Conquistas cosmológicas : pessoa, casa e casamento entre os Khubeka de Kwazulu-Natal e Guateng

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBorges, Antonádia Monteiro-
Autor(es): dc.creatorAzevedo, Aina Guimarães-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:51:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:51:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-04-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-04-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-04-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/15094-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618010-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília,Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2013.-
Descrição: dc.descriptionNesta tese, a casa é analisada a partir da experiência de desterro da família Kubheka - falante de isiZulu - nas províncias de Gauteng e KwaZulu-Natal, África do Sul. Em busca de um lugar seguro para viver desde o apartheid até os dias atuais, a conquista de uma casa é expressa pela oportunidade de realizar rituais dos quais participam também os seus ancestrais. A experiência de morar em diversos lugares ao longo de muitos anos não serve como pano de fundo de uma experiência pregressa; é atualizada constantemente em rituais de aviso de mudança de casa e de casamento, quando os lugares pretéritos e ancestrais deixados no caminho são revisitados e convocados a constituírem os novos espaços de morada. Esta tese é principalmente uma etnografia de dois rituais de casamento, cujas descrições e análises indicam a centralidade das mulheres na produção das casas e das pessoas que moram nelas. A produção das mulheres é analisada em termos dos presentes trocados por ocasião do casamento, quando o saber-fazer feminino é performatizado. Desse modo, “Mulheres de zuluness” fala sobre uma qualidade relacional, e não intrínseca, das mulheres que são imprescindíveis na constituição das casas e das pessoas que nelas moram. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionIn this thesis, the zulu home is examined from the exile experience of Kubheka's family - isiZulu speaker - in the provinces of Gauteng and KwaZulu-Natal, South Africa. Looking for a safe place to live since the apartheid era to the present day, the conquest of a house is expressed by the opportunity to perform rituals which also involve their ancestors. The experience of living in various places over many years does not serve as a backdrop of a past experience; it is constantly updated in acknowledgment rituals of house moving and marriage, when the previous places and ancestors left along the way are revisited and summoned to institute the new places of living. This thesis is primarily an ethnography of two wedding rituals, whose descriptions and analyzes indicate the central position of women in the production of homes and people who live in them. The women production is analyzed in the terms of the exchanged gifts during the wedding, when the feminine know-how is performed. Thus, “Mulheres de zuluness" talks about a women relational quality - not intrinsic - that is essential in the constitution of the homes and the people who live in them.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectHabitações-
Palavras-chave: dc.subjectCasamento-
Palavras-chave: dc.subjectRitual-
Palavras-chave: dc.subjectMulheres-
Título: dc.titleConquistas cosmológicas : pessoa, casa e casamento entre os Khubeka de Kwazulu-Natal e Guateng-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.