Retrato em movimento : crítica cultural e dialética no Brasil : uma abordagem da obra de Roberto Schwarz

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBastos, Hermenegildo José de Menezes-
Autor(es): dc.creatorNepomuceno, André Matias-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:53:13Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:53:13Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-01-26-
Data de envio: dc.date.issued2011-01-26-
Data de envio: dc.date.issued2011-01-26-
Data de envio: dc.date.issued2006-09-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/6620-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618513-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidede de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2006.-
Descrição: dc.descriptionEsta tese verifica aspectos centrais da crítica materialista de Roberto Schwarz. Fixa um itinerário dinâmico de seus conceitos, sob a chave da especificidade atual do Brasil. A crítica da cultura e da literatura são elementos de partida para a análise das contradições de nossa corrosiva realidade interna, ao mesmo tempo em que vinculada ao andamento mundial do capital. Na combinação das formas do processo social e da composição literária, esta crítica é forma da captação do sentido de conjunto. A difícil tarefa de enunciar um processo de autoconsciência dos problemas e impasses desafia a prospecção das tensões que envolvem vida social, experiência literária e intelectual. A proposição de resultados novos passa pela mescla de perplexidade e perversidade como traço essencial nas relações sociais e no sujeito brasileiro. Este método realista articula a mediação teórica entre a oscilação ideológica e os constrangimentos materiais aos parâmetros civilizatórios no país. Se a história do futuro tende a reproduzir a promessa de um passado em que a modernização se concretizou numa incompletude constitutiva, esta situação muito própria não deixa de ter conseqüências no debate contemporâneo da “Teoria”. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThis thesis verifies central aspects of Roberto Schwarz’s materialist criticism. Fix a dynamic itinerary of its key-concepts about Brazil’s specific present. Cultural and literary criticism are initial elements to analyse the contradictions of our internal corrosive reality, at the same time tyed to capital’s movement through the world. In the combination of social process and literary composition, this criticism makes itself whole’s meaning assimilation’s form. The hard task to enunciate a self-consciousness’s process about blocking problems challenges the exploration of tensions between social life, intelectual and literary experience. The statement of new results comes along a mixture of perplexity and perversity, as an essencial trace in brazilian social relations and subjectivity. This realistic method joins the theoretical mediation between the ideological oscillation and the material constraints to civilizing parameters in the nation. If the future’s history has propensity towards reproducing the promise of a past in which modernization has been made concrete in the way of a constitutive incompleteness, this peculiar situation does not set aside very consequences on the contemporary “Theory”’s debate.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectCrítica, interpretação, etc.-
Palavras-chave: dc.subjectSchwarz, Roberto, 1938--
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura brasileira - crítica, interpretação, etc-
Título: dc.titleRetrato em movimento : crítica cultural e dialética no Brasil : uma abordagem da obra de Roberto Schwarz-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.