Componentes da estrutura organizacional e desempenho de núcleos setoriais empresariais : estudo no núcleo estadual de automecânicas de Santa Catarina

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCoelho Junior, Francisco Antonio-
Autor(es): dc.creatorBertussi, Natália Lorena-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:09:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:09:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2012-10-31-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/12820-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/625048-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo do presente trabalho consistiu em verificar, empiricamente, os efeitos dos componentes da estrutura organizacional e do desempenho individual sobre o desempenho organizacional no âmbito do Núcleo Estadual de Automecânicas (NEA) de Santa Catarina (SC). A metodologia utilizada compreendeu uma pesquisa de caráter exploratório-descritiva, com estudo de caso único, abordagem quantitativa, conduzida sob a forma de pesquisa de campo. Quanto ao método, foram aplicados, presencialmente e à distância, dois instrumentos/questionários, um relativo a desempenho individual no trabalho e outro referente a componentes da estrutura organizacional, aos empresários participantes do NEA (N=146; 41% da amostra). Em seguida, foram realizados procedimentos de análise estatística dos dados. Como resultados identificou-se que a variável pessoal “Tempo como Empresário” exerce influência sob o fator “Conhecimento da tarefa e Comprometimento” de Desempenho Individual e sobre a o fator “Papel Organizacional, Divisão de Tarefas e Resultados” de Componentes da Estrutura Organizacional, explicando 2,8% e 3,5%, respectivamente, dos fatores. Ainda, que o fator “Atribuição de rotinas, práticas e Processo Decisório”, dimensão da variável Componentes da Estrutura Organizacional, contribui significativamente para a explicação da variável de Desempenho Individual, explicando aproximadamente 4,3% da variabilidade da variável critério. Além disso, o fator Grau de Esforço e Monitoramento do Desempenho, da variável Desempenho Individual, contribuiu significantemente para a explicação da variável de Desempenho Organizacional, explicando 2,8% da variabilidade desta variável. Os resultados corroboraram, em parte, o modelo teórico hipotetizado de pesquisa. As limitações, contribuições e agenda de pesquisa são apresentadas com base nos achados empíricos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe objective of this thesis was to verify empirically the effects of perceptions of components of organizational structure on the organizational and individual performance of the Mechanical`s Focus Group from Santa Catarina (NEA). The used methodology consists of an exploratory and descriptive research, with a single case study, with quantitative approach, conducted as a field research. Two surveys – one of individual work performance and one of organizational structure‟s components - were applied, in presence and remotely, to the participant NEA businessmen (N=146; 41% of the sample). Statistical data analysis was then performed. This analysis allowed the conclusion that personal variable “Time as a Businessman” influences the individual performance factor “Knowledge of the Job and Commitment” and Organizational Structure‟s components factor “Organizational Role, Task Division and Results”, explaining respectively 2.8% and 3.5% of the factors. The Organizational Structure‟s Components factor “Routine Assignment, Practices and Decision Making” contributes significantly to explaining with around 4.3% the Individual Performance variable. The factor Degree of Effort and Performance Monitoring, from Individual Performance, contributes significantly to the explanation of the Organizational Performance variable, explaining approximately 2.8% of the variability of the dependent variable. The results confirm, in part, the theoretical research model hypothesized. The limitations, contributions and research agenda are presented based on empirical findings.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectDesempenho-
Palavras-chave: dc.subjectEficiência organizacional-
Palavras-chave: dc.subjectAdministração de empresas-
Título: dc.titleComponentes da estrutura organizacional e desempenho de núcleos setoriais empresariais : estudo no núcleo estadual de automecânicas de Santa Catarina-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.