Violência doméstica e familiar contra a mulher : estudo de casos e controles com vítimas atendidas em serviços de urgência e emergência

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorGarcia, Leila Posenato-
Autor(es): dc.creatorDuarte, Elisabeth Carmen-
Autor(es): dc.creatorFreitas, Lúcia Rolim Santana de-
Autor(es): dc.creatorSilva, Gabriela Drummond Marques da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:50:46Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:50:46Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2016-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/30108-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00011415-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/617602-
Descrição: dc.descriptionO objetivo deste estudo foi identificar fatores associados ao atendimento por violência doméstica e familiar entre vítimas atendidas em serviços de urgência e emergência no Brasil. Realizou-se estudo de casos e controles baseado no Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA), 2011. Foram selecionadas mulheres com 18 anos ou mais de idade, vítimas de violência doméstica e familiar (casos) em comparação com aquelas vítimas de acidentes (controles). As razões de chances ajustadas foram estimadas por regressão logística não condicional. Foram incluídos 623 casos e 10.120 controles. Na análise ajustada, foram fatores de risco: idade mais jovem (18-29 anos), baixa escolaridade, não exercer atividade remunerada, consumo de bebida alcoólica, procura de atendimento em outro serviço, ocorrência em final de semana e durante a noite ou madrugada. A violência doméstica e familiar teve o consumo de bebida alcoólica como fator fortemente associado. Os dias e horas de maior ocorrência evidenciam a necessidade de adequação dos serviços de atendimento às vítimas.-
Descrição: dc.descriptionThis study aimed to identify factors associated with treatment of victims of domestic and family violence in emergency rooms in Brazil. This is a case-control study based on the Surveillance System for Violence and Accidents (VIVA), 2011. Women ≥ 18 years who were victims of family and domestic violence were selected as cases and compared to accident victims (controls). Adjusted odds ratios were estimated by unconditional logistic regression. 623 cases and 10,120 controls were included. Risk factors according to the adjusted analysis were younger age (18-29 years), low schooling, lack of paid work, alcohol consumption, having sought treatment in a different health service, and violence on weekends or at night or in the early morning hours. The study concludes that domestic and family violence shows alcohol consumption as a strongly associated factor. Days and hours with the highest ocurrence reveal the need to adjust emergency services to treat victims.-
Descrição: dc.descriptionEl objetivo fue identificar factores asociados a la atención por violencia doméstica y familiar entre víctimas atendidas en servicios de urgencia y emergencia en Brasil. Se realizó un estudio de casos y controles, basado en el Sistema de Vigilancia de Violencia y Accidentes (VIVA), 2011. Se seleccionaron mujeres con 18 años o más de edad, víctimas de violencia doméstica y familiar (casos), en comparación con aquellas víctimas de accidentes (controles). Las razones de momios ajustadas se estimaron por regresión logística no condicional. Se incluyeron 623 casos y 10.120 controles. En el análisis ajustado, fueron factores de riesgo: una edad más joven (18-29 años), baja escolaridad, no ejercer actividad remunerada, consumo de bebidas alcohólicas, búsqueda de atención en otro servicio, incidente acaecido durante el fin de semana y durante la noche o madrugada. La violencia doméstica y familiar tuvo el consumo de bebidas alcohólicas como factor fuertemente asociado. Los días y horas de mayor incidencia evidencian la necesidad de adecuación de los servicios de atención a las víctimas.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherEscola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsCadernos de Saúde Pública - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016000400704&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 9 mar. 2018.-
Palavras-chave: dc.subjectServiços médicos de emergência-
Palavras-chave: dc.subjectViolência contra as mulheres-
Palavras-chave: dc.subjectViolência familiar-
Palavras-chave: dc.subjectMulheres - saúde e higiene-
Título: dc.titleViolência doméstica e familiar contra a mulher : estudo de casos e controles com vítimas atendidas em serviços de urgência e emergência-
Título: dc.titleDomestic and family violence against women : a case-control study with victims treated in emergency rooms-
Título: dc.titleLa violencia doméstica y familiar contra la mujer : estudio de casos y controles con víctimas tratadas en salas de emergencia-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.