Efeitos do treinamento de curta duração com resistência elástica sobre a força e massa muscular de idosos destreinados

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorOliveira, Ricardo Jacó de-
Autor(es): dc.creatorMartins, Wagner Rodrigues-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:54:06Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:54:06Z-
Data de envio: dc.date.issued2013-06-05-
Data de envio: dc.date.issued2013-06-05-
Data de envio: dc.date.issued2013-06-05-
Data de envio: dc.date.issued2013-01-24-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/13254-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618850-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.-
Descrição: dc.descriptionIntrodução: A diminuição da força e massa muscular associadas ao envelhecimento são considerados fatores preditores para o desenvolvimento de incapacidades físicas e funcionais. Dentre as estratégias consideradas positivas para o incremento da força e massa muscular em idosos encontra-se o treinamento resistido. Uma forma simples, prática e de baixo custo para praticar o treinamento resistido ocorre com o uso de materiais elásticos. Objetivo: Analisar os efeitos de oito semanas de treinamento com resistência elástica na força e massa muscular dos membros superiores e inferiores de idosos destreinados. Método: Quarenta idosos de ambos os sexos (26 mulheres e 14 homens), recrutados por conveniência, foram alocados aleatoriamente em dois grupos com 20 indivíduos: controle (66,2 ± 6,6 anos) e experimental (69,1 ± 6,3 anos). O grupo experimental participou de um programa de treinamento de força utilizando a resistência oferecida por tubos elásticos, duas vezes por semana, durante oito semanas consecutivas. O pico de torque isocinético de extensão do joelho (60º/s e 120º/s), a força de preensão manual e a massa muscular dos membros superiores e inferiores foram as variáveis dependentes medidas nos momentos pré e pós intervenção. O grupo controle não recebeu nenhuma intervenção específica. Resultado: A força muscular no grupo experimental exibiu aumento em todas as variáveis de força investigadas em relação ao controle, porém sem significância estatística (p ≥ 0,05). Em relação a massa muscular, o grupo experimental não exibiu qualquer tendência de aumento nos membros inferiores e superiores em relação ao controle. Conclusão: Na presente investigação não foram observadas diferenças no ganho de força e massa muscular entre o grupo experimental e o grupo controle após oito semanas de treinamento com resistência elástica em idosos destreinados. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionIntroduction: The decreasing of strength and muscular mass due to ageing is considered a predictor to the development of physical and functional incapability. It is believed that the resistance training is one of the strategies able to help the increasing of strength and muscular mass in elderly. Hence, the elastic resistance is considered a simple, practical and not expensive way to practice the resistance training. Objective: To analyze the effect of an eight-week elastic resistance strength training in the upper and lower limbs strength and muscular mass of untrained elderly. Method: Forty elderly from both genders (26 females and 14 males) were randomly recruited and divided into two groups with twenty individuals each: control (66,2 ± 6,6 years) and experimental (69,1 ± 6,3 years). The experimental group attended a strength training program using elastic tube resistance, twice a week during eight consecutive weeks. The knee extension isokinetic peak torque (60º/sand 120º/s), the hand grip strength and the upper and lower limb muscular mass were measured before and after the interventions. The control group did not receive any specific intervention. Results: Despite the fact that the experimental group muscular strength increased in all analyzed variables, there was no statistics significance if compared to the control group. In relation to the muscular mass, the experimental group did not show any upper or lower limb increasing tendency compared to the control one. Conclusion: The present investigation did not show any difference in the strength gaining or muscular mass between experimental and control group after eight weeks of elastic resistance training in untrained elderly.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios físicos para idosos-
Palavras-chave: dc.subjectMusculação-
Palavras-chave: dc.subjectAptidão física-
Título: dc.titleEfeitos do treinamento de curta duração com resistência elástica sobre a força e massa muscular de idosos destreinados-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.