Influência do estímulo por PAF no perfil de abundância proteica em neutrófilos : uma abordagem proteômica

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorFontes, Wagner-
Autor(es): dc.creatorNeves, Anne Caroline Dias-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:14:38Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:14:38Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-05-26-
Data de envio: dc.date.issued2016-05-26-
Data de envio: dc.date.issued2016-05-26-
Data de envio: dc.date.issued2015-08-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/20560-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2015.08.T.20560-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/626916-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2015.-
Descrição: dc.descriptionDurante o processo inflamatório são ativadas uma quantidade grande de células, entre elas se destacam os leucócitos polimorfonucleares neutrófilos por serem os mais abundantes do sangue periférico (40% a 70% das células brancas) e por chegarem primeiro ao local da injúria tecidual ou local da infecção. O conhecimento dos mecanismos de ativação desse tipo celular torna-se importante para se compreender a regulação imunológica em diversas situações patológicas, sendo algumas destas consequentes à falha na regulação de ativação de polimorfonucleares. Os casos mais comuns encontrados são nas complicações da doença granulomatosa crônica, doença pulmonar obstrutiva crônica, síndrome da angústia respiratória aguda, artrite reumatóide e síndrome da resposta inflamatória sistêmica. Pesquisas relataram que o Fator de Agregação Plaquetária (PAF) está relacionado à ativação dos neutrófilos nessas condições, onde o estudo das proteínas e das suas modificações pós traducionais tornam-se pontos centrais para entender a sinalização celular dos neutrófilos nas doenças citadas anteriormente. No presente trabalho foi feito o estudo proteômico de neutrófilos quiescentes com a identificação de mais de 3000 proteínas e de neutrófilos estimulados pelo PAF que revelou um perfil protéico que caracteriza essa estimulação, onde proteínas que fazem parte de processos essenciais tiveram a abundância aumentada como reorganização do citoesqueleto, sinalização intracelular mediada por RAS e Proteina G, subunidades da ATPases vacuolar, e alguns produtos característico do processo inflamatório como NFkβ e prostaglandina E. Por outro lado, como os neutrófilos estão em seu estado estimulado outras proteínas tiveram abundância diminuída, entre elas proteínas responsáveis pelo processo de diferenciação e amadurecimento dos neutrófilos e proteínas que fazem parte do sistema de controle de processos essenciais da célula como síntese de proteínas, metabolismo energético e motilidade celular. A identificação de proteínas acetiladas nos indicou as possíveis proteínas alvos para regulação de importantes vias de estimulação dos neutrófilos como tradução, formação estrutural do núcleo multilobulado dos neutrófilos, transporte de vitaminda B12, assim como em pontos de regulação na síntese de ATP e de subunidades de ATPases. A identificação dessas proteínas com abundância diferencial e acetiladas é de fundamental importância para indicar possíveis alvos terapêuticos de doenças auto-imunes e inflamatórias causadas pelo PAF.-
Descrição: dc.descriptionDuring the inflammatory process is activated a large number of cells, these include polymorphonuclear neutrophil leukocytes to be the most abundant in the peripheral blood (40% to 70% of white cells) and reaching the first site of tissue injury or local infection. Knowledge of this type of cellular activation mechanisms becomes important to understand the immune regulation in various pathological situations, some of these failed in the subsequent activation of polymorphonuclear regulation. The most common cases are found in the complications of chronic granulomatous disease, chronic obstructive pulmonary disease, acute respiratory distress syndrome, rheumatoid arthritis and systemic inflammatory response syndrome. Research reported that platelet aggregation factor (PAF) is related to the activation of neutrophils such conditions, where the study of proteins and their post-translational modifications become key points to understand cell signaling in neutrophils in the above-mentioned diseases. In the present work was done the proteomic study of quiescent neutrophils with the identification of over 3,000 proteins and neutrophils stimulated by PAF which revealed a protein profile that characterizes this stimulation, in which proteins that are part of key processes had increased abundance as reorganization cytoskeleton, intracellular signaling mediated by Ras and G-protein subunits of vacuolar ATPases, and some typical products of the inflammatory process as NFkβ and prostaglandin E. On the other hand, since neutrophils are stimulated in their state had decreased abundance other proteins, including proteins responsible for the process of differentiation and maturation of neutrophils and proteins that are part of the key process control system of the cell as protein synthesis, metabolism energy and cell motility. The identification of acetylated proteins indicated the possible targets proteins for regulation of important pathways stimulation of neutrophils such as translation, formation of the structural core of the multi-lobed neutrophil, vitaminda B12 transportation, as well as set points in the synthesis of ATP and of subunit ATPases. Identifying these proteins with differential abundance and acetylated is fundamental to indicate possible therapeutic targets for autoimmune and inflammatory diseases caused by PAF.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectFator de Agregação Plaquetária (PAF)-
Palavras-chave: dc.subjectNeutrófilos-
Palavras-chave: dc.subjectSangue - análise-
Palavras-chave: dc.subjectDoenças - diagnóstico-
Palavras-chave: dc.subjectIdentificação-
Título: dc.titleInfluência do estímulo por PAF no perfil de abundância proteica em neutrófilos : uma abordagem proteômica-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.