A mágica da exclusão : sujeitos invisíveis em salas especiais

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorTunes, Elizabeth-
Autor(es): dc.creatorKelly, Brenda Oliveira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:03:44Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:03:44Z-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-17-
Data de envio: dc.date.issued2012-12-14-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/12819-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622644-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2012.-
Descrição: dc.descriptionO presente trabalho emerge da vivência da pequisadora com dois alunos com diagnóstico de autismo alocados em uma sala do ensino especial, de uma escola pública, do ensino regular de Brasília. Como resultado de sete meses de vivência e intervenção no contexto da referida escola, com os referidos alunos, busca se realizar um exame crítico da realidade da educação especial naquele contexto, visando a identificar, em sua própria estrutura, os mecanismos que condicionam a exclusão das crianças que as frequentam. Por meio de narrativas do cotidiano das salas especiais, mais especificamente de episódios vividos com os dois principais participantes desta pesquisa, são realizados exames teóricos, que apontam para a mecanicidade dos processos de ensino, para o desrespeito às necessidades individuais dos alunos com deficiência (inclusive diante de seus desenvolvimentos orgânicos, naturais) e para a falta de diálogo nas relações que se estabelecem com eles. Embora cresça o entendimento moral de que não se deve excluir pessoas com deficiência dos processos coletivos, as salas especiais constituem um mecanismo que visa a agregar, sem, no entanto, permitir a convivência verdadeira, o que acaba levando os alunos por elas atendidos a um processo gradual de invisibilização, que pode chegar ao aniquilamento social. Por fim, apresenta se o resultado das intervenções pedagógicas em que a pesquisadora propôs a utilização do computador e em que os dois participantes da pesquisa, à despeito do que profetizava seus diagnósticos, demonstraram ser capazes de aprender. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe following work emerges from the experience of the researcher with two students diagnosed as autistic, allocated to a special education classroom, in a regular, public school in Brasilia. As the result of a seven month observation and intervention in the above mentioned school, with the above mentioned students, we seek to make a critical examination of the reality of special education in that context, endeavoring to identify, in that structure, the mechanisms that lead to the social exclusion of the students that are part of it. Using a narrative approach of the day to day life of the special education classrooms, more specifically relating to episodes in which the principal participants of this research are central actors, theoretical analyses are carried out, which indicate mechanical teaching processes, lacking respect for the individual needs of the students with disabilities (even regarding their natural bodily development) and to the absence of dialogue in relation to them. Even though there is a growing moral understanding that we should not exclude people with disabilities from collective processes, the special education classrooms are a mechanism which aims to include, but, without allowing true social interaction, leads to a gradual process of invisibilization, that can reach social annihilation. Lastly, we present the results of the researcher’s teaching interventions, in which she proposes the use of the computer, and in which both participants of the research, despite what their diagnoses predicted, proved to be capable of learning.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectEducação especial - Brasília (DF)-
Palavras-chave: dc.subjectIsolamento social-
Palavras-chave: dc.subjectAutismo-
Palavras-chave: dc.subjectTecnologia educacional-
Título: dc.titleA mágica da exclusão : sujeitos invisíveis em salas especiais-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.