Centralidade educacional : um estudo sobre a região administrativa de Taguatinga - Distrito Federal

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorPenna, Nelba Azevedo-
Autor(es): dc.creatorReis, Luiz Gustavo Leonel dos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:54:54Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:54:54Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-28-
Data de envio: dc.date.issued2019-08-16-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37908-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/619175-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2019.-
Descrição: dc.descriptionAs metrópoles articulam os fluxos que percorrem o território de um país. Elas centralizam os meios de inovação tecnológica, a produção industrial e, a grosso modo, a maior fatia da riqueza nacional. Em contrapartida, são elas que também apresentam os maiores índices de pobreza e desigualdade social. A partir da segunda metade do século XX, as metrópoles, em maior ou menor ritmo, começaram a se transformar morfológica e estruturalmente. Devido à intensificação do êxodo rural e às novas formas de produção do espaço urbano, elas se apresentam cada vez mais dispersas e fragmentadas. Essas transformações repercutiram sobre a centralidade urbana, que, então, se rompe e multiplica. Estabeleceram-se, assim, as novas áreas de centralidade, que também são conhecidas como subcentros ou núcleos secundários. A metrópole brasiliense é dispersa, desigual e multicêntrica. Nela, à medida em que as periferias se alargam contínua ou descontinuamente, a centralidade também está se fragmentando, como, por exemplo, no que se refere à RA III – Taguatinga. Neste trabalho, defende-se a ideia de que Taguatinga, hoje, está se tornando uma centralidade educacional e, enquanto isso acontece, o movimento da vida cotidiana na metrópole brasiliense, gradativamente, se transforma. O presente estudo tem como objetivo compreender a centralidade educacional exercida pela Região Administrativa de Taguatinga em relação ao espaço metropolitano de Brasília. Em sua abordagem, foram analisados os dados do Censo Escolar e do Censo da Educação Superior entre 2016 e 2018, além dos projetos políticos pedagógicos das escolas atualizados em 2019 e, em caráter complementar, informações diversas que elas disponibilizam através dos sítios eletrônicos. Esses instrumentos, juntos, permitiram analisar o desenvolvimento das atividades educacionais em Taguatinga ao longo do tempo, identificar onde elas estão concentradas nos dias de hoje e, ainda, apontar os fluxos de estudo cotidianos que elas mobilizam.-
Descrição: dc.descriptionThe metropolises articulate flows that cross the territory of a country. They centralize the most of technological innovation, industrial production and, roughly, the largest share of national wealth. On the other hand, they also have the highest indices of poverty and social inequality. From the second half of the 20th century, the metropolitan areas, at greater or lesser pace, began to transform morphologically and structurally. Due to the intensification of the rural exodus and the new forms of production of urban space, they are increasingly dispersed and fragmented. These changes reflected on the centrality of urban, which, then, breaks and multiplies. Thus, new areas of urban centrality were established, which are also known as Subcenters or secondary cores. The metropolis of Brasília is dispersed, unequal and multicentric. In it, as the peripheries widen continuously or discontinuously, the centrality is also fragmented, as, for example, with regard to RA III - Taguatinga. Defends the idea that Taguatinga, today, is becoming an educational centrality and, as it happens, the movement of everyday life in the metropolis of Brasília is transformed. Finally, the present study goal is to understand the centrality of education exercised by the Administrative Region of Taguatinga in relation to the metropolitan area of Brasilia. In its approach, we analyzed data from the School Census and the Census of Higher Education between 2016 and 2018, in addition to the pedagogical political projects of the schools updated to 2019, and complementary character, the information that they make available in the electronic websites. These instruments, together, allowed us to analyze the development of educational activities in Taguatinga through time, to identify where they are concentrated in the present day, and to highlight the daily study flows that they mobilize.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectCentralidade educacional-
Palavras-chave: dc.subjectRegiões metropolitanas - Brasília (DF)-
Palavras-chave: dc.subjectTaguatinga (DF)-
Palavras-chave: dc.subjectEducação-
Palavras-chave: dc.subjectMetrópoles-
Título: dc.titleCentralidade educacional : um estudo sobre a região administrativa de Taguatinga - Distrito Federal-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.