Estudo do efeito local da sinvastatina na neoformação óssea de defeitos na calvária de ratos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorDuarte, Wagner Rodrigues-
Autor(es): dc.creatorSousa, Dircilei Nascimento de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:44:20Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:44:20Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-20-
Data de envio: dc.date.issued2013-12-17-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/15357-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/615105-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.-
Descrição: dc.descriptionObjetivo: O propósito deste estudo foi observar os efeitos da aplicação local da sinvastatina na estimulação da formação óssea em defeitos criados em calvária de ratos. Além disso, comparar os efeitos entre combinação da sinvastatina com o BoneCeramic® (carreador cerâmico) ou CollaTape® (carreador colágeno) na neoformação óssea, para identificar o melhor carreador para esta droga. Materiais e métodos: Defeitos bilaterais foram obtidos nas calvárias de 15 ratas jovens. Esses defeitos tinham 5 mm de diâmetro e foram divididos em 5 grupos de acordo com o tipo de tratamento recebido: grupo 1 – controle, sem tratamento; grupo 2 (BC) - tratados com 14 mg BoneCeramic®; grupo 3 (BCS) - tratados com 14 mg de BoneCeramic® combinado com 0,1 mg de sinvastatina em solução alcoólica; grupo 4 (EC) - tratados com esponja de colágeno (CollaTape®); e grupo 5 (ECS) - tratados com esponja de colágeno combinada com 0,1 mg de sinvastatina em solução alcoólica. Após 2 semanas da cirurgia os defeitos ósseos foram submetidos a uma avaliação por MicroCT in vivo e com 8 semanas os animais foram sacrificados e as regiões dos defeitos submetidas à avaliação histomorfométrica. Resultados: Os resultados do MicroCT mostraram que ambos os grupos tratados com BC e BCS mostraram um volume ósseo (VO) superior comparados aos demais grupos (EC, ECS e C), (BC 16,76 ± 9,39; BCS 12,47 ± 7,38; EC 0,00 ± 0,01; ECS 1,00 ± 0,19 e C 0,45 ± 0,64). Os grupos tratados com EC e ECS mostraram resultados semelhantes ao controle (C) nesse período de avaliação. Os resultados histológicos mostraram que a utilização local da sinvastatina favoreceu à neoformação óssea. O melhor resultado quanto à neoformação óssea foi obtido no grupo tratado com BCS, seguido do grupo BC, e mínima ou nenhuma neoformação óssea foi observada nos grupos ECS, EC e C (BCS 12,71 ± 1,21; BC 9,04 ± 0,86; ECS 2,25 ± 0,61, EC 0,91 ± 0,86 e C 0,00 ± 0,00). A diferença na quantidade de osso neoformado entre o grupo tratado com BCS e os demais grupos avaliados foi estatisticamente significativa. No grupo tratado com BCS a quantidade de neoformação óssea foi maior do que no grupo tratado com BC somente e ECS, e essas diferenças foram estatisticamente significativas. Conclusão: Por meio deste estudo conclui-se que a sinvastatina administrada de forma local favorecer a neoformação óssea. A maior quantidade de osso neoformado deve ser esperada quando um carreador cerâmico (BoneCeramic®) for utilizado em combinação com a sinvastatina na concentração utilizada no presente estudo (0,1mg). ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionObjectives: The objective of the present study was to examine the effects of local application of one of the statins (simvastatin) on bone formation in rat calvaria bone defects. Furthermore, the effects of the combination of simvastatin with BoneCeramic® (ceramic carrier) or CollaTape® (collagenous carrier) on bone formation were compared to identify a better carrier for the drug. Materials and Methods: Bone defects were created bilaterally on the calvaria of fifteen Wistar rats. The defects were 5 mm in diameter and were divided into 5 groups, according to the treatment performed: group 1 - control, no treatment; group 2 (BC) - treated with 14 mg of Bone Ceramic; group 3 (BCS) - treated with 14 mg of Bone Ceramic combined with 0,1 mg of simvastatin in alcoholic solution; group 4 (EC) - treated with collagen sponge (Colla Tape); and group 5 (ECS) - treated with collagen sponge combined with 0,1 mg of simvastatin in alcoholic solution. Two weeks after surgery, the bone defects were subjected to in vivo MicroCT analysis and after 8 weeks all animals were sacrificed and histomorphometrical analyses of the defects were performed. The results of the MicroCT demonstrated that the defects of both groups treated with BC and BCS exhibited a bone volume (BV) greater than the the defects of the other groups (EC, ECS, C): (BC 16,76 ± 9,39; BCS 12,47 ± 7,38; EC 0,00 ± 0,01; ECS 1,00 ± 0,19 e C 0,45 ± 0,64). The groups treated with EC and ECS showed results similar to the control (C) at this time-point. The histological findings demonstrated that local simvastatin application induced bone formation. The greater amount of bone formation was observed in the defects treated with BCS, followed by BC, and minimal to no bone formation was observed in the defects of the other groups (ECS, EC, and C): (BCS 12,71 ± 1,21; BC 9,04 ± 0,86; ECS 2,25 ± 0,61, EC 0,91 ± 0,86 e C 0,00 ± 0,00). The difference on the amount of newly formed bone in the group treated with BCS was statistically significant as compared with the other groups. In the BCS-treated group, the amount of newly formed bone was greater than in the BC- and ECS-treated groups, and the differences were statistically significant. Conclusion: The results of the present study indicate that local administration of simvastatin induces bone formation. The greater amount of newly formed bone should be expected when a ceramic carrier (Bone Ceramic) is used in combination with simvastatin in the concentration applied in the present study (0,1mg).-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectMedicamentos-
Palavras-chave: dc.subjectMateriais biomédicos-
Palavras-chave: dc.subjectOssos-
Título: dc.titleEstudo do efeito local da sinvastatina na neoformação óssea de defeitos na calvária de ratos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.