Mulheres, propaganda e autorregulação publicitária no Brasil : características das denúncias e defesas de processos julgados pelo CONAR

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSilva, Sivaldo Pereira da-
Autor(es): dc.creatorAlves, Luana Ferreira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:07:48Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:07:48Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2019-03-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36100-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/624188-
Descrição: dc.descriptionDissertação (Mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2019.-
Descrição: dc.descriptionEsta pesquisa objetiva, em primeiro lugar, caracterizar os processos de denúncias julgados pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), acerca de possíveis violações contra mulheres em propaganda no Brasil. Em segundo lugar, objetiva visibilizar a relação entre decisões e argumentações profissionais da produção publicitária estereotipada. Foram analisados 146 processos do Conselho resultantes de uma amostra de 11 anos, coletada entre 2006 e 2016. Utilizou-se os seguintes instrumentos metodológicos: (a) Pesquisa documental; (b) Planilha estruturada de coleta de dados; (c) Análise de conteúdo. Realizou-se pré-análise, exploração do material, tratamento dos resultados e interpretação desses resultados. Os resultados evidenciam os meios mais citados nos processos, as argumentações mais repetidas, os padrões de análise, os processos de decisão e defesa. As categorias “bebidas alcoólicas”, “automobilístico” e “alimentício” são responsáveis pela maior parte das denúncias. Dentro do Conar detectou-se que há uma tendência de maior aceitabilidade das denúncias nas relatorias exercidas por mulheres em comparação aos processos relatados por homens, que são maioria nos processos. Ao considerar a produção de sentido de realidade, de símbolos culturais e valores sociais, estes estão inevitavelmente vinculados aos processos de comunicação e isso se torna cada vez mais forte em sociedades cada vez mais midiatizadas. Dada a sistemática da propaganda em “propagar” ideias e concepções, enquanto uma prática que tende a produzir narrativas que, em última instância, também afetam as relações de poder, temos a emergência de um sistema de comunicação de massa intensificando o papel e a importância da publicidade e propaganda como parte do tecido cultural contemporâneo, em que o Conar exerce o poder moderador de autorregulamentação.-
Descrição: dc.descriptionThis research aimed, firstly, to characterize the denunciation processes judged by the National Council for Self - Regulatory Publicity (Conar), on violence against women in advertising in Brazil. In the second place, a relation between decisions and professional arguments of the stereotyped advertising production is objectified. A total of 146 Board processes were analyzed, resulting from an 11-year sample collected between 2006 and 2016. Methodological tools were used as (a) Documentary research; (b) Structured data collection worksheet; (c) Content analysis. Subdivided into pre-analysis, material exploration, treatment of results and interpretation of these results. The results demonstrate more cited means in the processes, more repeated arguments, patterns of analysis, decision and defense. Alcoholic, Automotive and Food are responsible for most of the complaints. Within Conar, it was found that there is a trend towards greater acceptability of reports in women's reports compared to the processes reported by men, who are majority in the processes. In considering the production of a sense of reality, of cultural symbols and social values, these are inevitably linked to the processes of communication and this becomes increasingly strong in increasingly mediated societies. Given the systematic propaganda in "propagating" ideas and conceptions, while a practice that tends to produce narratives that ultimately also affects power relations, we have since the emergence of a mass communication system, the role and importance of advertising and advertising intensifying, forming part of the contemporary cultural fabric in which Conar exercises the moderating power of self-regulation.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectDireito à comunicação-
Palavras-chave: dc.subjectPublicidade e propaganda-
Palavras-chave: dc.subjectPublicidade - regulamentação-
Palavras-chave: dc.subjectEstereótipos de gênero-
Título: dc.titleMulheres, propaganda e autorregulação publicitária no Brasil : características das denúncias e defesas de processos julgados pelo CONAR-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.