A força do nome no Brasil oitocentista : usos da nomeação em Helena, de Machado de Assis

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSá, Luiz César de-
Autor(es): dc.creatorSaboya, Emmanuela Maria Campos de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:52:21Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:52:21Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-03-22-
Data de envio: dc.date.issued2021-03-22-
Data de envio: dc.date.issued2021-03-22-
Data de envio: dc.date.issued2020-10-25-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/40275-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618197-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2020.-
Descrição: dc.descriptionA dissertação versa acerca das práticas de nomeação e da força dos nomes das personagens no romance oitocentista no Brasil, em especial Helena, de Machado de Assis, terceiro romance da ficção machadiana, publicado em 1876. O objetivo principal é examinar os dispositivos de nomeação empregados pelo autor diante das práticas literárias e das estruturas de poder e domínio vigentes em seu tempo. Busca, ainda, observar a relação de Machado com outros autores, especialmente a emulação a José de Alencar em Helena, com o emprego por Machado dos nomes de algumas personagens do escritor cearense.-
Descrição: dc.descriptionThis dissertation studies the history regarding the naming practices and the strength of character’s names in Brazilian nineteenth-century novels, especially in Helena, by Machado de Assis, his third novel, published in 1876. The main objective is to examine the naming devices employed by the author concerning literary practices and the structures of power and dominance prevailing in his time. It also seeks to observe Machado’s relationship with other authors, especially the emulation of José de Alencar in Helena, as Machado patterns his character’s names after the ones envisioned by Alencar.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura brasileira - crítica, interpretação, etc-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura brasileira - história e crítica-
Palavras-chave: dc.subjectAssis, Machado de, 1839-1908 - crítica e interpretação-
Palavras-chave: dc.subjectPráticas literárias-
Palavras-chave: dc.subjectHistoriografia - Brasil-
Título: dc.titleA força do nome no Brasil oitocentista : usos da nomeação em Helena, de Machado de Assis-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.