Colonialismo e gênero entre os Ovimbundu : relações de poder no Bailundo (1880-1930)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorPantoja, Selma Alves-
Autor(es): dc.creatorCosta, Renata Jesus da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:02:26Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:02:26Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-09-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-09-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-09-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/17291-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622150-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, 2014.-
Descrição: dc.descriptionEsta tese analisa as relações de poder na região do Bailundo (Angola), com destaque para as autoridades locais (concentradas, nesta pesquisa, na figura do soma e de suas esposas). O contexto histórico em que este trabalho se insere engloba o período da chamada “corrida para África”, entre 1880 e 1930, que se configurou como um momento de grandes mudanças no cotidiano dos povos africanos em geral. Considerando estas circunstâncias, avalio nos registros dos missionários, nos documentos oficiais e em relatos de viajantes, de que maneira se delinearam as relações de poder entre a forma de governo local e os agentes agregadores de poder que se instalaram na região do Bailundo a partir da colonização do Planalto de Benguela, entre o final do século XIX e início do século XX. A contribuição desta tese é a inclusão das esposas do soma do Bailundo na discussão. Tal só foi possível por meio da análise do que se manteve ou foi modificado na estrutura de poder local, em razão da presença do colonialismo e do cristianismo, bem como dos mecanismos e táticas, utilizados pelos chefes locais, administradores portugueses e missionários para conservar ou retirar poderes. Com isso, tento desvelar a importância das funções exercidas pelas esposas do soma, que possuíam títulos na ombala, na legitimação e conservação da autoridade dos chefes locais frente a esta situação de profundas transformações. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe present doctoral thesis analyzes the relations of power in the region of Bailundo (Angola) with a focus on the local authorities (centered, in this research, on the figure of the soma and his wives). The historical context of this work embraces the period of the so called “run on Africa” between 1880 and 1930, which, in general, constitutes a moment of great changes in the daily lives of the African people. Considering these circumstances, I evaluate records of missionaries, official documents and chronicles of travelers to portray the relationships of power between the form of the local government and those agents bearing power in the region of Bailundo in the beginning of the colonialization of the Benguela Plateau, that occured between the end of the 19th century and the beginning of the 20th century. The contribution of this thesis is to include the wives of the soma of Bailundo in the discussion. This was only possible through the analysis of what was maintained and modified in the structure of local power due to the presence of the colonialism and christianism, as well as because of the mechanisms and tactics used by the local chiefs, portuguese administrators and missionaries in order to conserve or withdraw powers. In doing so, I try to detect the importance of the functions exercised by the wives of the soma, who possessed tasks in the ombala, in the legitimation and conservation of the local chief‟s authority in the face of this situation of profound transformations.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectPoder (Ciências sociais)-
Palavras-chave: dc.subjectAngola - história-
Palavras-chave: dc.subjectÁfrica - história-
Título: dc.titleColonialismo e gênero entre os Ovimbundu : relações de poder no Bailundo (1880-1930)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.