Análise morfométrica, morfológica e citogenética de morcegos do gênero Artibeus Leach, 1821 (Chiroptera, Phyllostomidae)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorGrisolia, Cesar Koppe-
Autor(es): dc.contributorAguiar, Ludmilla Moura de Souza-
Autor(es): dc.creatorFialho, Flávia Sibele Foltran-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:21:08Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:21:08Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2009-05-25-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/8078-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/629550-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, 2009.-
Descrição: dc.descriptionO gênero Artibeus Leach (1821) tem sua distribuição restrita à região Neotropical, ocorrendo desde o México, passando por toda a América Central até a América do Sul. Os Artibeus são divididos em quatro subgêneros: Artibeus, Dermanura, Enchistenes e Koopmania. E os grandes Artibeus (subgênero Artibeus) possuem oito espécies das quais cinco possuem registros no Brasil. A sistemática do gênero Artibeus é um grande problema, tem sido estudada por muitas pessoas o que gera grandes controvérsias. As informações são imprecisas, principalmente sobre a distribuição geográfica, ocasionada muitas vezes por identificações equivocadas por informações disponíveis na literatura, especialmente antes de uma revisão feita na década de 1989. O presente trabalho teve como objetivo a caracterização de quatro espécies do gênero Artibeus. Nas análises morfológicas 117 indivíduos de Artibeus foram medidos e identificados como: Artibeus lituratus, Artibeus planirostris, Artibeus obscurus e Artibeus cinereus. Foram feitas 12 medidas morfológicas e 19 cranianas. Os resultados das medidas foram submetidos a análises estatísticas (análise discriminante) com o objetivo de selecionar os melhores caracteres que separam as quatro espécies. Três funções discriminantes foram calculadas pelo método stepwise. Das 12 variáveis morfológicas, obtive-se uma separação confiável dos quatros grupos baseado na combinação de oito caracteres. A primeira função discriminante seleciona como caracteres importantes para a discriminação das quatro espécies o comprimento do antebraço, terceiro metacarpo e presença de lista rostral como sendo os principais caracteres morfológicos para a discriminação das espécies. Já para os caracteres cranianos as principais variáveis que discriminam as espécies são o comprimento máximo do crânio, comprimento da mandíbula e comprimento da fileira dental da mandíbula. No capítulo dois foi analisado citogeneticamente a espécie Artibeus lituratus. Foram analisados 19 indivíduos, 13 machos e 6 fêmeas. As técnicas citogenética utilizada para as análises foram a de coloração convencional, Banda-G e Banda C. A espécie apresentou 2n = 30, XX e 31 XY¹Y2. E NF = 56, compreendendo cromossomos metacêntricos e submetacêntrico, variando entre 9-11 pares, o X submetacêntrico e o número de subtelocêntricos variando entre 3-5 pares de cromossomos. Os cromossomos sexuais Y¹Y2 são acrocêntricos. Onde também demonstrou que a espécie possui determinado polimorfismo cariotípico. Este trabalho foi importante, pois contribuirá com a caracterização das espécies do Centro-Oeste e permitirá uma visualização tanto de estruturas conservativas, como as características individuais das espécies aqui analisadas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe genus Artibeus Leach (1821) has its distribution restricted to the Neotropics, occurring since Mexico, through all Central America until South America. The genus Artibeus is divided in four subgenus: Artibeus, Dermanura, Enchistenes and Koopmania. The bigger Artibeus (subgenus Artibeus) posses eight species, from which five have been registered in Brazil. The systematic of the genus Artibeus is a great problem, having been studied by several researchers, all which generates a great discussion. The information - mostly about the geographic distribution - is imprecise, several times caused by wrong identifications, specially before one revision made in the. In the present study, 117 individuals distributed in four species were analyzed and were identified as: A. lituratus, Artibeus planirostris, Artibeus obscurus and Artibeus cinereus. 12 morphological and 19 cranial measures were taken. The results of the measures were statistically analyzed (discriminant analysis) with the objective to select the best characters which separate the four species. Three discriminant functions were calculated by the stepwise method. From the 12 morphological variables, a trustable separation of the four groups based in the combination of eight characters was obtained. The first discriminant function obviously separates A. lituratus from A. cinereus, placing the other two groups (A. planirostris and A. obscurus). The second function discriminates the same group from the others. The same proceeding was made for the cranial characters and then for the morphological and cranial ones. The results from this proceeding show that the chosen variables are important for a best separation of the species. In chapter two, the species Artibeus lituratus was cytogenetically analyzed. 19 individuals, 13 males and 6 females were analyzed. The cytogenetic techniques used for the analysis were conventional coloration, G-Band and C-Band. The species presented 2n = 30, XX 31 XY¹Y2 and FN = 56, including metacentric and submetacentric chromosomes, varying between 9-11 pair bases, the X presented a submetacentric morphology; the number of subtelocentric chromosomes varies between 3-5 pair bases. The sexual Y¹Y2 are acrocentric. This study is important, because it will contribute the characterization of the species from the Brazilian Center-West region and will allow visualization in so far as from conservative structures, as well as the individual characteristic of the species here analyzed.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectMorcegos-
Palavras-chave: dc.subjectMorfologia (Animais)-
Palavras-chave: dc.subjectMorfometria-
Título: dc.titleAnálise morfométrica, morfológica e citogenética de morcegos do gênero Artibeus Leach, 1821 (Chiroptera, Phyllostomidae)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.