Surfando nas ondas da participação digital : o projeto Gestão Compartilhada como inovação democrática

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorFreitas, Christiana Soares de-
Autor(es): dc.contributorluciana.capiberibe@gmail.com-
Autor(es): dc.creatorCapiberibe, Camila Luciana Góes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:44:46Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:44:46Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-16-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-16-
Data de envio: dc.date.issued2021-07-16-
Data de envio: dc.date.issued2020-03-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/41434-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/615268-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Departamento de Comunicação Social, 2020.-
Descrição: dc.descriptionEsta dissertação analisa três grupos de WhatsApp do projeto Gestão Compartilhada, dois executados no estado do Amapá e um no município de Conde-PB. Seu funcionamento foi observado levando-se em conta o contexto político nacional em que estão sendo aplicados, tanto do ponto de vista da utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação para mobilização civil, quanto da exclusão digital decorrente da ampliação da utilização dos meios digitais e as implicações que isso tem para a democracia. Constata-se que o debate inicial em torno da internet, que ressaltava a ideia de que ela, por si só, traria avanços democráticos, vem sendo paulatinamente substituído pelas evidências de que a internet em si não melhora a democracia, a tecnologia e o uso que se faz dela podem servir para aproximar os cidadãos do poder público e produzir bens democráticos desde que direcionados para isso. Realizou-se três estudos de caso, cujo referencial teórico foi composto pela sociologia da ação pública, pela Teoria do Ator- Rede e pelos debates sobre participação cidadã, democracia, democracia digital e transparência. Foram analisados qualitativamente, os diálogos em três grupos de WhatsApp. Com o objetivo de avaliar as interações entre os elementos envolvidos no projeto: sociedade civil, representantes do poder público, representantes de empresas e ferramentas tecnológicas, além de compreender quais as implicações do projeto Gestão Compartilhada para os processos de participação e e-participação, bem como suas implicações para a democracia. A iniciativa foi, também, avaliada como uma inovação democrática a partir da perspectiva teórica crítica formulada a respeito do tema pelos estudos de ciência e tecnologia. Constatou-se baixo índice de participação dos representantes de empresas privadas, que servem ao poder público, fruto das estruturas de desigualdade baseada na dominação simbólica arraigada na sociedade brasileira. Contudo, a pressão exercida pela ação coletiva dos membros do projeto se mostra potencialmente capaz de reverter essa realidade. A alta taxa de respostas do poder público para os cidadãos, também constatada, demonstra a disposição para o diálogo e a abertura das ações do poder público aos cidadãos, o que leva a crer que o projeto Gestão Compartilhada busca uma solução ao problema público contemporâneo da distância entre poder público e cidadãos. Constata-se ainda a presença das dimensões democráticas da participação cidadã, da transparência, do controle social, da discussão e debate de opiniões e da deliberação.-
Descrição: dc.descriptionThis dissertation analyzes three WhatsApp groups of the Collaborative Management project, carried out in the state of Amapá and in the municipality of Conde-PB. Their functioning was observed taking into account the national political context in which they are being applied, both from the point of view of the use of Communication and Information Technologies (ICTs) for civil mobilization, as well as the digital exclusion resulting from the increased use of digital media and the implications that this has for democracy. It appears that the initial debate around the internet, which emphasized the idea that it alone would bring democratic advances, has been gradually replaced by evidence that the internet itself does not bring improvements to democracy; technology and its use can serve to shrink the distance between citizens and governments and to produce democratic outcomes as long as they are directed towards it. Three case studies were carried out, whose theoretical framework was driven by the sociology of public action, the Actor-Network Theory (TAR) and the debates on citizen participation, democracy, digital democracy and transparency.The dialogues were quantitatively and qualitatively analyzed in three WhatsApp groups. The objective of this dissertation is to evaluate the interactions between the elements involved in the project – civil society, representatives of public administration, representatives of companies and technological tools – in addition to understanding the implications of the Collaborative Management project for the processes of participation and e-participation and their implications for democracy, to evaluate it as a digital innovation initiative. The Collaborative Management project seeks a solution to a contemporary problem, namely the distance between government authorities and citizens. Results indicated a low participation rate of representatives of private companies, who serve the governments, as a result of the structures of inequality based on symbolic domination rooted in Brazilian society; however, the pressure exerted by the collective action of the project members is potentially capable of reversing that reality. The high rate of responses from public servants to citizens, also noted, demonstrates the willingness for dialogue and openness on the part of government authorities. There is also the presence of democratic dimensions of citizen participation, transparency, social control, discussion and debate of opinions and deliberation.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectWhatsApp-
Palavras-chave: dc.subjectGestão compartilhada-
Palavras-chave: dc.subjectAção pública-
Palavras-chave: dc.subjectDemocracia-
Palavras-chave: dc.subjectInovação democrática-
Título: dc.titleSurfando nas ondas da participação digital : o projeto Gestão Compartilhada como inovação democrática-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.