Determinação das áreas de recarga para a gestão do sistema aquífero físsuro-cárstico da região de São Sebastião/DF

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCampos, José Eloi Guimarães-
Autor(es): dc.creatorSouza, Michelle Mota de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:21:10Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:21:10Z-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-14-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-14-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-14-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-29-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/13941-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/629563-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Pós Graduação em Geociências Aplicadas, 2013.-
Descrição: dc.descriptionA cidade de São Sebastião/DF é abastecida exclusivamente por água subterrânea captada a partir de 20 poços mantidos pela concessionária de serviços de saneamento local, a CAESB (Companhia de Saneamento Ambiental do DF). Esses poços apresentam vazões anômalas no contexto do DF. Todos possuem outorga, porém, existe uma preocupação crescente com relação à sustentabilidade do aquífero, tendo em vista o rápido aumento da demanda por água e a crescente impermeabilização do solo dentro dos limites da própria cidade e do seu entorno. Além disso, a maior parte dessa impermeabilização está ocorrendo em áreas elevadas com alto potencial para recarga do aquífero de São Sebastião. Assim, esse projeto de pesquisa visou a identificar as áreas de recarga do aquífero que abastece a cidade de São Sebastião, que está situada sobre lentes de mármores interdigitadas a filitos do Grupo Canastra. Essas rochas mantêm contato tectônico com metassedimentos do Grupo Paranoá. Cada um desses grupos geológicos compreende um compartimento geomorfológico, quais sejam: Vales Dissecados e Planos Elevados, bem como um sistema hidrogeológico: Sistema Canastra e Sistema Paranoá, respectivamente. O método empregado foi análise isotópica de 18δ( O), δ(D) e trítio em 12 poços selecionados, sendo 4 situados no compartimento Planos 18Elevados e 8, no compartimento de Vales Dissecados. Os resultados das análises de δ( O) e δ(D) mostram que a origem da água subterrânea é meteórica havendo, no entanto, atenuação do sinal devido à evaporação secundária das massas de ar e à baixa umidade do ar típica do período de estiagem do DF. Os dados apresentam ainda clara compartimentação entre as unidades geomorfológicas, Planos Elevados e Vales Dissecados, sendo que, o primeiro é empobrecido em ambos os isótopos em relação ao segundo. Isto se deve à mistura da água de ambos os compartimentos. As fraturas e falhas, principalmente de direção N45E e N45W, foram reativadas e mantidas abertas pelo neotectonismo que gerou o gráben de São Sebastião. Essas aberturas verticalizadas se conjugaram com fraturas de alívio de atitude horizontal e permitiram a conexão hidráulica entre os dois domínios hidrogeológicos. Essa conexão é, no entanto, limitada espacial e hidraulicamente, havendo alternância entre a velocidade de fluxos, o que promove a atenuação do sinal isotópico da chuva, com predominância do mais lento, mostrando porque os dados não são homogêneos. Os dados de trítio corroboram essa hipótese mostrando ainda que existe recarga a partir de fluxo local. Trata-se de água meteórica que infiltra a partir das áreas de ocorrência de gleissolos. As águas relacionadas aos Planos Elevados apresentaram valores mais altos de trítio que os do compartimento Vales Dissecados o que pode ser explicado pela mistura de águas de fluxo mais lento (mais antigas) com aquelas de fluxo mais rápido (mais jovens). A partir de dados de variação do nível da água dos 2 piezômetros monitorados pela CAESB observa-se que durante o período de estiagem os piezômetros têm o seu rebaixamento mais acentuado sendo praticamente recuperado durante o período de chuvas. Conclui-se que não está havendo rebaixamento do nível da água do aquífero como resposta a um processo de sobrexplotação. O rebaixamento observado no poço SS-09 provavelmente se deve à interferência com o cone de depressão de poço em operação próximo, uma vez que o nível do poço SS-14, que não conta com poços de produção num raio de 500 metros, não apresenta o mesmo comportamento de rebaixamento. Assim, foi proposta uma metodologia para verificação de sobrexplotação de aquíferos, bem como foi elaborada proposta de gestão para o aquífero de São Sebastião com base na realidade local. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe São Sebastião town, Federal District (FD), Brazil is supplied solely by groundwater extracted from 20 wells maintained by the dealership site sanitation services, CAESB (Companhia de Saneamento Ambiental do FD). These wells show anomalous yields in the context of the Federal District. All of these wells are authorized to extraction, however, there is growing concern about the sustainability of the aquifer due to the rapid increase in demand for water and increasing soil sealing within the limits of the city itself and its surroundings. Moreover, most of this soil impervious is occurring in elevated areas with high potential for the recharge of São Sebastião aquifer. Thus, this research aimed to identify the recharge areas of the aquifer that supplies the city of São Sebastião situated over marble lenses interfingering on phillites of Grupo Canasta. These rocks are in tectonic contact with metasediments of Grupo Paranoá. Each of these geologic groups comprises a geomorphological compartment, namely: Vales Dissecados and Planos Elevados, as well as the hydrogeological systems: Sistema Canastra e Sistema Paranoá respectively. The method employed was the isotopic 18analysis of δ( O), δ(D) and tritium in 12 selected wells, 4 of them are located on the compartiment Planos Elevados and 8, on the Vales Dissecados. The results of the analyzes of 18δ( O) and δ(D) showed that rainfall is the origin of the groudwater and that the isotopic attenuation is due to secondary evaporation of air mass and low humidity, typical of dry period of FD. The isotopic data also showed an obvious subdivision between geomorphological units, Planos Elevados and Vales Dissecados. The former is depleted in both isotopes in relation to the second. Fractures and faults especially those N45E and N45W families were reactivated and kept open by neotectonics forces that generated the graben of São Sebastião. These opening verticalized fractures were combined with horizontal and relief ones that allowed the hydraulic connection between the two hydrogeological domains. This connection is, however, limited spatially and hydraulically. There is alternation between the velocity of flow which promotes the isotopic signal attenuation from rainfall, predominantly slower, showing why the data are not homogeneous. The tritium data corroborate this hypothesis showing that there is also recharge from local flow, which is the main recharge source of São Sebastião aquifer. It is meteoric water that seeps from the areas of occurrence of Gleissolos. The waters related to Planos Elevados showed higher values than the compartment Vales Dissecados which can be explained by mixing slower water flow (regional) with faster flow (local). Analyzing the graphs of water level variation of 2 piezometers monitored monthly by CAESB in São Sebastião it is observed that during the drought season the drawdown is strong. But the water level is practically recovered during the rainy season. The conclusion is that there is no lowering of the water level in the aquifer in response to a overexplotation process. The lowering observed in piezometer SS-09 is probably due to interference with the cone of depression of a working well situated nearly. The water level of well SS-14 does not have the same behavior because in its neighborhood there are no working wells in a distance less than 500 meters away. Thus, we proposed a methodology for verification of overexploitation risk to aquifers, as well as it was drafted a management proposal to the São Sebastião aquifer based on local reality.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectSão Sebastião (DF)-
Palavras-chave: dc.subjectHidrogeologia-
Palavras-chave: dc.subjectÁguas subterrâneas-
Palavras-chave: dc.subjectRecursos hídricos-
Palavras-chave: dc.subjectAbastecimento de água-
Título: dc.titleDeterminação das áreas de recarga para a gestão do sistema aquífero físsuro-cárstico da região de São Sebastião/DF-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.