Impacto do estresse materno gestacional e perinatal na resposta do eixo hipotálamo -hipófise -adrenal de seus neonatos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCastro, Luiz Claudio Gonçalves de-
Autor(es): dc.contributorJesus, José Alfredo Lacerda de-
Autor(es): dc.creatorVargas, Lucas Albanaz-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:52:02Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:52:02Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-11-13-
Data de envio: dc.date.issued2019-11-13-
Data de envio: dc.date.issued2019-11-13-
Data de envio: dc.date.issued2019-02-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/35843-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618076-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2019.-
Descrição: dc.descriptionEmbora a desregulação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HHA) tenha sido bem descrita em crianças maiores e indivíduos adultos expostos a eventos estressores, estudos nessa área são escassos no período neonatal. Os objetivos principais deste estudo foram: investigar a influência de fatores de estresse maternos no eixo HPA de mães e seus neonatos; e a relação entre os eventos estressantes vivenciados pelos neonatos e seu volume de saliva. Para esse fim, o cortisol salivar (CS) foi coletado de 33 neonatos nascidos a termo (RNT), 18 neonatos nascidos pré-termos (RNPT) e de suas mães, sendo o método de múltiplos esfregaços testado para os neonatos. A história de estresse materno foi investigada por meio de questionários previamente validados. As concentrações de CS materno predisseram significativamente as concentrações de cortisol em seus neonatos (R = 0,56, R2 = 0,32, p = 0,000), que também foram impactadas pela intensidade do sofrimento materno pré-natal, sintomas depressivos maternos pós-natais e pelo número de eventos nociceptivos experimentados pelos neonatos. Nenhuma diferença nas concentrações de cortisol foi encontrada entre RNT e RNPT. O volume reduzido de saliva dos neonatos foi associado a maiores níveis de estresse materno, estado depressivo materno e uso de glicocorticoides durante a gestação. Os dados deste estudo sugerem que o estado emocional materno nos períodos gestacional e perinatal, assim como o estado clínico do neonato, interferem na resposta do eixo HHA neonatal e impactam as concentrações de CS dos neonatos e o seu volume de saliva.-
Descrição: dc.descriptionAlthough the dysregulation of the hypothalamic-pituitary-adrenal (HPA) axis has been well described in older children and adult individuals exposed to life threating events, studies in this area are scarce in the neonatal period. The main aims of this study were: to investigate the influence of maternal stressful factors on the HPA axis of mothers and offspring; and the relation between stressful events experienced by infants and their saliva volume. For this purpose, salivary cortisol (SC) was collected from 33 full-term (FT) and 18 premature (PT) neonates and their mothers, being the multiple swabs method also tested for the neonates. Maternal stress history was inventoried through validated questionnaires. Maternal SC levels significantly predicted their neonates’ SC levels (R=0.56, R2=0.32, p=0.000), which were also impacted by prenatal maternal distress, post-natal maternal depressive symptoms and by the number of painful events experienced by the neonate. No difference in SC levels was found between FT and PT neonates. Lower volume of saliva of the offspring was associated with higher maternal stress levels, depressive state and glucocorticoids use during pregnancy. Our data suggests that maternal emotional state during gestational and perinatal stages, as well as the clinical state of the neonate, interfere on the neonates’ HPA axis and impact on the neonate’ SC levels and their volume of saliva.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectCortisol salivar-
Palavras-chave: dc.subjectHipotálamo hipófise adrenal (HHA)-
Palavras-chave: dc.subjectSaúde mental - mulheres-
Palavras-chave: dc.subjectEstresse materno-
Palavras-chave: dc.subjectNeonatos-
Título: dc.titleImpacto do estresse materno gestacional e perinatal na resposta do eixo hipotálamo -hipófise -adrenal de seus neonatos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.