoria e, conseqüentemente, continuaram trabalhando, assumindo uma identidade inerente ao contexto histórico e político vigente. Nesse sentido, as representações sociais de jovens aposentados foram analisadas visando a uma compreensão do momento vivenciado por aposentados de empresas extrativistas, em Araxá. Tais representações são tomadas como instrumento empírico, fundamentais ao conhecimento dos efeitos provocados pela Reforma Previdenciária. A dissertação ressalta que, com o aumento da expectativa de vida dos brasileiros, tornou-se necessária uma reforma do sistema previdenciário. Como as mudanças poderiam interferir nos interesses dos trabalhadores que já se aproximavam do momento da aposentadoria, mas ainda com grande capacidade produtiva, estes resolveram aposentar-se mesmo antes de completarem o prazo determinado pelas normas previdenciárias para uma aposentadoria integral. Na realidade, os jovens aposentados passaram por dois períodos distintos. No primeiro, a incerteza causada pela reforma em andamento tomou conta de seu cotidiano, modificando seus planos. No segundo momento, eles passaram por um período de calmaria, pois haviam se aposentado e continuaram trabalhando, e muitos até nem chegaram a deixar o trabalho que executavam antes da aposentadoria. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe subject of this work if the Reform of the Brazilian Welfare System and the Social Representations of Young Retirees and its goal is to identify these retirees in the social context of the city of Araxá, taking into account the insecurities that lead them to the early retirement. It also discusses some concepts and categories that spearheaded this work, such as: old age, elderly, work, time and space and identity. The starting point was the existing relation between work and retirement, showing some Latin American Welfare System Models comparing them to the models implemented in Brazil. Bearing this in mind, it was possible to outline the path followed by the Young retirees since their expectation to be retired until it actually became true, showing that the job hás a fundamental importance in the social life of the retirees that still had productive capacity at the time of their retirement and went on working, taking up an identity inherent to the historical and political context. In this way, the social representations and the young retirees were analyzed aiming for the understanding of the moment lived by the retirees from the extractive industry, in Araxá. Such representations were taken as empiric instruments, fundamental to the knowledge of the effects provoked by the Welfare Reform. This abstract points out that, with the increase of the life expectancy of the Brazilians, a reform of the Welfare System has become necessary. As these changes might affect the interests of the workers near retirement, yet still having great productive capacity, these workers decided to resort to retirement even before they complete the period determined by the welfare norms for full retirement benefits. In fact, the young retirees have gone through two distinct periods, in the first, the uncertainty caused by the undergoing reform became a part of their routine, changing their plans. In a second moment they underwent a calm period, since they had retired and continued working, although many did not even leave the job they worked before retiring.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectReforma previdenciária-
Palavras-chave: dc.subjectJovens aposentados-
Palavras-chave: dc.subjectRepresentações sociais-
Título: dc.titleReforma previdenciária brasileira e representações sociais de jovens aposentados-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.