Qualidade higiênico-sanitária de dietas enterais e fórmulas infantis produzidas em ambiente hospitalar, segundo o modelo de Donabedian

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAraújo, Wilma Maria Coelho-
Autor(es): dc.creatorSantos, Alessandra Cedro da Silva-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:02:27Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:02:27Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-22-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-22-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-22-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-17-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/16606-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622157-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2014.-
Descrição: dc.descriptionA contaminação microbiológica das dietas enterais e fórmulas infantis pode acarretar uma situação de risco de agravamento do quadro clínico dos pacientes, que já estão debilitados e susceptíveis a patógenos. O objetivo geral da pesquisa foi avaliar aspectos da gestão da qualidade higiênico-sanitária de dietas enterais e fórmulas infantis em ambiente hospitalar, com enfoque na estrutura, no processo e no resultado. Foi feito um estudo observacional, descritivo, prospectivo, com variáveis quantitativas e qualitativas. As amostras foram constituídas por produtos industrializados para Nutrição Enteral e Fórmula Infantil preparadas nos Serviços de Nutrição e Dietética da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal. A pesquisa foi realizada durante 12 meses e foram coletadas 227 amostras de dietas enterais e 176 de fórmulas infantis. As análises microbiológicas se basearam na Resolução RDC nº 63, de 06 de julho de 2000 e na Resolução RDC nº 12, de 02 de janeiro de 2001, ambas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Na avaliação das condições operacionais foi aplicada a Ferramenta 2: Preparação da Nutrição Enteral. Os dados obtidos foram analisados a partir do modelo unificado de Donabedian para avaliação dos serviços de saúde. Os resultados obtidos com a Ferramenta 2 demonstraram que o Bloco Armazenamento atende aos requisitos legais. Por outro lado, o Bloco Vestiário é um fator de risco para a contaminação. Nesta pesquisa, limitou-se o item Processo a aspectos objetivos dos itens de verificação dos Blocos Manipulador, Limpeza, Higienização, Temperatura, Transporte, Tempo de Preparo, Controle de Qualidade e Garantia da Qualidade. Das 403 amostras, 56% corresponderam a amostras de Nutrição Enteral e 44% a amostras de Fórmulas Infantis. Os dados obtidos indicam que das 227 amostras de Nutrição Enteral, 6,2% apresentavam-se em desacordo com a legislação, enquanto que das 176 amostras de Fórmulas Infantis, 4,6% também estavam em desacordo com a legislação. A não aplicação efetiva dos pré-requisitos higiênico-sanitários durante o preparo resulta em um produto microbiologicamente inseguro para pacientes em estado de saúde debilitado, e a contagem de micro-organismos mesófilos totais pode ser um bom indicador da segurança microbiológica. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionMicrobial contamination of enteral feeding and infant formulas can result in a risk of worsening of the clinical condition of the patients, who are already weakened and susceptible to pathogens. The overall objective of the research was to evaluate aspects of the management of quality hygienic - sanitary of enteral feeding and infant formulas in hospitals, focusing on the structure, process and outcome. An observational, descriptive, prospective, with quantitative and qualitative variables study was done. The samples consisted of industrialized products for Enteral Nutrition and Infant Formula prepared in Nutrition and Dietetic Services of Health Secretary / Federal District. The survey was conducted for 12 months and 227 samples of enteral feeding and 176 of infant formula were collected. Microbiological analyzes were based on the Board Resolution No. 63, 06 July 2000 and on the Board Resolution No. 12, 02 January 2001, both from National Agency of Sanitary Surveillance (ANVISA). In evaluating the operating conditions, the Tool 2 was applied to: Enteral Nutrition Preparation. Data were analyzed from the unified Donabedian model for evaluation of health services. The results obtained with the Tool 2 demonstrated that the Storage Block complies with legal requirements. Moreover, Dressing Block is a risk factor for the contamination. In this research, the item Process was limited to objective aspects of verification items of Handler, Cleanliness, Hygiene, Temperature, Transport, Preparation Time, Quality Control and Quality Assurance Blocks. From the 403 samples, 56% corresponded to samples of Enteral Nutrition and 44% to samples of Infant Formulas. The data indicate that from 227 samples of Enteral Nutrition, 6.2% were in disagreement with the legislation, while from 176 samples of Infant Formulas, 4.6% were also in disagreement with the legislation. The ineffective implementation of the sanitary and hygienic requirements during the preparation results in a microbiologically unsafe product to patients in debilitated health state, and the count of mesophilic microorganisms can be a good indicator of microbiological safety.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectContaminação microbiana-
Palavras-chave: dc.subjectPediatria-
Palavras-chave: dc.subjectVigilância sanitária-
Título: dc.titleQualidade higiênico-sanitária de dietas enterais e fórmulas infantis produzidas em ambiente hospitalar, segundo o modelo de Donabedian-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.