Um defeito de cor, de Ana Maria Gonçalves : ficção, história, espacialidade e escritura num romance afro-brasileiro

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBarbosa, Sidney-
Autor(es): dc.creatorSantos, Sandra Maria-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:52:22Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:52:22Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-12-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/17333-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618203-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura e Práticas Sociais, 2014.-
Descrição: dc.descriptionA presente dissertação objetiva dar visibilidade ao protagonismo feminino negro, no Brasil escravocrata do século XIX, presente na narrativa literária de nossa época, mediante a análise da obra metaficcional historiográfica Um defeito de cor, romance de Ana Maria Gonçalves, publicado em 2006, o qual estabelece um diálogo entre ficção e história. Desenvolvendo questões relacionadas à literatura, à história, à raça, gênero e à diáspora africana, busca-se demonstrar a importância das obras de literatura afrodescendente no Brasil, comprometidas etnograficamente com as relações raciais contemporâneas. A exemplo de Um defeito de cor, este trabalho foi escrito visando à releitura de aspectos da história oficial brasileira, a partir de outro olhar, não somente o do historiador comprometido com as questões hegemônicas, mas com uma visão crítica da historiografia e da literatura brasileira. É o olhar feminino e negro, que libera forças novas e faz ecoar a voz do subalterno num contexto tradicionalmente conservador. É a possibilidade de criação de um novo discurso constituidor de outra história, escrita pelos “ex-cêntricos” de nosso país, destoante do status quo intelectual vigente, mas caracterizando uma narrativa inseparável da vida e da realidade. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe purpose of this thesis is to lend visibility to Black female protagonism in nineteenth century slave-holding Brazil and, present in our times in literary narrative. We analyze the work of meta-fiction, Um defeito de cor (A defect of color), a novel by Ana Maria Gonçalves published in 2006, which establishes a dialogue between fiction and history. Examining questions related to literature, history, race, gender and the African diaspora, we seek to demonstrate the importance of works of art by Brazilians of African descent, ethnographically committed to the issue of contemporary race relations. Following the example of Um defeito de cor, this paper was written with a view to a re-reading of aspects of official Brazilian history, from the viewpoint not only of an historian dedicated to questions of hegemony, but also of a critic of the historiography of Brazilian literature. It is the female and Black vision that releases new forces and gives ressonance to the voice of the underling in a traditionally conservative context. It is an opportunity to create a new discourse, constituting a new history written by the “ex-centric” of our country and critical of the prevailing intellectual status quo, but also characterizing a narrative which is inseparable from life and reality.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectRomance brasileiro-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura afro-brasileira-
Palavras-chave: dc.subjectDiáspora africana-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura e história-
Palavras-chave: dc.subjectEspacialidade na narrativa-
Palavras-chave: dc.subjectGonçalves, Ana Maria, 1970--
Título: dc.titleUm defeito de cor, de Ana Maria Gonçalves : ficção, história, espacialidade e escritura num romance afro-brasileiro-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.