Teoria de redes complexas como abordagem para análise da cobertura de serviços de saúde

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBarreto, Jorge Otávio Maia-
Autor(es): dc.contributorSampaio, Ricardo-
Autor(es): dc.contributordeivsonrayner@gmail.com-
Autor(es): dc.creatorCosta, Deivson Rayner Teixeira da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:01:40Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:01:40Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-06-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-06-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-05-
Data de envio: dc.date.issued2021-01-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/41341-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/621854-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2021.-
Descrição: dc.descriptionA pesquisa apresentada ao longo das próximas páginas emprega técnicas de modelagem e análise baseada na Teoria de Redes Complexas como ferramenta para compreender as relações espaciais de acessibilidade e disponibilidade de recursos e serviços de saúde dentro do Sistema Único de Saúde. Através de uma ótica com enfoque nos relacionamentos entre setores censitários e estabelecimentos de saúde, este trabalhou buscou alcançar uma visão que desse ênfase aos diferentes níveis de cobertura e acessibilidade dentro de porções populacionais agregadas micro espacialmente. Objetivos: Desenvolver uma abordagem metodológica baseada na Teoria de Redes para análise da acessibilidade e disponibilidade de serviços e recursos de saúde conforme disponível no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde com vínculo com os agregados socioeconômicos populacionais presentes no CENSO de 2010 e representados por setores censitários. Métodos: Modelagem da rede através de informações geoespaciais estabelecendo um relacionamento de demanda potencial entre os setores censitários e os estabelecimentos de saúdes mais próximos. Análise da estrutura da rede de relacionamentos através de técnicas e métricas de centralidade da Teoria de Redes Complexas dando ênfase a posição estrutural dos estabelecimentos de saúde dentro da cobertura dos serviços e recursos estudados. Resultados: Esta pesquisa apresenta como resultado o desenvolvimento de um arcabouço teórico-metodológico que emprega um processo de aquisição, modelagem e análise de dados espaciais no formato de uma rede de relacionamentos entre população, estabelecimentos, serviços e recursos de saúde. O emprego deste método de análise evidenciou as variações na cobertura da acessibilidade geográfica e da disponibilidade de serviços e recursos de saúde dentro do espaço territorial utilizado como base para desenvolvimento e aplicação destas técnicas.-
Descrição: dc.descriptionThe research presented over the next pages employs modeling and analysis techniques based on Complex Network Theory as a tool to understand the spatial relationships of accessibility and availability of health resources and services within the Brazilian Unified Health System (SUS). Through an approach focused on the relationships between census tracts and health facilities, this work sought to achieve a vision that emphasizes the different levels of coverage and accessibility within population areas aggregated micro spatially. Objectives: To develop a methodological approach based on Network Theory to analyze the accessibility and availability of health services and resources as available in the National Registry of Health Establishments (CNES) with links with the population socioeconomic aggregates present in the 2010 CENSUS and represented by census tracts. Methods: Modeling the network through geospatial information establishing a potential demand relationship between census tracts and the nearest health facilities. Analysis of the structure of the network of relationships through techniques and metrics of centrality from complex network theory, emphasizing the structural position of health facilities within the coverage of the services and resources studied. Results: This research presents as a result the development of a theoretical- methodological framework that employs a process of acquisition, modeling and analysis of spatial data in the form of a network of relationships between population, health facilities, services and health resources. The use of this method of analysis highlighted the variations in the coverage of geographic accessibility and the availability of health services and resources within the territorial space used as a basis for the development and application of these techniques.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectAcesso aos serviços de saúde-
Palavras-chave: dc.subjectAssistência à saúde-
Palavras-chave: dc.subjectSaúde pública-
Palavras-chave: dc.subjectCiência de dados-
Palavras-chave: dc.subjectRedes complexas-
Título: dc.titleTeoria de redes complexas como abordagem para análise da cobertura de serviços de saúde-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.