Do saber ao sabor : estudo da relação entre saberes tácitos e explícitos expressos nas competências laborais de cozinheiros em situação de trabalho

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCarvalho, Olgamir Francisco de-
Autor(es): dc.creatorSilva, Caetana Juracy Rezende-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:00:53Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:00:53Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-25-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-25-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-25-
Data de envio: dc.date.issued2016-04-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/20978-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2016.04.T.20978-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/621552-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.-
Descrição: dc.descriptionA formação profissional de um trabalhador é impactada por aprendizagens, mais ou menos invisíveis, decorrentes do viver cotidiano nas diferentes esferas sociais. Duas dessas esferas, a escolar e a da produção, são particularmente importantes na estruturação de saberes e na constituição de valores pertinentes ao mundo do trabalho. São espaços formativos com finalidades distintas e características próprias. Representam o campo onde se materializa a relação entre educação e trabalho, traduzindo uma complexa dinâmica entre distintas racionalidades e refletindo as contradições inerentes às sociedades capitalistas. É com base nesse campo que este estudo se volta à investigação da articulação da dimensão conceitual da pedagogia com a práxis do trabalho, visando ao entendimento dos processos formativos na educação profissional e tecnológica – EPT. O exame da atividade de trabalho se apresenta, nesse horizonte, como um canal para a compreensão dos modos como os trabalhadores estruturam e gerem conhecimentos e deles se apropriam em seu dia-a-dia de trabalho, considerados os constrangimentos a que se encontram submetidos, os valores que trazem consigo, suas crenças e aprendizagens anteriores. Acredita-se que a análise dessas dinâmicas possa levar a uma melhor compreensão das necessidades e possibilidades pedagógicas da EPT com implicações para a constituição de propostas educacionais voltadas à formação para o trabalho nos diferentes níveis e modalidades de ensino. Com base nessa formulação, defende-se a tese de que a atividade de trabalho se constitui como uma referência essencial para a consecução de projetos pedagógicos e currículos da EPT mais significativos e consistentes, capazes de dialogar com a dimensão viva do conhecimento expressa no trabalho real. Tratando-se de uma tese ampla, cuja verificação pode se dar em inúmeras frentes, a opção assumida foi a de delimitar a análise da atividade de trabalho com foco nas formas como os trabalhadores lidam com os diversos saberes na gestão da distância entre o trabalho prescrito e o real. E em uma delimitação ainda mais precisa e contextualizada, inquirir sobre as relações entre saberes tácitos e explícitos expressos nas competências laborais de cozinheiros em situação de trabalho. Para tanto, buscou-se inicialmente identificar os saberes explícitos no trabalho prescrito e os tácitos investidos pela experiência e apontar aspectos da dinâmica entre estes. Em seguida, explicitar aspectos da atividade de trabalho em seu potencial formativo e possíveis implicações pedagógicas para a EPT. Os indícios captados permitiram alguns achados relevantes em favor da tese levantada, tais como a percepção da importância dos processos de internalização/reiteração na constituição do patrimônio experiencial e dos processos de explicitação/reflexão para a aquisição do domínio relativo dos protocolos em uma situação de trabalho e para o alcance de níveis mais elevados de consciência sobre o ser profissional. O estudo trouxe ainda a compreensão de algumas possibilidades e limites da escola e do trabalho como espaços formativos. Embora tenha se confinado aos horizontes da EPT, os resultados alcançados permitem pensar que a referência à atividade de trabalho seja também útil para a educação básica e superior assim como para outras modalidades educacionais.-
Descrição: dc.descriptionWorkers professional formation is impacted by daily apprenticeships, more or less invisible, acquired in different social spheres. Two of these spheres, the school and the production, are particularly significant for structuring knowledge and for the constitution of work values. They are formative loci with distinct purposes and singular characteristics. They represent the field where the relationship between education and work is materialized, translating a complex dynamic between different rationalities and reflecting the capitalist societies contradictions. Based on this field, this study is dedicated to investigate the articulation between the conceptual dimension of pedagogy and the work praxis, aiming at understanding the formation processes in vocational and technological education. The examination of the work activity, within this context, as a conduit for understanding the ways in which workers structure and manage knowledge, appropriate their knowledge in their daily work, considering the constraints to which they are submitted, the values they bring with them, their beliefs and prior learning. It is believed that the analysis of these dynamics can lead to a better understanding of vocational and technological education needs and possibilities with consequences for the development of pedagogical proposals in the different educational levels and modalities. Based on this formulation, this study defends the thesis that work activity is an essential reference for the achievement of more significant and consistent educational projects and curricula, capable of dialoguing with the living knowledge dimension that is present in real work. The verification of this thesis can take place in several fronts. The assumed option was to delimit the analysis of work activity focusing on the way workers manage knowledge considering the hiatus between the prescribed work and the real work. More precisely, questioning the relationship between tacit and explicit knowledge expressed in labor skills of cooks in work situation. Firstly, both trying to identify the explicit knowledge in the prescribed work and the tacit knowledge invested by experience. Then, pointing out aspects of the dynamics between them through the analysis of labor skills evidenced by the cooks in work situations. Furthermore, considering these dynamics, explain aspects of work activity in its formative potential and possible pedagogical implications for vocational and technological education. The evidences obtained allowed some relevant findings in favor of the thesis in question. The study also brought the understanding of some possibilities and limits of school and work as formative loci. Although the research focuses on vocational and technological education questions, its results can also be profitable to basic and superior levels and other educational modalities.-
Descrição: dc.descriptionLa formación educativa de los trabajadores se ve afectada por aprendizajes en cierto modo invisibles, resultantes de la vida diaria en las diferentes esferas sociales. Dos de estas esferas, la escuela y la producción, son particularmente importantes en la estructura del conocimiento y el establecimiento de los valores relevantes para el mundo del trabajo. Son espacios de formación con finalidades diferentes y características propias. Esos ambientes representan el campo en el cual se materializa la relación entre la educación y el trabajo, que refleja una dinámica compleja entre diferentes racionalidades y que revela las contradicciones inherentes a las sociedades capitalistas, en que se basa este estudio para investigar la articulación de la dimensión conceptual de la pedagogía con la praxis de trabajo, dirigida a la comprensión de los procesos de formación de la educación profesional y tecnológica – EPT. El análisis de la actividad laboral se revela, bajo esta concepción, como un canal para la comprensión de las formas de estructuración, generación y apropiación de los conocimientos por parte de los trabajadores, teniendo en cuenta los constreñimientos a que están sometidos, los valores que traen consigo, sus creencias y su formación previa. Se cree que el análisis de esta dinámica puede llevar a una mejor comprensión de las necesidades y posibilidades de la EPT con implicaciones para el establecimiento de propuestas educativas dirigidas a la formación para el trabajo en los diferentes niveles y tipos de enseñanza. Sobre la base de esta fórmula, se defiende la tesis de que la actividad laboral está constituida por una referencia esencial para la realización de proyectos educativos y programas de estudio en la EPT más significativos y consistentes, que sean capaces de dialogar con la dimensión viva de conocimiento expresada en el trabajo real. Es una tesis extensa, cuya verificación puede realizarse en varios ámbitos, por eso, se ha elegido delimitar el análisis de la actividad laboral en tono del tratamiento dado, por los trabajadores, a los conocimientos adquiridos en la administración de las diferencias entre el trabajo prescrito y el trabajo real. Una delimitación más precisa y contextualizada requiere investigar las relaciones entre los conocimientos tácitos y explícitos expresados por las competencias laborales de cocineros en condición de trabajo. Por lo tanto hemos tratado de identificar inicialmente el conocimiento explícito en el trabajo prescrito y el conocimiento tácito aplicado en la práctica para señalar los aspectos de la dinámica entre ellos. A continuación explicaremos los aspectos de la actividad laboral y sus implicaciones potenciales en la enseñanza de la EPT. Las evidencias obtenidas orientan a la comprobación de la tesis planteada, tales como la percepción de la importancia de los procesos de internalización/reiteración para la obtención de dominio relativo de la convención en condiciones de trabajo y para lograr niveles más altos de conciencia acerca del conocimiento profesional. Este estudio también trajo la comprensión de posibilidades y límites de la escuela y del lugar de trabajo como espacios formativos. A pesar de que se limitan a los horizontes de la EPT, los resultados obtenidos permiten cogitar sobre la utilidad de la referencia a la actividad laboral en la educación básica y superior, así como para en otras modalidades educativas.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectPráxis (Filosofia)-
Palavras-chave: dc.subjectEducação profissional e tecnológica-
Palavras-chave: dc.subjectConhecimento tácito-
Título: dc.titleDo saber ao sabor : estudo da relação entre saberes tácitos e explícitos expressos nas competências laborais de cozinheiros em situação de trabalho-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.