Temas sociocientíficos no Enem e no livro didático : limitações e potencialidades para o ensino de Física

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSantos, Wildson Luiz Pereira dos-
Autor(es): dc.creatorFernandes Sobrinho, Marcos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:53:13Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:53:13Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-29-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-29-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-29-
Data de envio: dc.date.issued2016-05-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/21065-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2016.05.T.21065-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618514-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.-
Descrição: dc.descriptionO estudo se insere nos contextos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do livro didático de Física (LDF) em que procuramos realçar a importância da educação científico-tecnológica, com percepção e entendimento da natureza, consoante ao mundo social. Essa educação pressupõe atividades de ensino-aprendizagem, reconhecidamente importantes, ponderadas sobre (e a partir) de discussões de questões sociocientíficas (QSC) capazes de induzir à formação cidadã. Apesar de a literatura recomendá-las fortemente, aponta dificuldades para trabalhá-las. Isso posto, objetivamos ampliar o número [e o acesso] de fontes e gêneros textuais, como alternativas viáveis, na perspectiva de contribuir com a implementação de discussões de QSC, no ensino. Nesse sentido, identificamos, analisamos e sistematizamos indicadores, nos itens do Enem e em textos de LDF, capazes de potencializar articulações de discussões de temas sociocientíficos (TSC), considerando a voz do professor-sujeito de Física. Tomamos dimensões que envolvem a problemática relacionada à escola pública estadual de ensino médio, no que tange: (1) a presença (ou não) de itens e de textos com potencial para TSC, no exame e nos LDF, e seus reflexos na sala de aula; (2) o fato de o Enem cada vez mais se configurar como forma de acesso às vagas de ensino superior no Brasil; o que induz reestruturação dos currículos e impacta, de alguma forma, a “vida” da escola; e (3) a relevância dos itens do Enem e do LDF, no planejamento e na execução da atividade docente. Elegemos, então, uma unidade da federação do Centro-Oeste como campo da pesquisa cujo locus é constituído por seis municípios do interior, entre os quais selecionamos 12 escolas. Os procedimentos investigativos, de cunhos quali e quantitativo e documental, enquadram-se nos escopos teórico e empírico. Utilizamos instrumentos e técnicas para a tomada de dados (questionário, entrevista, gravações em áudio, microdados), tratados por elementos da análise de conteúdo e da estatística descritiva. Os dados sinalizam que, apesar de os professores recorrerem a itens do Enem e a textos de LDF para planejar e ministrar atividades pedagógicas, o fazem de maneira acrítica e com ênfase em algoritmos, muitas vezes deslocados de significância aos estudantes. Análises dos microdados sugerem associação negativa do desempenho dos estudantes, ao perfil dos professores e a itens com potencial para TSC. Dado que os resultados parecem falsear a realidade do contexto escolar, a aludida dificuldade foi, então, desmontada teórica e empiricamente, revelando-se potencialmente minimizada com o estabelecimento de trilhas que possibilitam o professor trabalhar discussões, a partir de TSC, identificados em materiais de fácil e universal acesso. Faz-se necessário, além de possível, favorecer o desenvolvimento da capacidade de reconhecer aspectos fundantes da infraestrutura do que se lê para, então, extrapolar e desenvolver competências latentes e pertinentes, na busca da função que o texto tem de desencadear os propósitos e os desdobramentos das discussões de QSC. Ainda que, atualmente, predominem ações pedagógicas carregadas de singularidades propedêuticas, defendemos um ensino educativo de Física, receptivo às potencialidades de articulações, entre as quais destacamos aquelas pautadas em discussões de QSC.-
Descrição: dc.descriptionThis paper focuses on the contents on the National Secondary Education Examination (Enem) and of Physics textbooks (PT), aiming to highlight the importance of scientific-technological teaching, with the perception and understanding of nature in the social world. This type of education presumes activities of teaching and learning, which are admittedly important and which should be based on discussions of socio-scientific issues (SSI) able to lead to the education of the citizen. Although the technical literature recommends such activities, it also points out the difficulties in developing them. Thus, we aimed at increasing the number of [and the access to] sources and genres as feasible alternatives, so as to contribute to the implementation of SSI discussions in teaching. In this sense, we identified, analyzed and systematized indicators both on Enem and in the PT that could enhance interactions across socio-scientific themes (SST), considering the voice of the Physics teacher. We analyzed the dimensions that involve the problem related to public secondary schools, regarding these aspects: (1) the presence (or not) of items and texts with potential to SST, both in the examination and in the PT, and their consequences in the classroom; (2) the fact that Enem has become a way to gain entrance to universities in Brazil; which leads to a reorganization of the syllabi and somehow impacts the school's "life"; and (3) the relevance of the items on Enem and in the PT to lesson planning and execution. Therefore, we chose a State in Brazil's Central West region as our field of research, whose locus consists of 12 schools selected from six towns. This study combines qualitative and quantitative research, containing document analysis, and it fits in the theoretical and empirical scopes. We used some data collection tools and techniques (questionnaires, interviews, audio recordings, micro-data), which were treated by elements of content analysis and descriptive statistics. The data showed that, despite resorting to the items found on Enem and in the PT textbooks to plan and teach the lessons, teachers usually do so in a non-critical way and they give emphasis to algorithms, which are frequently meaningless to students. Micro-data analyses suggest a negative relationship between students' performance, teachers' professional profile and items with potential to SST. Since the results seem to distort the reality of the school environment, the alluded difficulty was therefore dismissed theoretically and empirically, becoming potentially minimized by establishing ways that make it possible for the teacher to promote discussions based on SST identified in materials easily accessed. It is possible and necessary to foster the development of the ability to recognize infrastructural fundamental aspects of what it is being read, so that one can surpass them and develop latent and pertinent skills, in the search of the text's objective in instigating the SSI's purpose and unfolding their discussions. The educational actions that are made up of with basic singularities currently predominate. However, we defend an educative teaching of Physics, receptive to the potentialities of interactions, among which we highlight those based on SSI discussions.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectExame Nacional do Ensino Médio (Brasil)-
Palavras-chave: dc.subjectQuestões sociocientíficas (QSC)-
Palavras-chave: dc.subjectLivros didáticos - física-
Título: dc.titleTemas sociocientíficos no Enem e no livro didático : limitações e potencialidades para o ensino de Física-
Título: dc.titleSocio-scientific themes on Enem and in textbooks : limitations and potentialities for the teaching of Physics-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.