Tamanho do corpo em aranhas Lycosidae e Ctenidae (Arachnida: Aranae) : o papel do dimorfismo sexual e das variações sazonais

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMotta, Paulo César-
Autor(es): dc.creatorGóes, Rafael Rico Torres de Araújo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:55:50Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:55:50Z-
Data de envio: dc.date.issued2010-10-07-
Data de envio: dc.date.issued2010-10-07-
Data de envio: dc.date.issued2010-10-07-
Data de envio: dc.date.issued2006-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5585-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/619543-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, 2006.-
Descrição: dc.descriptionEste estudo foi realizado com o objetivo de determinar os graus de dimorfismo sexual em aranhas Lycosidae e Ctenidae (Arachnida: Araneae). Foram examinados 339 indivíduos depositados na coleção do Laboratório de Aracnídeos da Universidade de Brasília (LA-UnB), sendo que os mesmos pertencem a três regiões distintas: a grande maioria foi coletada no Cerrado, próximo à região do Distrito Federal, DF; Cinco espécies foram coletadas em municípios do estado de Rondônia (RO) e 13 indivíduos pertencentes à espécie Phoneutria nigriventer foram coletadas no município de São Paulo (SP). As medidas utilizadas foram o comprimento ventral das quatro pernas esquerdas, do pedipalpo esquerdo e o comprimento dorsal da carapaça. Desta forma, foram estabelecidas as medidas que melhor explicaram a variabilidade de tamanho nas famílias, gêneros e espécies estudadas. Também foram identificadas as variáveis que melhor explicam a variabilidade de tamanho entre os sexos, de forma a contribuir para o estudo do dimorfismo sexual de tamanho em aranhas, principalmente no Cerrado. Assim, foram feitas análises separadas para cada região, de forma que apenas no Cerrado pôde-se verificar as relações sazonais para as famílias, gêneros e espécies em questão, pois somente esta região dispunha de espécimes coletados em todos os meses do ano. Verificou-se que os indivíduos maiores (tanto machos quanto fêmeas) foram coletados durante a estação seca. Estes dados podem indicar que o tamanho corporal dos indivíduos estudados em Cerrado está relacionado com o ciclo reprodutivo dos mesmos (Enders, 1976; Folly-Ramos et al., 2002; Hendrickx & Maelfait, 2003) e com a disponibilidade de recursos (Slatkin, 1984; Wise, 1993; Gasnier, 1996; Diniz, 1997). Os indivíduos coletados em Roraima (RO) não foram significativamente importantes para a análise geral e para o alcance dos objetivos deste estudo, pois possuem poucas espécies com quantidade suficiente de machos e fêmeas. Porém, pôde-se observar diferenças significativas em todas as variáveis medidas entre as cinco espécies estudadas. As medidas dos 13 indivíduos de P. nigriventer coletados em São Paulo (SP) foram comparadas com os indivíduos desta mesma espécie coletados no Cerrado. As diferenças de tamanho não foram significativas, porém, as aranhas de São Paulo são, em média, maiores que as de Cerrado, provavelmente devido a utilização de diferentes habitats e microhabitats e pela disponibilidade de recursos nas duas regiões. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThis study was carried out in order to determine the degrees of sexual dimorphism in spiders Lycosidae and Ctenidae (Arachnida: Araneae). The individuals deposited in the collection of the Laboratory of Arachnids of the University of Brasilia were examined (LA-UnB) totalizing 339 individuals, belonging to three distinct regions: the great majority was collected in the Cerrado, near to the Distrito Federal region, DF; five species were collected in cities of the state of Rondônia (RO) and 13 individuals to pertaining the Phoneutria nigriventer species were collected in the city of São Paulo (SP). The ventral length of the four left legs, of left palps and the dorsal length of carapace were the measures used. Therefore, the measures that better explained the size variability in the families, genus and species studied, were established. The variables that better explain the size variability between the genus were also identified in order to contribute for the study of sexual size dimorphism in spiders, mainly in the Cerrado. Separate analyses for each region were performed, but only the Cerrado showed the seasonal relationships for the families, genus and species studied, since this region were the only where specimens were collected every month of the year. The biggest individuals (males and females) were collected during the dry season. These data could indicate that the body size of the Cerrados specimens is correlated with their reproductive cycle (Enders, 1976; Folly-Ramos et al., 2002; Hendrickx & Maelfait, 2003) and resource availability (Slatkin, 1984; Wise, 1993; Gasnier, 1996; Diniz, 1997). The small number of male and female individuals collected in Roraima (RO) was not significantly important for the general analysis of this study. However, significant differences in all the variables measured among the five studied species were observed. The measures of the 13 individuals of P. nigriventer collected in São Paulo (SP) were compared to the individuals, of this same species, collected in the Cerrado. The size differences were not statistically significant, however, the spiders of São Paulo are, in average, bigger than the Cerrados, probably due to the use of different habitats and microhabitats and to the resource availability in the two regions.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectAranha-
Palavras-chave: dc.subjectReprodução animal-
Título: dc.titleTamanho do corpo em aranhas Lycosidae e Ctenidae (Arachnida: Aranae) : o papel do dimorfismo sexual e das variações sazonais-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.