Avaliação da estabilidade de cor e do repolimento de resinas compostas após a imersão em diferentes soluções corantes

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorPereira, Patrícia Nóbrega Rodrigues-
Autor(es): dc.contributorHilgert, Leandro Augusto-
Autor(es): dc.creatorLima, Juliana Sá Leitão Fiuza-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:15:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:15:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2013-12-10-
Data de envio: dc.date.issued2013-12-10-
Data de envio: dc.date.issued2013-12-10-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/14795-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/627447-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.-
Descrição: dc.descriptionA estabilidade de cor é um dos parâmetros clínicos mais importantes em relação ao sucesso de restaurações estéticas. Ainda que a qualidade destes materiais tenha sido aprimorada nos últimos anos, o manchamento de resinas compostas ainda é uma das principais razões que levam à substituição de restaurações em dentes anteriores. Os objetivos deste estudo foram avaliar a estabilidade de cor de cinco resinas compostas (Filtek Z350 XT, Estelite ? Quick, Durafill VS, Opallis e Empress Direct) após a exposição a diferentes bebidas usualmente consumidas e investigar a possibilidade de remoção do manchamento ocorrido, pelo repolimento. Para isso, 20 espécimes foram confeccionados para cada resina composta e avaliados após a imersão em vinho tinto, café, Coca-Cola e água destilada (controle) por 24 horas, 7 e 30 dias. Ao final do experimento os espécimes foram repolidos com discos de óxido de alumínio (Sof-Lex, 3M ESPE). As mensurações de cor foram realizadas utilizando um espectrofotômetro (Vita EasyShade Compact) baseado no sistema de cor CIELAB. Os dados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA e post hoc Tukey (p=0,05). Os resultados mostraram que todas as resinas compostas apresentaram alteração de cor após o manchamento artificial. A resina Filtek Z350 XT resultou em maior alteração de cor do que as resinas Durafill VS e Estelite ? Quick. O vinho tinto exibiu o maior potencial corante enquanto a Coca-Cola não apresentou diferenças significativas em relação ao grupo controle. Após o repolimento todos os materiais apresentaram redução significativa do manchamento provocado pelo vinho e pelo café. Foi concluído que a alteração de cor varia de acordo com a composição do material e as diferentes soluções em que são expostos. O repolimento é efetivo na redução do manchamento extrínseco e deve ser considerado antes da decisão pela substituição de restaurações estéticas por motivos relacionados à cor. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionColor stability is one of the most important clinical parameters related to success of esthetic restorations. Although the quality of these materials has improved in recent years, discoloration of resin composites remains a major cause of replacement of anterior restorations. The aim of this study was to evaluate the color stability of five different composites (Filtek Z350 XT, Estelite ? Quick, Durafill VS, Opallis e Empress Direct) after exposure to commonly consumed beverages and the possibility to remove stain with repolishing. Twenty disk-shaped specimens were prepared from five different composites and evaluated after immersion in red wine, coffee, cola or distilled water (control) for 24 hours, 7 and 30 days. At the end of the experiment the specimens were repolished using alumin oxide discs (Sof-Lex, 3M ESPE). Color measurements were made using a spectrophotometer (Vita EasyShade Compact) based on the CIELAB color scale. Data were statistically analyzed by ANOVA and post hoc Tukey tests (?=0.05). The results showed that all composites presented color change after the stain challenge. Filtek Z350 XT showed a higher color change than Durafill VS and Estelite ? Quick. Red wine resulted in greatest pigmentation while cola did not show a significant difference from the control group. After repolishing all composites presented significant reduction in coffee and wine staining. Composite staining susceptibility proved to vary among composite types and staining solutions. Repolishing is an effective method to reduce extrinsic stains and must be considered before the decision to replace esthetic restorations for color reasons.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectRestauração (Odontologia)-
Palavras-chave: dc.subjectGomas e resinas-
Título: dc.titleAvaliação da estabilidade de cor e do repolimento de resinas compostas após a imersão em diferentes soluções corantes-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.