Resíduos de agrotóxicos ditiocarbamatos e organofosforados em alimentos consumidos no restaurante universitário-UnB : avaliação da exposição humana

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCaldas, Eloísa Dutra-
Autor(es): dc.creatorSouza, Marilena Vasconcelos de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:59:33Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:59:33Z-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-14-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-14-
Data de envio: dc.date.issued2010-07-14-
Data de envio: dc.date.issued2006-09-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5244-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/621039-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006.-
Descrição: dc.descriptionA presença de resíduos de pesticidas em alimentos pode ocasionar um potencial risco a saúde humana e desenvolver doenças crônicas e agudas. Os ditiocarbamatos e os organofosforados são os pesticidas mais comumente encontrados em alimentos no Brasil. O presente estudo, analisou amostras de alimentos prontos servidos no RU-UnB. Foram coletadas 150 amostras de alimentos da dieta vegetariana e não vegetariana. Nas análises de ditiocarbamatos em CS2, usou-se o sistema de reação vertical e espectrofotômetro com 450nm (LOQ= 0,005 mg/kg CS2). Dez pesticidas organofosforados foram pesquisados em cromatografia gasosa, com detector FPD e extração com acetato de etila e sulfato de sódio anidro (LOQ=0,002 mg/kg). Os níveis de resíduos de ditiocarbamatos, como CS2, encontrados nas amostras variaram entre <0,05 e 0,24 mg/kg, com maiores resultados no arroz (0,24mg/kg), legumes refogados (0,15 mg/kg) e saladas de frutas (0,14mg/kg). E organofosforados na faixa de 0,003-0,170 mg/kg, presente em destaque nas sopas (0,22 mg/kg), proteína de soja (0,18 mg/kg) e legumes refogados (0,50 mg/kg). Os cálculos da avaliação de risco crônica de ditiocarbamato e aguda cumulativa de organofosforados nas dietas vegetarianas (13,8% e 29,8%) e não vegetarianas (15,4% e 17%) dos alimentos consumidos no RU-Unb mostram que não há risco a saúde humana. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe presence of chemicals in foods has benn described as a potential risk for human health, including the development of chornic diseases. Dithiocarbamates and organophosphorus pesticides are the most common pesticides found on food in Brasil. In the present work, those compounds were analyzed in prepared food samples collected at RUUnB. Were collected 150 prepared food samples for a vegetarian and a non-vegetarian diet. Dithiocarbamates, as CS2, were analyzed using the vertical reaction system and spectrophotometric detection at 450nm (LOQ=0,005mg/kg). Ten organophosphorus pesticides were analyzed by GC/FPD after extraction wiyh ethyl acetate/anhydrous sulphate (LOQ= 0,002 mg/kg).Residue of dithiocarbamates found in the samples ranged from <0,05-0,24 mg/kg, with high results inice (0,24 mg/kg), boil vegetables (0,15mg/kg) and vegetable salads (0,14 mg/kg). The organophosphorus ranged from 0,003-0,170 mg/kg, found in soap (0,22 mg/kg), proteina de soja (0,18mg/kg) e boil vegetables (0,50 mg/kg).The results of the dithiocarbamates cronic risk.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectPesticidas - efeitos fisiológicos-
Palavras-chave: dc.subjectSaúde pública-
Palavras-chave: dc.subjectAlimentos - contaminação-
Título: dc.titleResíduos de agrotóxicos ditiocarbamatos e organofosforados em alimentos consumidos no restaurante universitário-UnB : avaliação da exposição humana-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.