Produção de alface fertilizada com extrato de húmus e cobertura viva de amendoim forrageiro em sistema de cultivo de base ecológica

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorJunqueira, Ana Maria Resende-
Autor(es): dc.creatorSilva, Geanny Pereira de Pinho-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:07:34Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:07:34Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-02-11-
Data de envio: dc.date.issued2016-02-11-
Data de envio: dc.date.issued2016-02-11-
Data de envio: dc.date.issued2015-07-13-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/19467-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2015.07.D.19466-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/624094-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2015.-
Descrição: dc.descriptionO trabalho foi conduzido na Área de Pesquisa e Produção Orgânica de Hortaliças (APPOH) da Embrapa Hortaliças/DF. O objetivo da pesquisa foi a avaliação agronômica e a avaliação de qualidade da alface produzida com extrato de húmus em cobertura viva de solo com amendoim forrageiro (Arachis pintoi) sob cultivo orgânico protegido. As doses de substância húmica utilizadas foram em concentrações de 24, 12, 6, 3% com duas aplicações semanais e utilizando como testemunhas a aplicação de bokashi aos 15 e 25 dias após o transplante -manejo tradicional recomendado para o cultivo orgânico da alface. O delineamento adotado em campo e em pós colheita foram iguais, de blocos casualisados com quatro repetições em esquema de parcela subdividida, apresentando fatorial 2 x 5. Não houve adubação de plantio e tampouco levantamento de canteiros, as mudas foram transplantadas aos 36 dias após a semeadura em espaçamento de 30 x 35 cm. A colheita foi realizada aos 53,48 e 45 dias após o transplante para os tipos americana, crespa e lisa, respectivamente. As características agronômicas avaliadas foram basicamente peso total, peso comercial, número de folhas, e matéria seca. Em pós colheita foi avaliado teor de sólidos solúveis , acidez titulável e cor. Os resultados foram submetidos à análise de variância , teste de Tukey com grau de significância de 5%.As características agronômicas avaliadas foram peso total, peso comercial, peso total/cabeça, peso comercial/cabeça, número de folhas e percentual de matéria seca. A alface americana apresentou valores superiores de peso total da cabeça quando produzida em solo descoberto, a alface lisa apresentou maiores resultados para as características de produção em solo com cobertura de amendoim forrageiro, quando comparada com a dose de concentração de 6% de substancia húmica. Nas demais análises não foram verificadas diferenças estatísticas relevantes. Em pós colheita foram avaliadas características referentes a cor, ácidos solúveis e acidez titulável. Para as características de cor e sabor não houve diferença entre coberturas de solo e adubação para as alfaces americanas e crespas, observando-se apenas uma tendência de coloração mais clara em alfaces americanas produzidas em solo descoberto. Para sólidos solúveis a alface lisa , demostrou maior produção de açúcares quando o plantio realizado em solo descoberto. Para as outras características não houve diferença estatísticas entre os tratamento em alface lisa. De modo geral é recomendado o uso de cobertura de solo para a produção de alface, em especial quando os tipos forem crespa e lisa.-
Descrição: dc.descriptionThe work was conducted in the area of Research and Organic Vegetable Production (APPOH) of Embrapa Vegetables / DF. The objective of the research was the agronomic evaluation and assessment of quality of lettuce produced with humus extract in solo live coverage with perennial peanut (Arachis pintoi) under protected organic farming. Doses of humic substances were used in concentrations of 24, 12, 6, 3% for two weekly applications and using as controls the application of Bokashi at 15 and 25 days after transplantation – usual recommended for the organic cultivation of lettuce. The statistical design in the field and post harvest were equal, randomized blocks with four replications in a split plot design, with factorial 2 x 5. There was no planting fertilization nor lifting flowerbeds, the seedlings were transplanted at 36 days after sowing in spacing of 30 x 35 cm. Plants were harvested at 53,48 and 45 days after transplanting to the American, curly and flat types, respectively. Evaluated the agronomic characteristics were basically total weight, commercial weight, number of leaves and dry matter. The american lettuce had higher total weight value of the head when produced on bare ground, smooth lettuce had higher results for the soil production characteristics with forage peanut coverage compared with the dose of 6% concentration of humic substance. In other analyzes relevant statistical differences were not observed. In post-harvest characteristics were evaluated the color, soluble acids and titratable acidity. For the color and flavor characteristics there was no difference between soil cover crops and fertilization for American and curly lettuce, observing only a lighter color trend in American lettuce grown in bare soil. For soluble solids plain lettuce, showed increased production of sugars when the planting done in bare soil. For other features there was no statistical difference between treatment in plain lettuce. Generally it is recommended to use ground cover for the production of lettuce, especially when the types are crisp and smooth.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectAlface-
Palavras-chave: dc.subjectAgricultura orgânica-
Palavras-chave: dc.subjectHumus-
Palavras-chave: dc.subjectAdubação orgânica-
Título: dc.titleProdução de alface fertilizada com extrato de húmus e cobertura viva de amendoim forrageiro em sistema de cultivo de base ecológica-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.