Influência de um programa de treinamento muscular respiratório no desempenho cognitivo e na qualidade de vida do idoso

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorTomaz, Carlos Alberto Bezerra-
Autor(es): dc.creatorGonçalves, Marisa Pereira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:51:36Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:51:36Z-
Data de envio: dc.date.issued2009-12-08-
Data de envio: dc.date.issued2009-12-08-
Data de envio: dc.date.issued2007-
Data de envio: dc.date.issued2007-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/2620-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/617909-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.-
Descrição: dc.descriptionA redução da capacidade fisiológica presente no processo do envelhecimento pode acarretar declínios fisiológicos marcantes na função pulmonar e cognitiva, podendo afetar potencialmente a qualidade de vida dos idosos. O objetivo proposto, neste estudo, foi investigar a influência de um programa de treinamento muscular respiratório específico, no desempenho cognitivo e na melhoria da qualidade de vida do idoso. O estudo envolveu 32 idosos voluntários, sedentários, normotensos, saudáveis, sem deficiência cognitiva, sem patologias pulmonares e cardiovasculares prévias e aptos à prática de atividade física, com idades entre 60-78 anos, de ambos os sexos, que foram distribuídos em dois grupos: 1) Controle, que foi orientado a não alterar suas atividades rotineiras e a não se engajar em um programa de atividade física e 2) Experimental, que participou do programa de treinamento muscular respiratório, utilizando o equipamento Threshold© e exercícios de membros superiores com halteres, sete dias por semana, por três meses. Os sujeitos dos dois grupos foram avaliados inicialmente e após o período de três meses. Para a avaliação utilizou-se um screening composto pelos testes: Peak Flow, VVM (Ventilação Voluntária Máxima), PIM (Pressão Inspiratória Máxima), PEM (Pressão Expiratória Máxima), Escala de Depressão de Hamilton, Inventário de Ansiedade de Beck, Mini-Exame do Estado Mental, Teste de Qualidade de Vida (SF-36), Teste de Memória Emocional e Parâmetros Bioquímicos. A comparação dos grupos após o período de estudo mostrou que o grupo experimental obteve melhora da força e do desempenho muscular respiratório, redução dos escores de depressão e ansiedade, aumento da memória episódica e qualidade de vida, enquanto os sujeitos do grupo controle não apresentaram alterações positivas nos parâmetros citados. Os dados sugerem que o treinamento muscular respiratório proporcionou a melhora da performance respiratória, assim como, influenciou na melhora da qualidade de vida e do desempenho cognitivo, em especial da memória declarativa (episódica) e na diminuição dos sintomas de ansiedade e depressão dos sujeitos do grupo experimental. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe reduction of the physiological capacity present in the aging process can cause remarkable physiological and cognitive decline in the pulmonary function, which may potentially affect the quality of life of the elders. The proposed objective, in this study, was to investigate the influence of a program of specific respiratory muscular training, in the cognitive performance and the improvement of the quality of life of the elders. The study involved 32 aged volunteers, sedentary, normotense, healthy, with no cognitive deficiency, previous pulmonary and cardiovascular pathologies and apt to the practice of a physical activity, with ages between 60-78 years old, of both sexes, that were distributed in two groups: 1) Control, that was guided not to modify their daily activities and not to engage in a physical activity program and 2) Experimental, that took part in the program of respiratory muscular training, using the Threshold© equipment and exercises for superior limbs with bar bells, seven days a week, for three months. The individuals of the two groups were evaluated previously and after the period of three months. For the evaluation it was used a screening composed of the tests: Peak Flow, MVV (Maximum Voluntary Ventilation), MIP (Maximal Inspiratory Pressure), MEP (Maximal Expiratory Pressure), The Hamilton Depression Inventory, The Beck Anxiety Inventory, Mini Mental Status Exam, Quality of Life Test (SF-36), The Emotional Memory Test and Biochemical Parameters. The comparison of the two groups after the period of study showed that the experimental group had improvement in the force and the respiratory muscular performance, reduction of their levels of depression and anxiety, increase in the episodic memory and quality of life, while the individuals of the control group did not present positive alterations in the cited parameters. The data suggest that the muscular respiratory training provided the improvement of the respiratory performance, as well as, influenced the improvement of the quality of life and the cognitive performance, in special the declarative memory (episodic) and the reduction of the symptoms of anxiety and depression of the individuals of the experimental group.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios físicos para idosos-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios respiratórios-
Palavras-chave: dc.subjectIdosos - saúde-
Título: dc.titleInfluência de um programa de treinamento muscular respiratório no desempenho cognitivo e na qualidade de vida do idoso-
Título: dc.titleInfluence of a respiratory musucular trainning program in the cognitive performance and quality of life of the elders-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.