Expressão do gene da esfingomielinase de Trichoderma em tabaco (Nicotiana tabacum L.)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAragão, Francisco José Lima-
Autor(es): dc.creatorBerbert, Pedro Souza-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:07:40Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:07:40Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2019-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2019-09-30-
Data de envio: dc.date.issued2015-02-19-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/35499-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2015.02.D.35499-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/624138-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2015.-
Descrição: dc.descriptionDoenças de plantas causadas por fungos patogênicos estão entre os principais fatores responsáveis por perdas agrícolas no país. Os estudos sobre controle biológico representam abordagem importante no controle de tais doenças. Entre os microrganismos mais utilizados está o fungo pertencente ao gênero Trichoderma e uma estratégia chave envolve a identificação e expressão dos genes de Trichoderma para permitir a sua utilização como ferramenta biotecnológica no controle de doenças de plantas. Foi demonstrado que o gene que codifica para a esfingomielinase é expresso contra o fungo Fusarium. O objetivo deste trabalho foi o de gerar plantas de Nicotiana tabacum para expressar o gene de uma esfingomielinase de Trichoderma e avaliar resistência a fitopatógenos. Plantas de tabaco foram transformadas via Agrobacterium tumefaciens com um vetor contendo o gene da esfingomielinase sob o controle do promotor constitutivo CaMV35S. Um total de vinte e sete plantas foram geradas. Sementes de 10 linhagens T1 foram plantadas em casa de vegetação e 5 indivíduos por linhagem foram selecionados através da aplicação do herbicida glifosinato a uma concentração de 200 mg / mL. As plantas que não apresentaram nenhuma lesão foram confirmadas para a presença do gene esfingomielinase através de PCR, e, em seguida, utilizadas nos bioensaio. Os Bioensaios para testar resistência ao fungo Sclerotinia scletotiorum mostrou que as linhagens transgênicas não diferiram significativamente do controle. No entanto, quando as plantas foram desafiadas com a bactéria Pseudomonas syringae pv. tabaci, observou-se uma notável diferença entre os transgênicos e o controle. Este estudo deve formar a base para o desenvolvimento de uma estratégia para controle de doenças bacterianas em plantas.-
Descrição: dc.descriptionPlant diseases caused by pathogenic fungus are among the major factors responsible for agricultural losses in the country. Studies on biological control represent important approach in controlling these diseases. Among the most commonly used microorganisms used is the fungus belonging to the Trichoderma genera and a key strategy entails the identification and expression of genes in Trichoderma to allow for their use as biotechnological tools in controlling plant diseases. It has been demonstrated that the gene coding for sphingomylinase is expressed against the pathogen Fusarium. The objective of this work was to generate Nicotiana tabacum plants express the gene for sphingomylinase from Trichoderma and test the plants for resistance against the pathogen. Tobacco plants were transformed (with the gene for sphingomylinase under the control of the constitutive promoter CaMV35S) via Agrobacterium tumefaciens. Twenty-seven plants were generated. Seeds from 10 T1 lines were planted in greenhouse and 5 individuals per line were selected and treated by applying the herbicide glyphosinate at a concentration of 200 mg/mL. Bioassay to test resistance against the fungus Sclerotinia scletotiorum was carried out and showed that transgenic lines did not significantly differ from the control. However, when the plants were challenged with the bacteria Pseudomonas syringae pv. tabaci, showed remarkable difference between transgenic and non-transgenic lines. This study shall form the basis for developing a strategy for controlling fungal diseases in plants using biological means.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectFitopatologia-
Palavras-chave: dc.subjectControle biológico-
Palavras-chave: dc.subjectTransformação genética-
Título: dc.titleExpressão do gene da esfingomielinase de Trichoderma em tabaco (Nicotiana tabacum L.)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.