Avaliação dos antecedentes do comportamento empreendedor social em estudantes universitários e suas implantações para o ensino de empreendedorismo social

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAbbad, Gardênia da Silva-
Autor(es): dc.creatorSilva, Junio Braga Borges-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:02:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:02:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-02-03-
Data de envio: dc.date.issued2021-02-03-
Data de envio: dc.date.issued2021-02-03-
Data de envio: dc.date.issued2020-02-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/40021-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622308-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2020.-
Descrição: dc.descriptionCom o intuito de possibilitar o acesso a produtos e a serviços para a parte mais vulnerável da população e com o desejo de contrabalançar as desigualdades no mundo, surge o empreendedorismo social. Esse vem atraindo a atenção de governos, de universidades, de empresas e dassociedades no mundo inteiro. Diante desse movimento, que vem ganhando relevância, esta dissertação teve por objetivo avaliar os antecedentes do comportamento empreendedor social em estudantes universitários e suas implicações para o ensino de empreendedorismo social. Para atingir esse objetivo, foi realizada uma revisão sistemática da literatura sobre o ensino de empreendedorismo social, de 2013 a 2018, no Portal de Periódicos Capes, utilizando protocolo proposto por Cronin, Ryan e Coughlan (2008) com os descritores “social entrepreneurship" e “students”. Essa busca resultou em 987 artigos que tiveram os títulos, os resumos e a introdução lidos, com vista à verificação da aderência aos temas desenvolvidos neste trabalho. Foram excluídos todos os artigos que tratavam do empreendedorismo social, em contextos não universitários, ou publicados em línguas diferentes da portuguesa, da inglesa e da espanhola. Foram selecionados, para análise, 36 artigos que tratavam de empreendedorismo social no contexto educacional de nível superior. Após o resultado da revisão da literatura, dois estudos com o uso de abordagem de métodos mistos foram selecionados. O primeiro estudo, desenvolvido para suprir a lacuna identificada por meio da revisão de literatura, compreendeu a adaptação transcultural da escala de Hockters (2017) para o contexto brasileiro. A escala foi traduzida para a língua portuguesa e adaptada para uso, tal como proposto por Borsa, Damásio e Bandeira (2018), em amostras de estudantes universitários, seguindo as seguintes seis etapas: (1) tradução do instrumento do idioma de origem para o idioma-alvo, (2) síntese das versões traduzidas, (3) avaliação da síntese por juízes experts, (4) avaliação do instrumento pelo público-alvo, (5) tradução reversa, (6) estudo-piloto - validação semântica. Após a finalização do estudo 1, foi realizado o segundo estudo, que buscou evidências de validade psicométrica da escala adaptada de Hockerts (2017). O instrumento foi em uma amostra de 303 estudantes do curso de administração, de uma universidade pública. As respostas dos participantes aos 19 itens da escala e aos itens de dados sociodemográficos e acadêmicos foram submetidos a estatísticas descritivas e inferenciais (Gil, 2018). A estrutura empírica da escala adaptada resultante de análise fatorial exploratória (rotação obliqua) da Escala de Determinantes da Intenção Empreendedora Social e composta por seis fatores (Empatia, Obrigação Moral, Suporte Social, Experiência Anterior, Autoeficácia e Intenção Empreendedora Social) correspondentes aos fatores obtidos por Hockerts (2017), resultando em evidencias satisfatórias de validade e de fidedignidade, apenas um item não ficou na posição da escala original. Esses resultados sugerem que o instrumento pôde avaliar, adequadamente, os construtos em língua portuguesa. Entre as contribuições desse estudo estão a apresentação dos principais referenciais teóricos adotados pelos pesquisadores e a produção de conhecimentos sobre um tema de grande relevância social ainda pouco estudado: a ampliação do conhecimento sobre determinantes de intenções realizar um empreendimento social em uma amostra de estudantes de administração de uma universidade brasileira. Assim, a aplicação do questionário em questão se mostra uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento de novos estudos que possam contribuir para a área de conhecimento do comportamento de estudantes sobre empreendedorismo social.-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).-
Descrição: dc.descriptionIn order to provide access to products and services for the most vulnerable part of the population and with the desire to counterbalance inequalities in the world, social entrepreneurship emerges. This has been attracting the attention of governments, of universities, of companies and of societies worldwide. Faced with this movement, which has been gaining relevance, this dissertation aimed to Evaluate the antecedents of social entrepreneurial behavior in university students and its implications for the teaching of social entrepreneurship. To achieve this objective, a systematic review of the literature on the teaching of social entrepreneurship was carried out, from 2013 to 2018, on the “Portal de Periódicos” in Capes, using the protocol proposed by Cronin, Ryan and Coughlan (2008) and the descriptors “social entrepreneurship" and “students”. This search resulted in 987 articles that had their titles, abstracts and introduction read, in order to verify adherence to the themes developed in this work. All articles dealing with social entrepreneurship, in non-university contexts, or published in others languages different than Portuguese, English or Spanish, were excluded. 36 articles dealing with social entrepreneurship, in the higher education context, were selected for analysis. After the result of the literature review, two studies using the mixed methods were selected. The first study, developed to fill the gap identified through the review the literature, understood the cross-cultural adaptation of the scale of Hockters (2017) for the Brazilian context. The scale was translated into Portuguese and adapted for use, as proposed by Borsa, Damásio and Bandeira (2018), in samples of university students, following the following six steps: (1) translation of the instrument from the source language to the target language, (2) synthesis of translated versions, (3) evaluation of synthesis by expert judges, (4) evaluation of the instrument by the target audience, (5) reverse translation, (6) pilot study - semantic validation. After the completion of study 1, the second study was carried out, which sought evidence of psychometric validity of the scale adapted from Hockerts (2017). The instrument was in a sample of 303 students of the course in administration, of a public university. The participants responded to the 19 items on the scale and to the socio-demographic and academic data items were subjected to descriptive and inferential statistics (Gil, 2018). The empirical structure of the adapted scale resulting from exploratory factor analysis (oblique rotation) of the Social Entrepreneurial Intent Determinants Scale and composed of six factors (Empathy, Moral Obligation, Social Support, Previous Experience, Self-efficacy and Social Entrepreneurial Intent) corresponding to the obtained factors by Hockerts (2017), shows satisfactory validity and reliability, only one item was not in the position of the original scale. These results suggest that the instrument was able to adequately assess constructs in Portuguese. Among the contributions of this study are the presentation of the main theoretical references adopted by the researchers and the production of knowledge on a topic of great social relevance that has not yet been studied: the expansion of knowledge about determinants of intentions to carry out a social enterprise in a sample of business students of a Brazilian university. Thus, the application of the questionnaire in question proves to be an effective tool for the development of new studies that can contribute to the area of knowledge of the behavior of students on social entrepreneurship.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectEmpreendedorismo social-
Palavras-chave: dc.subjectEstudantes universitários-
Título: dc.titleAvaliação dos antecedentes do comportamento empreendedor social em estudantes universitários e suas implantações para o ensino de empreendedorismo social-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.