Efeitos de um programa de ginástica laboral sobre as principais sintomatologias das lesões por esforço repetitivo / distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (LER/DORT) : dor e fadiga

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAlonso López, Ramón Fabian-
Autor(es): dc.creatorPereira, Cynara Cristina Domingues Alves-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:00:58Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:00:58Z-
Data de envio: dc.date.issued2010-05-21-
Data de envio: dc.date.issued2010-05-21-
Data de envio: dc.date.issued2009-
Data de envio: dc.date.issued2009-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/4787-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/621583-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.-
Descrição: dc.descriptionAs LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) tomaram proporções de grande medida e tornaram-se um problema de interesse e responsabilidade de todos, sejam profissionais da área de saúde, trabalhadores, empresários ou governo. Os programas de ginástica laboral têm sido utilizados como instrumento pelos departamentos de medicina ocupacional, segurança do trabalho e recursos humanos dentro das empresas como medida de amenização das principais sintomatologias deste distúrbio. Esta pesquisa propôs-se a avaliar os efeitos de um programa de ginástica laboral sobre as principais sintomatologias das LER/DORT, a dor e a fadiga. A população alvo deste estudo foi composta por trabalhadores da indústria de confecção, com produção de artigo de roupa esporte, pertencentes a uma empresa de capital privado, localizada na cidade de Patos de Minas, no estado de Minas Gerais. A amostra total foi de 61 sujeitos sendo 44 pertencentes ao grupo experimental 28,7±8,8 anos (18-61 anos) e 17 pertencentes ao grupo controle 27,8 ±7,4 anos (20-43 anos), escolhidos aleatoriamente e que preenchiam os critérios de inclusão. Os instrumentos utilizados foram o Teste Trigger Points e o Questionário Bipolar de Fadiga. Os planos de aula tiveram duração de 15 minutos, compostos por exercícios de alongamento (40%), resistência muscular localizada (40%), relaxamento, técnicas de massagem e automassagem (10%) e dinâmicas de grupo (10%). Foram realizadas 120 aulas, cinco vezes por semana sendo aplicados duas vezes por turno, durante três meses. Foram verificados a percepção de dor e a intensidade segundo a região corporal de acometimento, bem como a percepção de fadiga, nas fases pré e pós- intervenção dos grupos experimental e controle. Os resultados encontrados pós-intervenção demonstraram que no grupo experimental houve redução de dor na maioria das regiões corporais de forma contrária aos dados encontrados no grupo controle. Para a intensidade da dor ambos os grupos reduziram sua intensidade. Para a fadiga somente o grupo experimental apresentou redução em seus níveis. Portanto conclui-se que o programa de ginástica laboral exerceu influência positiva na redução das principais sintomatologias dos DORT, a dor e fadiga. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe RSI / WRMD (Repetitive Strain Injuries/Work Related Musculoskeletal Disorders) have reached large proportions and become an issue of interest and responsibility of all, whether professionals in the health field, workers, businessmen or government employees. The programs of Labor Gymnastic out have been used by the departments of occupational medicine, labor safety and human resources inside the companies as a means of lessening the main symptoms of these disorders. This research proposed to evaluate the effects of a program of Labor Gymnastic out on the pain and the fatigue, main symptoms of RSI / WRMD. The target population of this study was composed of workers of a sports clothing manufacturer belonging to a private equity company in Patos de Minas, Minas Gerais. Sixty-one people chosen randomly among those who fulfilled the inclusion criteria formed the total sample, forty-four of them belonged to experimental group 28,7 years old + 8,8 (18-61 years old) and seventeen belonged to the control group 27,8 years old + 7,4 (20-43 years old). The methods used were the Test of Trigger Point and the Bipolar Questionnaire of Fatigue. The class lasted 15 minutes, consisting of exercises for stretching (40%), localized muscle strength (40%), relaxation, massage techniques and self massage (10%) and group dynamics (10%). The classes were taught twice a day, five times a week, during three months. The perception and intensity of pain were verified according to the region of the body affected as well as the perception of fatigue during the pre and post-investigation of both the experimental and control groups. The post-investigation results of the experimental group showed a pain reduction in most of the body regions, as opposed to the data found in the control group. Concerning the intensity of pain, both groups had it reduced. Only the experimental group had a reduction of the fatigue level. Therefore, it is concluded that the Program of Labor Gymnastic out program had a positive influence on the main symptoms of the WRMD, the pain and the fatigue.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios terapêuticos - lesões por esforços repetitivos - dor-
Palavras-chave: dc.subjectPlanejamento - exercícios físicos-
Título: dc.titleEfeitos de um programa de ginástica laboral sobre as principais sintomatologias das lesões por esforço repetitivo / distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (LER/DORT) : dor e fadiga-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.